TIM lança 1ª antena de fibra de vidro no Brasil, já pronta para o 5G

1 curtida

Toda essa coisa de biosite é só marketing, mas gostei da aparencia da antena, poderiam combinar com um ponto de iluminação e usarem em praças e parques, assim ficando praticamente “invisível” na paisagem.

12 curtidas

Fazer antena bonitinha é mole, quero ver é melhorar a cobertura de sinal que é bem porca.

1 curtida

Esta iniciativa confirma a ideia de que não se faz necessário o uso de torres muito altas, principalmente agora com a chegada do 5G, e a frequência de 3,5GHz nem é a mais alta.

Um fato interessante é que a nova geração móvel permite o uso de painéis Massive MIMO 16x16 e 64x64 (elementos transmissores), no 4G esses painéis são do tipo 8x8. O ganho de sinal com o novo padrão é impressionante!

Minha dúvida agora é saber como as operadoras pretendem cobrir grandes áreas metropolitanas sabendo que será necessário instalar muito mais estações por km, e qual o nível de comprometimento estão dispostos a aceitar, pois a imensa malha de fibra óptica já instalada é insuficiente e mesmo que utilizem fibra apagada (em desuso), terão que dispor de cabos no subsolo.

Satélite é o fim da mordida!

1 curtida

A saida mais óbvia (pelo menos inicialmente) é seguir usando as grandes torres para fazer uma cobertura mais ampla e com as zonas de sombra que já estamos acostumados e pontualmente ir instalando essas torres melhores onde a densidade de usuários se justificar.

Fibra hoje em dia é facil instalarem, só ver a quantidade de provedores regionais FTTH se espalhando por ai, e em pontos complicados de passar mais fibra tu pode usar equipamentos de multiplexação de sinais, facilmente passando dos 100 gbps por par de fibra, o que tranquilamente atende varias torres.

1 curtida

Essa é a ideia dessa antena.

Parece um cotonete

2 curtidas

Já era possível usar 64T64R com LTE, a Sprint usava nos EUA.