WSL 1.0, o "Linux para Windows", chega à primeira versão estável

Usei o wsl quando o meu notebook voltou da assistência técnica e instalaram o win 10 nele. Fiquei por 3 meses trabalhando com o wsl. Consegui rodar algumas ferramentas nele como docker por exemplo. Depois do prazo que a assistência dá de garantia, retornei para uma distro GNU/Linux.
O WSL ajudou bastante, mas não consegui me acostumar com o windows.

Como desenvolvedor o WSL fez eu largar Linux como desktop de vez. Antes tinha que usar dual boot para aproveitar coisas boas de ambos, com o WSL agora mais completinho consegui migrar completamente para o Windows.

2 curtidas

O WSL é um “melhor dos 2 mundos” sem precisar fazer malabarismos. O Linux é muito superior ao Windows em questão de desenvolvimento.

Um caso recente aqui mesmo: tô fazendo um mini blog pessoal e não queria usar o Wordpress ou semelhante (CMS dinâmico). Fora que queria hospedagem gratuita. Pesquisei um pouco e topei com o Github Pages. Simples e prático. Cria um repositório, configura ele pra ser um site, fim. E a parte do blog em si eles usam o Jekyll, uma framework de CMS estática criada a partir do Ruby on Rails. Decidido isso, era hora de preparar o ambiente pra desenvolver. Tentei o Windows, instalei os pré-requisitos, etc. Não funcionava direito de jeito nenhum, sempre dava algum erro que não tinha solução, etc.

Pensei cá comigo: vou tentar esse negócio no WSL. Tinha o Debian instalado aqui mas a versão do Ruby no repositório estável deles era muito antiga. Daí pra não ter que ficar mudando repositório pro Unstable, chamei um Ubuntu. Preparei tudo em coisa de 10-15 minutos (boa parte baixando e compilando coisa). Daí você integra via VSCode (dentro do Windows). Git e Jekyll no WSL. Tudo feito dentro do VSCode, você não precisar ter uma janela de linha de comando pra nada. Na hora de testar localmente, é localhost ao invés do IP de uma máquina virtual ou real do seu lado ou na nuvem. Carrega a página no navegador do Windows mas com tudo rodando dentro do WSL. Depois pelo próprio VSCode você sobe tudo pro Github, ele já prepara a página e é só apontar pro endereço que eles te fornecem.

Eu tentei usar, mas era lento no meu computador, aí instalei Ubuntu e tenho me dado super bem.
As vezes preciso usar algo específico do Windows, aí faço dual boot e volto pro Windows, mas pra codar uso Linux mesmo.
Único problema que tenho no Linux é que alguns softwares são piores, como o Zoom que é cheio de bugs no Linux e no Windows roda perfeitamente.

No caso específico do Zoom, Skype e algumas outras soluções de video chamada/video conferência, eu uso a versão web mesmo.
Talvez nâo tenha todos os recursos da versão instalada, mas nunca deu ruim pra mim.

Gente, eu imagino que seja algo simples mas eu sou ruim com linux. Eu uso um programa que foi compilado pra windows que me é muito útil. Mas como já é algo antigo e só pra linux, eu uso uma versão muito desatualizada. Como eu poderia uma isso no WSL ?

Tem um passo a passo mas fiquei meio perdido

  • If you want to install fping from source, proceed as follows:

0. Run ./autogen.sh (only if you got the source from Github).
1. Run ./configure with the correct arguments. (see: ./configure --help)
2. Run make; make install.
3. Make fping either setuid, or, if under Linux: sudo setcap cap_net_raw+ep fping