Videogames e TVs sofrem aumento de preço no Brasil com alta de 36% nas peças

“Inflação de TVs e consoles aponta que ambos tiveram alta de preços acumulada de mais de 10% em 2021; empresários temem que aumento prejudique retomada industrial”

Até o preço dos modelos 4K acessíveis assusta.

Sobre os consoles nem tenho mais o que comentar (por causa desses FDP’s que compram todas as remessas disponíveis). Agora só falta eu decidir se aposto no Series S (mesmo com o pouco espaço de armazenamento) ou espero um “Series X Pro” e “PS5 Pro”.

1 curtida

Como se preço alto de eletrônicos impedisse o brasileiro de comprar, afinal, videogame de 5 mil reais, que não serve pra mais nada além de jogar jogos, não para no estoque. E se tem esperto vendendo console por 10K, é porque tem trouxa que compra.

1 curtida

Cara, eu tenho um Series S e um PS5. Se fosse pra ter o SS como console principal, sem nunca ter ligado o PS5, curtiria numa boa. Mas quando comparo os dois, putz… dá muita diferença.

Na hora de plugar numa TV 4K você vê nitidamente o quanto a parrudez do PS5 melhora. O Plague Tale no console da Sony deu até tesão de jogar, coisa que não tive no Xbox. Sem falar que a interface e os jogos não otimizados são os mesmos que o do One S, então não dá essa impressão toda de pulo de geração.

O SS diverte pra caceta, hoje vou chegar em casa e me divertir no Flight Simulator. Mas tendo condições, eu já iria no SX ou PS5 de cara. Sobre PS5 Pro, acho que é especular demais algo que não é certeza quando teremos e sequer se teremos.

Ah, e sobre o SSD, é pouco mesmo. Mas dá pra deixar uns 7, 8 jogos numa boa instalados nele.

O que me deixa FULO é que no Brasil as coisas aumentam, mas nunca diminuem com a mesma facilidade. Assim que a produção normalizar vai demorar meses, quiçá anos para retornarmos a um patamar decente.

Já tenho as TVs das quais preciso, então estou sossegado. Mas queria muito mesmo pegar um Series X até o final do ano que vem. Vamos ver quando os preços começarão a cair, pq na situação atual eu teria vergonha de mim mesmo se pagasse o que estão pedindo nesses aparelhos. Surreal demais.

Considerando que ano que vem terá eleições para presidente, ou seja, o ambiente será de total incerteza para os investidores, mais fácil o dólar e os preços subirem ainda mais, principalmente no segundo semestre.

Eu já fiz uma listinha de eletrônicos que pretendo comprar até o fim do ano, sobretudo na Black Fraude, porque sei que ano que vem estará tudo ainda mais caro. É como um comentário que eu li em um fórum de investimentos:

“No Brasil o poço tem porão.”