Switch OLED sofre burn-in mínimo após 6 meses de exposição forçada

1 curtida

daqui a pouco a Nintendo processa ele por usar o console de forma errada

1 curtida

basta inverter as cores da tela do Switch e deixar mais seis meses parado na mesma posição. Ok, fácil é, mas demorado também.

Facinho! Só vai precisar de um ano pra estragar e “arrumar”!

Só se a Nintendo tiver um filho com a Apple… :V (se bem que é uma forma absurdamente errada de se usar mesmo… haha)

Para ele foi a forma certa, já que deve ter rendido muito view e engajamento pro canal dele

Para a Nintendo, nope. :V
Acho que ninguém preveria que alguém faria isso… no manual do próximo switch, provavelmente terá uma nota sobre isso. hahaha

Interessante, inverter as cores pra arrumar burn-in, deve funcionar em qualquer tela OLED não?

1 curtida

A cena usada não é tão agressiva, não tem muito contraste. A pior situação é uma UI de cores sólidas e brilhantes com um background escuro
Se o usuário alternar entre jogos e controlar o brilho deve durar anos sem apresentar burn-in. Meu celular tem +de 3 anos de uso e não possui marca alguma, nem mesmo da barra de status

Eu acho que não existe essa de “reverter” o burn-in. Pela lógica, o que vai acontecer ao inverter as cores é queimar todo o resto, nivelando o efeito de uma maneira que ele não seja perceptível se você não tiver uma tela zerada para comparar.

3 curtidas

mas o burn-in é só as marcas visíveis da degradação da tela, se não é mais visível não tem mais burn-in e passa a ser só o desgaste natural da tela.

Não entendi bem sua colocação; acho que não existe uma separação entre “marcas visíveis da degradação” e burn-in. O burn-in são as marcas visíveis causadas pela degradação acelerada da tela em certas regiões em função do conteúdo exibido - por isso que acredito terem usado erroneamente a expressão “reverter”.

Se já degradou, desgastou, não tem como reverter só essa parte. Inverter as cores vai simplesmente terminar de degradar o resto até ficar num nível equiparado; com a tela degradada por igual, não vai dar pra identificar marcas, mas ela estará pior se comparada a uma nova.

Saliento: achismo pessoal me pautando pela lógica.

A questão é que uma tela com mil horas de uso vai ta degrada de qualquer jeito, independente de ter marcas visíveis ou não, o que realmente importa é a tela nao ter manchas/marcas.