Tecnocast 219 – O Telegram que você não conhecia

https://tecnoblog.net/532650/tecnocast-219-o-telegram-que-voce-nao-conhecia/

1 curtida

Só acho que foi curto de mais este Tecnocast e vou montar um canal no Telegram para fazer um baixo assinado para o cast ser de 3 a 6 horas.
Kkk
Ficou top o programa, só acho que os mensageiros são apenas um meio, e de nada tem culpa e uma regulamentação é necessária sim para grupos e canais ilícitos serem punidos.

3 curtidas

Depende, é um prestador de serviço, mesmo que seja gratuito. Não penso que seja tolerável vendar os olhos para pessoas que abusam da plataforma para atos criminosos e que são muito nocivos à sociedade.

O Telegram, enquanto apps e funcionalidades, é muito superior ao WhatsApp, mas deveria ter mecanismos mais eficazes para frear pessoas mal intencionadas que utilizam a ferramenta para cometer crimes hediondos como pornografia infantil, tráfico, terrorismo etc.

1 curtida

Segundo tal pesquisador o problema do telegram são grupos que apoiem o Bolsonaro e claro a solução é regulação.

5 curtidas

É Sempre assim. Triste essa situação. O pior é ver pessoas esclarecidas defendendo ‘regulamentação’ em prol de um ‘bem maior’.

5 curtidas

O paulo Higa e o Mobilon até citaram crimes reais como tráfico e negociação de informações mas para tal pesquisador o problema são grupos pró armas, links para canais do YouTube e organização de manifestações.

3 curtidas

Conteúdo riquíssimo, concordo com o amigo acima que o assunto poderia ter rendido mais, porém, mesmo assim foi bem abrangente.

A discussão vai muito além das ferramentas, o problema realmente está no cerne do ser humano.

Baixei o Telegram na ultima vez que Whatsapp caiu, achei bem interessante e fui explorar o aplicativo, descobri que dava pra encontrar os grupos que estão perto de você, achei bem legal e abri no meu bairro pra ver… Encontrei grupo de pornografia, venda de drogas, pegação em publico, grupo com nome de “clinica” que na verdade era de pessoas querendo trair seus cônjuges e grupo de fake news pra apoiar político…
Estou chocado, quero mudar de bairro.

Ok, eu ouvi todo Cast… mas me pergunto:
Se as pessoas se reunem ao redor de um assunto q é do interesse delas, n to falando de crimes mas, por exemplo pessoas q n qerem se vacinar por algum medo, preconceito etc… ou pessoas q apoiam algum partido ou religião, o problema é da plataforma? As pessoas se juntam de qq forma, ou não? Se uma plataforma barrar, as pessoas voltam pra forum, emails… é muito complexo.
Só temo q nessa caça as bruxas, as pessoas q tem perguntas serias sobre essas “certezas” q alguns “especialistas” tem hoje, tambem sejam caladas.
Parace q a humanidade roda roda roda… e sempre aparece uma turma querendo calar a outra a força ou queimando na fogueira.

Eis a questão: “Tostines vende mais pq é fresquinho ou é fresquinho pq vende mais?!”. As pessoas buscam conteudo q reforça oq elas pensam, ou os conteudos moldam oq elas ja pensam?

Vc q n é nazista, ler conteúdo nazista vai te levar a ser nazista? Vc n é gay, ler super homem gay, vai te fazer virar gay?! Vc, q n é pedófilo, vai procurar pedofilia?! Vc q odeia o governo, vai buscar e compartilhar conteúdo pro governo?

Cara, é errado achar q a plataforma tem culpa. É o mesmo q dizer q a faca de cozinha precisa ser regulamentada pq alguns maridos idiotas esfaqueiam suas esposas.

As pessoas buscam aquilo q reforça oq elas pensam. Agora, se vc qer adotar uma postura religiosa de impedir as pessoas de pensar as merdas q elas pensam… ok, vamos voltar a fogueira “santa”. Uma galera atual ta adotando uma postura meio q religiosa consevadora e n ta percebendo.

Entendo q em meio a opiniões ha crimes… mas, quem vai julgar oq é crime e oq é pensamento?! O fact checkers juvenis q temos hoje?! Bom, na ditadura tinha uma galera q fazia isso. Vcs sao melhores q eles em q?! São os novos iluminados? Professar q existe Deus é fake news?! Em meio a muita merda tem gente seria q divulga coisas q o “grande filtro” n da espaço. Vdds q n são tão obvias. E dai, vai calar essas pessoas?! Não da pra engolir um raciocínio desse.

Ao meu ver, se a maioria do povo é burra, infelizmente, n é bloqueando mas, trabalhando as vdds de forma correta e n histérica e inquisidora. E deixar a "seleção natural " fazer seu papel.

Quando li que o convidado era sociólogo já imaginava o que viria, militância de esquerda. Ainda não ouvi o podcast, mas ao primeiro indício de teor ideológico no discurso dele vai ser o primeiro Tecnocast que não vou ouvir por inteiro.