Windows 11 tem irritado usuários com backup forçado no OneDrive

É absurdamente incrível como a Microsoft consegue ser ruim em quase tudo aquilo que se propõe a fazer.

7 Likes

Tem que desativar o compartilhamento dos arquivos.

Apanha, para chegar lá.

Se não desativar, pode dar erro de compartilhamento e aí sua vida vira um inferno.

Apanhei muito com o Excel, até resolver.

Muito ruim, mesmo.

4 Likes

De fato é um incomodo muito grande essa obsessão pelo backup do usuário sem aviso prévio… O engraçado é que não vejo nenhuma comunicação da Microsoft com a quantidade de reclamações sobre isso!!! E o pior é que gratuitamente é disponibilizado 5gb de armazenamento eu até entenderia se dessem gratuitamente 1tb de armazenamento para cada usuário da Microsoft.

E o pior é que depois de feito quando você desativa os arquivos somem restando apenas um atalho para o OneDrive para que você possa reaver os arquivos e se fizer besteira acaba perdendo o que tem…

Eu particularmente trabalho exclusivamente com Microsoft e uso os recursos inclusive no celular por pagar pelo armazenamento que é muito bom juntamente com o pacote office. Mas essa forçada ai eu realmente discordo.

Sou Coordenador de TI e sei bem como isso é extremamente chato.

4 Likes

Eu voltei pro windows 10 pq ta impraticável esse 11 e olha que usei por meses e agora to cogitando voltar pra meu Pop_OS depois desse copilot dos infernos e minha placa dando crash pq a MS decidiu que quer

To só esperando a MS começar a encher o saco desativando os anti blotwares pq parece que isso vai acontecer em breve, ninguém merece rodar shell diariamente.

Fica a dica procês

5 Likes

tudo que a Microsoft faz e assim, Forçando e sem aviso, sou analista de TI a 23 anos, sp as coisas q me irritam, windows defender, smart screen, ate desativa mais e um parto pra fazer, e agora tbm, no 24h2, vai ativando automático o bit locker, ja viu ne? temos 2 mil usuarios aqui, sera q isso vai dar ruim?

3 Likes

Cada notícia sobre o win11 é um motivo a mais para não usá-lo, atualmente estou no win10, mas no ano que vem com o fim do suporte, voltarei para o Linux.

3 Likes

Diferente do backup forçado do OneDrive e do resto que você citou, o BitLocker e o Windows Defender são muito importantes e relevantes, mas muitos não estão preparados para essa conversa.


Uma versão LTSC do Windows 11 tá para ser lançada, se funcionar como a LTSC do Windows 10, vai ser uma opção interessante pra quem quiser um SO com o mínimo possível, mas ainda com suporte…

1 Like

Eu deixo o backup do OneDrive ativo no meu computador, mas nossa, não ter uma opção de “não fazer backup” de um arquivo específico é muito chato. Estou fazendo algum projeto, então é comum ter vários versões de arquivos, que são basicamente cópias do atual, não tem necessidade fazer upload do versões antigo no OneDrive. Mas não existe a opção (ou não a conheço) de deixar um arquivo só no computador. Aí acontece que vou olhar tem 20 email da Microsoft, SMS, ligação perdida, 30 pop-ups, mensagem de erro, clamando que eu compre mais espaço do OneDrive. Aí vou conferir é porque tem 3 arquivos de backup basicamente idênticos ocupando 4GB no OneDrive.

1 Like

O BitLocker possui um problema que é a perca de desempenho caso o SSD não possua uma tecnologia específica.

Num cenário corporativo, até pode ser interessante vir ligado por padrão, mas no uso doméstico, não faz tanto sentido assim não, o maior problema atualmente é que o roubo de dados vem através dos executáveis instalados pelo usuário.
O que talvez seja interessante, seja vir ligado por padrão apenas em notebooks, devido a sua portabilidade.
Nada contra o Defender, inclusive até deixo a verificação periódica dele ligada em conjunto com o Kaspersky.

A upload do One Drive é muito lento, 5 GB são muito pouco para uma versão gratuita, o Drive é o que é hoje pois a Google permitiu durante anos o upload desenfreado de fotos, vídeos, backups das configurações do celular e até backup do WhatsApp.
Primeiro deu a mordomia de ser tudo isso gratuito, agora tudo é pago.
Conheço pessoas que já esgotaram os 15 GBs gratuitos a anos, e com a mudança agora do WhatsApp ocupar espaço de armazenamento em nuvem também, a tendência é que muita gente que não se atentar, eventualmente perca seus dados, o WhatsApp deveria disponibilizar outros meios de backup, até daqui a pouco, um arquivo criptografado que possa ser importado eventualmente para o celular, restaurando assim as conversas, como no SimpleX e demais apps de conversas criptografados.
Eu até cogitei contratar o plano de 1 TB do Microsoft 365, porém não tem nada que bata o Google Fotos.

1 Like

Hoje a criptografia do BitLocker é por software em todos os modelos de SSD, até mesmo nos que oferecem criptografia via hardware, porque começaram a surgir diversas vulnerabilidades de segurança na firmware das fabricantes, que tirando raras exceções, fizeram todas um trabalho bem porco na implementação do OPAL. Você ainda consegue “forçar” a criptografia via hardware (se for suportada pelo SSD), mas é um processo bem burocrático, principalmente em notebooks.

Vale ressaltar também que o BitLocker só é ativado automaticamente no Windows 10/11 se o hardware atender alguns requisitos (TPM disponível e alguma forma de fazer um backup automático da chave de recuperação – normalmente a conta Microsoft, para usuários domésticos, ou o ActiveDirectory, para usuários empresariais). O processador também precisa ter suporte para instruções específicas de hashing e criptografia, que diminuem significativamente o impacto no desempenho de leitura/escrita no SSD para porcentagens minúsculas (menos de 5%, na maioria dos casos)…

Se pelo menos o OneDrive fosse um serviço bom, mas eu já sofri muito procurando arquivo por lá, infelizmente no meu antigo emprego usávamos OneDrive.
Muita coisa subia automaticamente, alguns arquivos ficavam duplicados, a busca não funcionava bem, era um completo caos. Não sei como está hoje, espero que tenha melhorado.

:point_right: agradeço a Microsoft por estar criando o pior Windows da história, ao menos isto está ajudando cada vez pessoas tomarem coragem de experimentar o linux, o ChromeOS, o Android x86 e também fazer Hackintosh ( ou usar um Windows mais antigo rodando dentro um desses sistemas operacionais, conheço gente com Core i7 de primeira geração que a placa mãe só tem driver de rede, Bluetooth e driver de som pra Windows XP e Vista de 32 bit, e o driver de Windows vista instala no Windows 7, mas não instala no 8/8.1/10 ou 11, eu até tentei com o DriverPackSolutions, o SnapDrivers, o DriverGenius, DriverEasy, 3dpChip, 3dpNet, entre outros, tem varios aplicativos desses em versão completa no site karanPC, coloquei um adaptador USB pra ter Wi-Fi no PC e assim ter internet pra poder instalar as coisas, mas realmente nenhum desses
( mesmo os pacotão offline d equase 30 gigas de drivers não conseguiu instalar os drivers de som, rede onboard e Bluetooth desse PC, enfim, nem o Windows 7 x64 teve drivers, as versões de 32 bit do 8/8.1 e 10 também não instalou esses drivers, por fim tive que deixar no Windows 7 de 32 bit mesmo e rodei o comando pra ativar o PAE
e assim o sistema reconhecer a memória RAM inteira, e por anos usei assim, mas recentemente o site do hotmail ( outlook) parou de abrir o email, fiz de tudo ja, instalei todas as atualizações do Windows 7, instalei o .net Framework 5, 6, 7 e 8 , mas nada deu jeitoz o jeito foi botar outro sistema operacional, comecei usando linux em dual boot, mas foi lento demais e faltou drivers também, depois rodei linux na VMware, daí rodou bem, daí experimentei Windows 10 Lite e Hacintoch na VmWare, e agora estou usando mais o Android x86 na Vmware ( esse sim é mais leve de verdade e traz realmente muito aplicativos, muitos recursos, tenho usado servidor FTP, Servidor web, Anydesk, ofice 365, FFmepeg , telegram, WhatsApp, YouTube e mais um monte de outras tudo dentro do Android x86 dentro da Vmware e todos com desempenho sensacional, bem melhor que no próprio Windows 7 da máquina, o ato de converter videos em h.265 é mais rápido no FFmpeg dentro do Android x86 da Vmware do que rodando o FormatFactory no Windows ( e ele usa o FFmepeg pra Windows por baixo dos panos então essa comparação é justa), a única coisa que ainda uso direto no Windows é o uTorrent, pois não achei um aplicativo de torrent decente pra Android x86 ainda, mas até pra ver videos do YouTube o Android x86 é melhor, pra rodar vídeos em 1080 no Navegador Supremium a CPU fica em 90% e pra tentar rodar qualquer coisa acima disso o PC trava de vez ( isso estando só o navegador aberto, o Windows defender ja desarivado e mais um monte de outras coisas desativados também), já se rodar a Vmware com Android x86 o YouTube de dentro do Android consegue roda videos em 1080 e com tudo isso a CPU fica em 23 a 28% ( rodando a Vmware com YouTube e tudo mais que roda em oculto dentro do Android), acho que a Vmware usa a Placa de video muito melhor que o navegador do próprio PC no Windows, ou então isso é obsolescência programada mesmo, até entrei nas configurações do Supremium, marquei e desmarquei a opção de usar a aceleração grafica e fez diferença apenas pra pior, ao usar sem aceleração o PC travou de vez, ja rodando YouTube em navegadores antigos ( chrome, opera e firefox) fica em media 60 à 75% de uso da CPU, todos 3 estão agora em versão antiga e não recebem mais atualizações atuais no Windows 7 de 32 bit, mas dentro da Vmware rodei perfeitamente o Windows 10 x64, o Hackintosh ( que é x64) e o Android x86 do Android 12 , também de 64 bit, então realmente está bem claro pra mim que é obsolescência programada, uso menos de 30% de CPU agora pra ver videos 1080 e a ventoinha nem acelera, isso mesmo dentro da Vmware, como pode isso? Vivi pra ver ser mais leve rodar uma Vmware e outro sistema dentro e isso tudo ser mais leve que rodar o navegador nativo do Windows pra fazer a simples tarefa de assistir um vídeo de YouTube … poxa vida, isso é cruel, até tentei instalar o Android diretamente no disco, mas também não deu certo pois faltou varios drivers, a solução de rodar na Vmware é o único caminho que deu certo aqui ( de modo que a Rede cabeada, o som e o Bluetooth funcionam) …

já pra outros computadores ( onde a instalação de android x86 diretamente no disco aconteceu de dar certo o que estou fazendo é instalar o wine pra conseguir rodar aplicativos do Windows, por exemplo, tenho Varios Pentium 4 (775) e Sempron (754) e alguns Am2 rodando em lojas, com Windows 7 de 32 bit, e tenho visto reclamações de alguns sites que não rodam bem nos navegadores sobre o Windows 7, mesmo instalando o Supremium, o torium, o PaleMon, o Maxtorn (e outros), ainda sim os sites não querem mais abrir direito, o email do Outlook não exibe mais as coisas direito no Windows 7, mesmo sendo um desses navegadores a impressão que dá é que o site ja sabe que a pessoa instalou um navegador mais novo no Windows 7 e mesmo o navegador sendo novo o site ignora isso e exibe as coisas com falhas ja de propósito, instalei o supremium no Windows 10 também e pude notar que nele o site do Outlook exibiu bem, ou seja, não é só o navegador, a questão é que quem fez o site fez questão de fazer o site não exibir direito quando a pessoa usa Windows 7, isso é triste gente, significa que a Microsoft realmente busca a obsolescência programada e mesmo existindo gente que criou navegadores mais novos pra Windows 7 a Microsoft ainda sim deu um jeito de ignorar que o navegador é mais novo e ainda sim fazem o site exibir com falhas ora fazer a pessoa desistir, e o gmail também não fica atrás, o gmail também apresentou esse comportamento ao abri-lo usando esses navegadores mais novos feitos pra Windows 7,

Por isso que estou agora me esforçando em criar pacotes appimage contendo os programas de Windows que eu uso ( ja empacotados funcionando bem no wine) pra assim se algum PC der problema eu poder formatar pra Android x86 e ja conseguir colocar o aplicativo de Windows pra abrir denovo o mais rápido possível, ja consegui rodar bem o Alterdata, o RCS sistemas, o Oneway Sistemas, o SICNET, e alguns outros

4 Likes

Eu simplesmente desinstalei o app do One Drive e resolveu.

1 Like

É uma pena o que aconteceu com a Microsoft depois da saída do Bill Gates, primeiro foi aquele idiota do Steve Ballmer e a vergonha com o Windows Phone, agora o Satya Nadella pelo menos não passa vergonha como o Ballmer mas está longe de ser um bom CEO.

Depois que essas big tech perceberam que elas podiam fazer muito mais dinheiro vendendo serviços do que produtos a qualidade decaiu absurdamente.

Não vejo uma notícia boa ou sem polêmica da MS com o Windows. Quando a galera vai entender que a MS quer ser a DONA do PC do usuário e das informações do usuário?

1 Like

Bitlocker pra usuario comum só é útil pra notebooks, e ainda assim a falta de SED+AES suportado pelo Windows faz o ssd virar um pendrive barato… Fora os problemas com fTPM.

Inclusive, meus dois ssds (Crucial MX500 e um chines da Kingspec) não suportam SED… O caso do SSD da crucial sendo o pior deles, já que ele pode literal perder dados se forçado a criptografar.

Puta bola fora da Microsoft, mas é rotina deles.

o ruim do LTSC agora é que o suporte é só cinco anos.

sabe quanto custa a licenca da LTSC na própria MS? na OEM por ai do w10 está por 120