Xiaomi e Lenovo lançam tablets de 10,3 polegadas com tela e-ink e caneta

1 curtida

Senti falta de divulgarem a resolução da tela, se tiver uma densidade boa, é um dispositivo interessante.

No entanto o preço de ambos é um tanto proibitivo, mais caro que um Kindle Oasis só pela funcionalidade de anotação. Por esse preço compensa ir para um tablet “completo”, por R$ 2000,00 (em conversão de preços da China) dá pra achar um Mi Pad 5.

4 curtidas

Sei lá, gosto da idéia do eInk… mas 2k por um tablet em p/b? Sério? Acho que nem se a textura da tela fosse igual à de papel normal/canson…

2 curtidas

Enquanto não tiver uma boa qualidade na versao colorida ou ser bem barato na versão preto e branca só é uma boa ideia.

Eu lembro em 2006 quando ouv falar da tencologia - quando tiverama a ideia do computador de 100 dolares

Pois é, mas eu ainda acharia interessante se estivesse mais barato e tivesse textura de papel canson. Desenhar neles seria bem top…

Por este preço e ainda não ser colorido é bem inviável. Melhor comprar um Kindle para quem gosta de ler ou um tablet completo mesmo.

A taxa de atualização da tela é bem lenta. Acredito que não seria nada satisfatório desenhar.

É que a tela E-Ink, para quem escreve, é muito melhor. Além da duração da bateria.

Minha filha faz mestrado em matemática avançada na UFF.

Usa o Tablet intensivamente, para escrever e desenvolver os trabalhos do curso.

Semana passada me falou da paixão, à primeira vista, de um conferencista estrangeiro que estava usando uma tela E-Ink para ministrar a palestra.

Virou sonho de consumo, dela.

Conforto visual aliado a duração da bateria.

Não é um aparelho voltado ao consumo multimídia: é para trabalho, onde escrever é o forte.

3 curtidas

Uma parte do trabalho dela, em uma das matérias que faz:

3 curtidas

Já abandonou os cadernos, há algum tempo.