Tecnologias lançadas em produtos que poderiam ser melhor aproveitadas em outros

Eu estava vendo uns vídeos do LG G8s ThinQ (se não me engano), vi que tem uns sensores que capturam outra movimentos da mão, para trocar músicas ou abrir aplicativos (:man_shrugging:t2:).
Fiquei pensando que a tecnologia é legal, mas está em uma aplicação errada. Seria muito mais útil lançar uma smart TV com um sistema que troca canais, aumenta/diminui o volume, e até mesmo acessa os aplicativos, por meio de gestos com a mão, utilizando a tecnologia que foi implementada de uma forma tão desnecessária em um smartphone.
Quais outras tecnologias vcs conhecem que não estão aplicadas em uma solução não tão prática?

3 Curtidas

Sensor de presença + temporizador + dimmer aplicado na iluminação pública ao invés de apenas um relé fotoelétrico.

É óbvio que a iluminação pública é extremamente necessária por N motivos, mas ao menos em cidades do interior, várias ruas passam várias horas completamente vazias e a iluminação permanece completamente ativa.
Com o uso desses 3 sensores, poderia deixar tudo operando à 30-40% da luminosidade total e ao detectar algum movimento um raio de alguns postes voltariam para 100%. Depois de alguns minutos sem movimentos, o sistema retorna ao estado de espera. Esse sistema ainda impediria o desligamento acidental das lâmpadas por raios.

2 Curtidas

Queria que os postes usassem lâmpadas LED, que são mais econômicas e tem cor fria. Acho que eles tem que permanecer ligados até amanhecer. Poderiam ter sensores mais modernos pra adequar a luminância de acordo com a necessidade.

Seria legal se pudessem ser auto suficientes energeticamente, usando painéis solares. Mas não sei a viabilidade técnica.

1 Curtida

Essa ideia da TV é legal. Porém precisaria de um sistema mais sofisticado, que reconheça o usuário a alguns metros de distância. E até abriria possibilidades pra jogos mais interativos na TV.

Ué, mas foi exatamente o que eu expliquei/teorizei.

Essa já é a realidade em alguns pontos críticos em rodovias, mas não sei até que ponto daria para replicar essa realidade na iluminação pública, pois o custo total do projeto (painéis, baterias em cada poste ou num conjunto deles) acaba ficando caro. Na rodovia compensa porque é mais simples que abrir uma rede de transmissão até eles.

Isso me lembrou o Kinect kk. Ele tinha exatamente essa função e ainda agregava comandos de voz muito bons, mas tbm não pegou.

Tbm existe um carro que tem esse sistema.

1 Curtida

A ideia é boa, mas tem que levar em consideração o custo tbm. Pra vc fazer essa instalação, tbm precisaria usar lâmpadas de LEDs já adaptadas pro recurso (o que só encareceria o empreendimento), afinal as atuais de vapor de sódio não conseguem mudar seu estado tão rapidamente (por isso q qnd existe uma simples falta de luz de segundos, ela apaga e demora vários minutos pra voltar a operar).

E ainda tínhamos que avaliar que, levando em consideração o uso de lâmpadas de LEDs adaptadas (afinal as convencionais não permitem dimmer), teremos um consumo bem baixo, o que talvez até tornaria a ideia inviável.

Mas é uma ideia legal. Se eu já não tivesse começado o meu TCC, com certeza iria analisar essa possibilidade.

2 Curtidas

Eu pensei no Kinect também, acho que poderia ser melhor aproveitado. Pena que a Microsoft “descontinuou”. Eu gostava bastante do projeto, por mais que eu só usasse quando ia para casa de amigos, já que sempre preferi o PS

Interessante. Talvez com o 5G e IOT, num futuro próximo, seja possível ampliar ainda mais a ideia. Aplicando até mesmo às rodovias. Utilizando sensores conectados entre os postes de iluminação, assim eles poderiam acender automaticamente outros mais adiante conforme os carros fossem se aproximando (isso no caso de rodovias).

1 Curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 14 dias depois da úlima resposta. Novas respostas não são mais permitidas.