WhatsApp, Signal ou Telegram; preciso mudar de mensageiro?

Originally published at: https://tecnoblog.net/404132/whatsapp-signal-ou-telegram/

WhatsApp, Signal ou Telegram? Acompanhe o comparativo e saiba como escolher um mensageiro seguro e também fácil de usar

3 curtidas

É a comparação (em um grande site) mais LÚCIDA que eu já li em toda a minha vida. E isso não é pouco, TUDO que já vi até agora tem erros ridículos e grotescos. Esta análise é a melhor comparação dos 3 mensageiros com a mais absoluta certeza. Dêem um aumento para a pessoa que escreveu porque definitivamente manja dos paranauê. Mais uma vez: parabéns. Merece um prêmio, um troféu. Aplaudam esse mito.

10 curtidas

Eu não mudaria de mensageiro. Os dois não são mutuamente exclusivos. Dá pra se ter os dois, assim como se tem mais de um app de banco, de serviço de transporte, email, serviço de streaming, etc.

Eu gostaria muito de ter apenas um, mas muitas funções e acervos das quais eu não tenho em um, tenho noutro, então não há problema em manter o dois se bem que eu gostaria de ter apenas um deles instalado, mas não dá. Seja pra questões de produtividade, praticidade ou até entretenimento, o Telegram é meu quebra galho, com seus canais, armazenamento em nuvem e acesso em diferentes dispositivos (só pra citar alguns), entre todos os outros recursos que quem usa tá careca de saber.

De fato, assim como boa parte das pessoas, só continuo com o verdinho pelos usuários mesmo, alguns que até só converso atualmente pelo Telegram, o que aumentou ainda mais o meu uso dele. Cheguei a conhecer várias pessoas de fora e até aprimorei meu inglês nos chats pelo Telegram, então, ponto pro azulzinho.

E sobre a questão de privacidade, penso eu, ser muito subjetivo. Eu não sou paranoico, mas bem que eu gostaria que meu número não ficasse visível em grupos, por exemplo. A questão da criptografia não me preocupa (não ligava quando antes não tinha no verdinho, e nem uso chat secreto no Telegram), mas o fato do app ter sido incorporado ao Facebook e os rumores de que haveria propaganda no aplicativo me incomodavam um pouco – ficava até na torcida pra que isso acontecesse, pra ver se uma quantidade considerável de usuários migrasse pro azulzinho :grin:.

De qualquer forma, vou eu aqui seguindo minha vida utilizando os apps que me atendem melhor. Se for o caso de o WhatsApp perder bastante força, pelo menos no Brasil, pra dar lugar ao Telegram, amém. Se não, vida que segue.

E quero deixar, também, meus parabéns à redatora da matéria. Foi excelente nas comparações e pontos levantados.

1 curtida

Uso o telegram pelos grupos públicos e o signal para uns contatos particulares.

Ah… mudar de mensageiro só porque agora eles informam que compartilham dados com seu dono? Sério… eles já faziam isso.

O que não me entra na cabeça é: o Whatsapp alardeia “criptografia de ponta a ponta” mas identifica quando algo foi encaminhado muitas vezes. Pra isso eles não teriam que ter acesso ao que de fato trafega?

Se eu não tô por fora até onde sei pra haver criptografia “individual” da conversa cada um tem que ter sua própria chave pra isso, que é a chave privada. A chave pública claro é do Whatsapp. Mas o Whatsapp também armazena as chaves privadas de cada usuário pra poder descriptografar as conversar na hora que lhes convém?

Novamente: posso estar enganado em algum aspecto mas essa de “criptografia” do Whasapp não me desce. No Telegram a chave privada é só sua. Tanto que eles sequer tem acesso à ela. E a chave pública, como a matéria elucidou, não fica em poder somente de uma pessoa. Aliás na briga Telegram x Russia inclusive o próprio Telegram afirmou que mesmo que fornecesse a chave pública que permitiria acesso aos servidores eles não teriam como abrir os chats justamente porque não detém as chaves particulares de cada usuário.

Enfim: pra 99% das pessoas o negócio é ficar postando abobrinha nos grupos e falando bobagem pros outros. Quem de fato está realmente preocupado com privacidade e/ou segurança é bem pouca gente. E paranóico que se preze sequer tem contato com a internet.

2 curtidas

Eles coletam algumas informações, inclusive é usando essa metodologia, que nunca foi explicada, que conseguem banir grupos que tratem de atos perigosos e envolvendo menores.

Divagação minha, mas acredito que a criptografia seja ao enviar a mensagem, não enquanto digitada. Logo, nem precisariam quebrar a criptografia pra ter acesso ao conteúdo, que virá a ser as mensagens. E outra, a criptografia é da mensagem indo até o servidor, não do dispositivo. A partir do momento que a mensagem chega ao destinatário, já essa descriptografada, passa a ser responsabilidade do usuário manter os hábitos de segurança …

1 curtida

O Telegram possui criptografia em todos chats pessoais, canais, grupos, bots, enfim, e não só nos chats secretos.

2 curtidas

Em tese é deve ser possível saber quantas vezes uma mensagem foi encaminhada sem saber qual é a mensagem.
A mensagem está dentro de um envelope lacrado e o Whatsapp conta quantas vezes esse envelope é mandado pra frente.

Mesmo que a mensagem seja recriptografada, daria pra eles colocarem um marcador fora da criptografia quando uma mensagem é encaminhada pra contar.

2 curtidas

Trabalho da @melissa ficou realmente muito bom! Parabéns!!!

Mas enquanto tivermos os teclados de celular coletando dados, o que passa pelo whatsapp não importa muito. Eu tenho um grupo onde só tem eu, uso para guardar algumas coisas. Alguns links e imagens. Eu digito algo lá, no outro dia tem ad no youtube ou no facebook. Triste mas é a realidade, quem quer privacidade, volta pro nokia tijolão.

2 curtidas

Ou você bloqueia a internet dos aplicativos que não precisam de internet pra sua função principal, como o teclado.

É somente no chat secreto.

Todos os chats são criptografados, o que o chat secreto tem que os outros chats não tem é criptografia ponta-a-ponta.

Matéria muito esclarecedora e super útil. E como a matéria diz: não adianta a plataforma ser excelente se as pessoas não usam. Quem assistiu Silicon Valley sabe bem disso.

2 curtidas

Telegram tem o Mensagens Salvas que serve pra isso.

1 curtida

mas aí vai depender do teclado que você usa. o Gboard por exemplo tem uso de Gifs, já é um acesso a internet.

===

eu acho engraçado que o pessoal cria um grupo, tendo que adicionar outro número e depois excluir, quando eles podem usar o próprio número pra mandar mensagem pra si mesmo (salvar, como nesse uso) kkkkkkk e nem precisa salvar o número na agenda, só ir no link “wa.me/55+DDD+NÚMERO” substituindo DDD+número pelos seus dados.

e o Telegram como disse tem a própria área pra isso. daqui a pouco o WhatsApp copia e será um “avanço” depois de anos …

Que eu não considero como “função principal” do teclado.
Se você quer alguma função que conecte com a internet, procure algum que respeite a sua privacidade.
Todo mundo sabe que o Gboard não é uma delas e existem outras alternativas.

aí entra a variação de diferença de usuário. blz q o teclado é pra digitar, mas algumas funções precisam de internet para melhoria e facilitação de funções, pesquisa, prever palavras e atualizar dicionário é meio que essencial para facilitar a usabilidade do teclado. mas aí vai de cada um né …

nem todo teclado que ofereça privacidade vai oferecer usabilidade boa, que inclui consumo de memória, bateria, etc …

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.