Vivo recorre, mas Justiça mantém multa de R$ 8,3 milhões aplicada em 2014