Uber e 99 darão aumento para motoristas após nova alta da gasolina

Hoje os aplicativos pagam preços “fixos” para os motoristas… Digo fixos pois eles são tabelados. A tarifa básica pode sofrer com o aumento da demanda (tarifa dinâmica), mas no fim das contas, todos os motoristas recebem sempre o mesmo valor tabelado, igual para todos eles.

E se cada motorista pudesse definir a própria tabela de valores?

E o aplicativo faria um tipo de “leilão” para indicar o motorista da próxima corrida.

O cliente pede o motorista, e o aplicativo mostra “Fulano, corrida vai custar R$ 20 e chega em 3 minutos, Ciclano, vai custar R$ 30 e chega em 5 minutos, Beltrano vai custar R$ 50, mas é categoria Black”.

Assim se resolvem 2 problemas: O primeiro é o motorista reclamar que ganha pouco… Afinal agora o motorista vai escolher quanto quer ganhar. E o segundo é o passageiro reclamar dos cancelamentos, afinal o motorista não vai ter razão pra escolher corrida já que ele vai ganhar exatamente o preço que ele fez.

1 curtida

Ai eles iam ficar nos grupos de zap combinando valor mínimo (como já fazem para aumentar a tarifa dinâmica). Ideia péssima

1 curtida

A Uber diz que aumentará temporariamente o valor pago por corrida em 6,5%, começando na semana que vem. (…)

Já a 99 vai pagar 5% a mais por quilômetro rodado pelos motoristas nas corridas pelo aplicativo. (…)

Pera… o aumento da gasolina não tinha sido praticamente 20%?! Que poha é essa? D:


Não é o mesmo, mas é bem próximo.

1 curtida

Essa imagem ai não me diz muito…
Eu deveria conhecer?

Sim. É a pior plataforma de motorista particular. Pessoal ganha muito mal.

Esse é o logo do inDriver

1 curtida

Pra ser rentavel, o gasto com combustível deve corresponder a mais ou menos 40% do faturamento do motorista . Logo se aumenta 20%, não quer dizer que o motorista vá lucrar 20% menos.

Os 5% a mais praticamente compensam isso.

Exemplo:

Em uma corrida que o motorista ganha R$10, R$4 são da gasolina. Se ela aumenta 20%, vai a R$4,80. O 5% sobre R$10 são R$0,50.

Mas isso já tá no “passado”. A 99 tá pagando uma taxa variável de R$0,10/km a cada real de aumento da gasolina no período de um ano. Pelos meus cálculos aqui, tá melhor do que quando a gasolina custava R$4,50, principalmente porque eles consideram a média do estado e aqui (capital) a gasolina custa bem menos do que essa media.

Sim, mas dos 60% que sobram… ainda tem de separar um pouco pra aposentadoria, um pouco pra manutenção preventiva (para não ter de fazer manutenção corretiva) do carro, algumas manutenções corretivas de emergência, seguro, impostos, taxas, etc… Ai tu tem o rendimento mensal real do motorista, deve ficar em uns 20~30% do total. (Claro que tem uns malucos que não pensam e gastam tudo, ai no futuro se estrupiam…)

Fora que se o carro não for alugado, eles tem que ir guardando para no futuro comprar um carro novo quando o deles não for mais aceito pelo uber/99

Pior que eu não inclui isso porque vários motoristas me contaram que eles compravam o carro, usavam três anos e passavam à diante. Quase como um aluguel de carro, porém mais em conta.

Eu conseguia ganhar bem com 60% de lucro bruto.

Curiosidade, quão bem e qual carga horária?

Tirava liquido por volta de R$3500 a R$4000. Não tinha muito horário fixo. Meu cansaço era o que mandava. As vezes rodava 4 horas, as vezes 8, as vezes 10. As vezes ficava 20 dias direto, sem fim de semana e na outra ia viajar (essa era a principal vantagem, não tem ninguém enchendo o saco pra cumprir carga horária).

Mas isso com a gasolina a R$3,00~R$3,50 e o carro custando R$40.000 0km. Hoje tenho certeza que eu iria ganhar bem menos. Tudo subiu e Uber/99 continuaram com os mesmos preços praticamente.

Quase certeza que esses 4k foram para uns 1700. :\

Dá pra viver com 1700ish. Não é uma vida de luxo, mas dá.