Universidade na Bahia empresta notebooks com software espião para alunos

Originally published at: https://tecnoblog.net/377766/universidade-na-bahia-coloca-software-espiao-em-notebooks-para-alunos/

Alunos da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) relataram que notebooks emprestados têm programa que grava áudio

Se a versão gratuita dura 9 dias a Universidade gastou dinheiro com ele? :thinking:

Não diz nada sobre se a versão instalada era gratuita ou não.

Isso tá me cheirando coisa de funcionário querendo pegar algum nude de aluno

4 Curtidas

Até pensei nisso, mas a versão de computador tem acesso à webcam? De qualquer forma, o responsável pela gestão desses notebooks vai ter muito o que explicar.

Até universidade sendo Lammer em 2020 kkkkkkkk

Simples, o reitor deve ter tido a ideia “vamos fornecer mas os alunos não podem usar os notebooks pra besteira, monitorem o q está sendo feito”, só q esperavam q os alunos não reclamassem, agora q descobriram vem essa de “sindicância” pra apurar como o software foi instalado, no fim vão dizer q foi “vírus” q instalou pra mascarar as intensões, com essa de Pandemia universidades q fornecem notebook para aluno, empresas q colocam funcionários em home office, tem tido essa visão de praticar monitoramento intensivo como forma de manter o “controle” supostamente perdido devido a não ser um uso presencial, mas essa informação de programas espioes por lei tem q ser indicada em um termo ao conceder o dispositivo a pessoa, e não de surpresa

2 Curtidas

não fala sobre o estado de funcionamento do programa (que geralmente fica com o ícone oculto e precisa de senha pra abrir), mas acho pouco provável que uma instituição de ensino usaria algo assim. o mais provável seria algo como o teamviewer, pra monitorar a tela dos alunos no momento da aula.

no print, a data de criação da pasta de logs mostra que o programa foi instalado tem 1 ano, então não tem nada a ver com o momento atual. é mais fácil ter sido alguém mal intencionado querendo roubar contas de redes sociais - talvez pra fazer chantagem, talvez pra difamar espalhando fotos íntimas - uma vez que isso é bem comum hoje em dia. dificilmente vão achar quem fez, e mesmo que tenha apenas a versão de testes, a pessoa que instalou provavelmente conseguiu o que queria. usar computador público é complicado…

3 Curtidas

Será que não vem de fabrica no sistema do notebook? É normal as fabricantes colocarem aplicativos para teste, além de que pelo tempo deve ter sido mesmo colocado pela fabricante e não pela universidade

Deveria somente o administrador ter acesso a instalação de software. Se não for assim, então a governança de TI tá na roça.

Pára né gente, vocês acham mesmo que foi a universidade que instalou? Ou algum funcionário? Esses notebooks provavelmente já eram utilizados em algum laboratório e algum aluno instalou. Provavelmente já estavam instalados antes da pandemia e ninguém tinha visto.

Se os prints que estão no artigo forem dos maquinas dos alunos tinham esse spyware, pelas datas que aparecem, essa é a teoria mais plausível.

1 Curtida

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.