Wi-Fi 7 será finalizado em mais alguns meses

Pra mim essa matéria é pura falta de critério, e não é culpa do autor ou do blog, e sim dessa tecnologia completamente desnecessária neste momento…

O WiFi 6 acabou de ser lançado, o mercado mal engatinha para o WiFi 6, as pessoas acabaram de investir, 1000, 2000, 3000 reais em roteadores WiFi 6, ninguém vai trocar nos próximo 5 a 10 anos para um roteador WiFi 7.

Não faz sentido algum lançar um padrão novo tão prematuramente.

A matéria traz uma foto do APPLE VISION PRO, ele vai sair com WiFi 6 no máximo, tão cedo ele não suportará WiFi 7, isso é mais que certo, e prevejo daqui 5 anos no mínimo o WiFi7 ter um mínimo de entrada na casa das pessoas…

Pra terminar… LATÊNCIA ???
Uma coisa é largura de banda, o WiFi7 é muito mais veloz.
Mas LATÊNCIA ?? O que esse protocolo tem de inovador para diminuir a latência ?!?!?! Ser mais veloz não é sinônimo de menos latência, não tem relação alguma.

Da onde um VR precisa de menos latência?? Que bobagem é essa ? A latência do WiFi5, 802.11AC já é baixíssima excelente, o WiFi6 segue com latência excelente. Não tem o que baixar mais de latência, isso é uma bobagem tremenda…

Vou desenhar, o PING é latência. Em um WiFi de 10Mbps eu posso ter ping de 1ms, baixíssima latência, da mesma forma de 100Mbps até 40Gbps, todos podem ter ping de 1ms. A velocidade não tem nada a ver com latência. Em uma rede com 1000 usuários, a velocidade pode ajudar na latência, pois dá vazão, mas na rede doméstica na casa de gente, com meia dúzia de gente usando, talvez tu sozinho, uma rede de 10Mbps já tem latência mínima necessária.

Talvez faltou ele se aprofundar ali, mas o Wi-Fi 7 impacta sim em uma menor latência:

image

Aí tu que argumente com a Qualcomm.

1 curtida

FULL DUPLEX… isso impacta na latência, o ETHERNET tem Full-Duplex desde o FAST ETHERNET a 100Mbps.

Maravilha, sempre soube que o WiFi não era Full Duplex. Pelo que vi rapidamente da tua referência é isso mesmo, o protocolo traz algo inovador, o canal duplo, ou seja FULL DUPLEX pelo que me pareceu…

Ok. Se é isso mesmo. Show de bola !!!

Mas mesmo assim. É muito desproporcional. Cada padrão novo tem uma curva de adesão enormemente longa no mercado. Olha o WiFi 802.11n, até hoje vendido e o WiFi 802.11AC de 1Gbps lá de 2013, e UMA DÉCADA atrás, somente agora é popular no mercado…

O WiFi6 mal engatinha, o povo começando a aderir e vem um novo atropelando. Eu pretendo aderir daqui longos anos, agora estou com um WiFi Mesh completo, excelente, na versão 6.

Concordo que deveriam dar mais tempo e lançar a tecnologia com mais avanços que lançar de logo.

2 curtidas

Bom, a WiFi Alliance lança um novo padrão de WiFi a cada 5 anos em média e entre o 6 e o 7 serão 5 anos também, dentro da média (desconsiderando o 6E, que saiu em 2020).

Não vejo sentido em esperar um padrão se popularizar no mercado para só então lançar um novo padrão.
A WFA é uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de promover a interoperabilidade entre dispositivos de diferentes empresas que usam a tecnologia WiFi. Eles não tem o objetivo de vender dispositivos nem nada, eles só criam as regras pro pessoal seguir quando a demanda do mercado surgir.

Eu vejo mais ou menos como a barra cinza no youtube. A WiFi Alliance é a barra cinza, a demanda do mercado é a barra vermelha. A barra cinza não precisa esperar a barra vermelhar chegar perto pra avançar.

2 curtidas

Não faz muito sentido seu argumento. A evolução tecnológica não pode parar porque as pessoas continuam comprando tecnologia antiga e ultrapassada. Se fosse assim a Intel não poderia lançar uma nova geração de processadores porque as Casas Bahia continuam vendendo notebooks com processadores de 10ª geração (e já estamos na 14ª). E olha que os processadores normalmente tem um ganho de apenas 10-15% em relação à geração anterior.

O Wi-Fi 6 é de 2019 e o padrão 7 só vai ser finalizado em 2024, ou seja, já são 5 anos entre uma geração e outra. Sem contar que o ganho de performance vai ser importante pra quem tem conexão à internet superior a 1Gbps, porque essa velocidade máxima teórica é quando você tem visada direta pro roteador, em situações normais com paredes, móveis ou qualquer tipo de obstrução a performance diminui consideravelmente.

Enfim, o Wi-Fi 7 será muito bem vindo e quem quiser continuar utilizando seu roteador ou dispositivo 802.11n poderá continuar usando normalmente, já que as tecnologias são retrocompatíveis.

2 curtidas

Sim, tu e o @centauro tem razão. Vi pelo lado histórico, lá por 2010 botei 802.11ac de 1GBPS em casa, tudo com AirPort da Apple. Peguei a tecnologia estourando ainda. Agora em 2023, 13 anos depois um novo salto, botei Wi-Fi6 na casa toda. E daí, me sai o 7 atropelando, reclamei, sei que sem sentido :smiley: .

Com certeza, se tem tecnologia nova e está caindo de maduro para evoluir, o IEEE 802.11 tem mais é que arbitrar e padronizar.

Mas é bem por aí. O Wi-Fi 7 vai ser popular em 2030, até lá eu já vou querer trocar correndo. Em 2030 eu boto Wi-Fi7, o GTA6 vai estar saindo pra PC, já compro também, e o APPLE VISION já vai estar acessível. Prevejo 2030 épico kkkkkkkkk

1 curtida

Acredito que seja algo muito para o futuro.
Eu uso roteador da operadora que usa wi-fi 5 bem básico e para minha velocidade de conexão 250Mb está ok.

Se precisasse de mais velocidade de banda usaria um wi-fi 6e? Talvez não, poderia investir em um wi-fi 5 melhor…

A velocidade de transferência do wi-fi 6 não é muito maior que o wi-fi 5 beirando os 50% ou seja, não é difícil um roteador wi-fi 5 de boa qualidade superar um wi-fi 6 básico.

Tem toda a questão de melhor administração de bandas em ambientes mais tumultuados no caso do 6e, mas não afeta um usuário que não mora em apartamentos ou bairros residências.

A questão é, aparentemente a indústria focou muito na internet móvel “talvez pela lucrabilidade” e deixou de lado o wi-fi, ao que me parece o wi-fi 7 realmente é uma evolução do 5. Já o 6 é tipo o wi-fi 5+.

O foco do Wi-Fi 6 e mais recentes foi fazer um uso mais eficiente do espectro. Em um ambiente com muitas redes, se todas elas fossem Wi-Fi 6 ou mais recente, os problemas de congestionamento e desconexão seriam consideravelmente reduzidos.

Claro, também teve um aumento de velocidade, mas modesto se comparado com as versões anteriores do Wi-Fi…

O tempo de mais um novo padrão está bom.

O que a pessoa precisa é compra o mais avançado que dure o máximo possível no que a pessoa precisa que nem vc fez.

Não faz nem sentido esperar tornar obsoleto ou perto de estar para desenvolver. Já que se não conseguir, vai ocasionar um tempo de atraso até a tecnologia está pronta.

A curva de adesão ser longa, faz muito sentindo e acho até bom pela questão ambiental, o mercado todo não precisa trocar toda vez que o padrão muda, se não tiver problema de segurança e atender, a pessoa não precisa mudar, igual ao que acontece com os celulares, não faz mais sentido trocar de celular todo ano, todo lançamento

1 curtida