Tá tudo bem com a Intercel e a Surf? 🤔

Essa cobertura da Oi ficou só na promessa, na realidade isso parece promessa da Surf Telecon que está se afundando ultimamente.

Realmente vi isso recentemente… simplesmente é algo ridículo. Imagine como um banco como o Inter explicaria isso para seus clientes?

“Deixamos você sem serviço por dias e ainda nem conseguimos reestabelecer completamente tudo por desavenças interna entre acionistas…”

É algo que simplesmente não pode acontecer. Alguns amigos que ainda possuem o Intercel falaram que estão utilizando o sistema da TIM e que várias coisas aparecem como TIM ainda.

1 Curtida

Tem que ver os termos do acordo do Inter com a Surf e ver se o Inter sabia dessa briga interna da Surf antes de assinarem o acordo.

Os problemas que a Surf tem não é culpa do Inter, a culpa do Inter é de não ter se precavido contra caso soubessem.

2 Curtidas

Para adicionar ao contexto geral: http://www.telesintese.com.br/mp-abre-denuncia-contra-a-plintron-do-brasil-por-corte-ilegal-de-ligacoes/

E eu ainda me pergunto quem realmente achou uma boa ideia esse ecossistema capenga de operadora whitelabel.

A Surf presta um serviço para o Inter. No contrato desse serviço deve ter algo sobre o nivel de SLA esperado e se estiver abaixo disso o contrato deve permitir a recisão do serviço ou algum tipo de multa contratual.

Não sei como o Inter teria se “precavido” contra uma situação dessa, que é um fornecedor falhar em sua prestação de serviço. Uma opção seria trocar o fornecedor, mas não sei se é tecnicamente viavel e se é que existe alguma outra empresa que vende esse serviço da forma que a Surf faz no Brasil.

Uma outra opção seria não fazer uma ideia torta dessas, mas agora é tarde.

Se eles soubessem que os acionistas da Surf estavam numa briga, a precaução seria ter adiado a contratação do serviço ou ter exigido alguma garantia em contrato com cláusula de indenização em caso de descumprimento.

Novamente, sem saber os detalhes é difícil julgar.

Pelo que li, a Surf já trocou de fornecedora (a antiga era sua sócia), mas óbvio que existe um período de transição onde vai apresentar erros sistêmicos. De qualquer forma, o caso é muito mais sério e envolve batalha judicial, risco de multas e mudança de controle acionário. Ninguém sabe o que vai acontecer com Surf.

1 Curtida

Não vejo problema em operadora whitelabel, o problema é que implementaram a whitelabel da whitelabel, isso sim eu vejo como um problema e que não deveria existir.
O Banco Inter ir lá e contratar capacidade da rede da Tim e montar a sua infraestrutura seria algo de boa.

1 Curtida

O Banco Inter ir lá e contratar capacidade da rede da Tim e montar a sua infraestrutura seria algo de boa.

“Contratar capacidade da rede da TIM” não seria whitelabel. O Inter teria que ter alguma estrutura e contratar funcionarios para isso ainda. A Porto Seguro fez isso, ela pagava para usar a rede da TIM e montou a estrutura dela, mas desistiu.

O que seria whitelabel seria se a TIM criasse um programa “monte sua operadora”, aonde o interessado só dá a marca e a TIM faz o resto (famosa parceria caracu). É o que acontece com a Surf, que aparentemente ainda terceiriza os serviços para outras empresas. Ela aparentemente só faz o meio de campo. Talvez o @LucasBraga ou o @evefavretto possam dar pitacos melhores sobre isso.

O problema disso é que não faz sentido uma pessoa fisica contratar uma linha de uma operadora virtual dessas pois é simplesmente mais facil você ir na Claro, TIM, Vivo ou Oi e comprar uma linha lá. As operadoras também não tem muito motivo pra permitir que essas operadoras virtuais tenham planos melhores, pois pra que vou criar uma competição para mim mesmo?

No fim das contas, quem se aventurou a ter um numero de uma MVNO dessas só duplicou as chances de ficar sem serviço, pois está exposto aos problemas da dona da rede (a TIM) e de quem vende (a Surf e seus prestadores de serviço).

1 Curtida

Concordo com a tua definição de whitelabel, ficou mais clara ela agora.
Mas a Surf não fornece tudo, pelo que eu entendo o atendimento do intercel é feito pelo banco inter.

A Ideia de poder competir com a empresa que fornece a rede é a questão de comprar no atacado e vender no varejo, mas me parece que as operadoras já vendem no varejo a preço de atacado.

O buraco da Surf vai fundo. Tem treta com um dos sócios, que também é (ou era) um dos fornecedores dela.
E sim, a Surf (ou pelo menos um dos parceiros da Surf, a Dry) tem um esquema do que é essencialmente uma operadora whitelabel. Só olhar o Caras Chip ou os trocentos chips de times de futebol. Até os sites dessas MVNOs são iguais, só mudam as cores e os logos.
A Intercel parece ser um acordo diretamente com a Surf Telecom e o Banco Inter, por que os planos não são exatamente iguais aos da maioria da Surf, e tem a mítica parte de poder usar a rede da Oi (que até agora é só vapor).

3 Curtidas

Mais uma dessas operadoras:

A Fluke é MVNO da Telecall, que usa a rede da Vivo.

Espero que ao menos alguma consiga ir pra frente, mas realmente não há como oferecer preços melhores que as Teles.

Os preços da Fluke são horrosos. Os da Surf são apenas ruins. Mas a Surf, que deve ser a maior MVNO (ou pelo menos a maior que vende pra pessoas físicas) tem míseros 400 mil clientes, não boto tanta fé.

Fui ver essa fluke, tem de se inscrever e esperar a boa vontade deles de te chamarem pra serem clientes, alem do preço absurdo, 10 centavos por minuto de chamada e 10 centavos por SMS (brasil deve ser o pais do SMS mais caro do mundo) sem falar em 12 reais por GB de internet (pra pré pago não tá tão ruim se tu consome muito pouco).

Eu sou um entusiasta de tecnologia, apesar de nem sempre ser early adopter.
Mas eu acho uma tremenda roubada colocar sua linha principal em uma dessas MVNO’s, sem saber da qualidade.
As 4 grandes já têm seus diversos problemas, q dirá uma pequena q depende do sinal de outra…
Muita gente q passou dificuldade aí com o Intercel, poderia ter evitado isso…

1 Curtida

Creio que a proposta seja pra quem faz um uso muito esporádico da rede celular ou queira ter um numero secundário para uma emergencia.

O plano de negócio aparenta ser o mesmo da Veek, que foi uma das primeiras a utilizar essa infraestrutura da Surf (acho) e fechou.

Então acho que deveriam adotar um modelo estilo Vivo easy e o Claro flex, tu compra um pacote de serviços sem validade, já que pagar pra manter uma linha secundaria em uma MVNO não me parece um bom negocio.

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da úlima resposta. Novas respostas não são mais permitidas.