SUPER APP: Quer fazer tudo, mas no final acaba fazendo nada

:warning: PRIMEIRAMENTE, FANBOY DE BANCO NEM É GENTE! :warning:

Oi, galera! :smile:
tudo bem?! então… :thinking:

Sabemos que empreender no Brasil é uma luta diária e cada um tem sua forma de vender seu peixe.

Agora, se tem uma coisinha que sou avesso, é o tal do denominado SUPER APP.

SUPER APP falando grotescamente é uma galeria de serviços, sejam eles do dono do aplicativo ou serviços de terceiros, como vitrine de lojas e por aí vai…

Só que no final, essa coisa acaba piorando do que melhorando a vida do cliente. Eu mesmo até o momento nem cheguei perto desses serviços mesmo se enciaxando no meu perfil de consumo, isso me fez lembrar do Tecnocast 078 – Um bundle de bundles ou Tecnocast 123 – Serviço é o novo produto, quando se trata da premissa de unificar serviços que você escolhe e entende o que é melhor para você, e não uma galeria poluindo sua interface.

Eu creio sim, que é possível unir o útil com o agradável, é louvável a ideia de ter serviços em um único lugar facilitando a vida do cliente, mas a experiência de usuário deve ser levado sempre em primeiro lugar, não só na usabilidade, como também no perfil do cliente tendo a opção de desabilitar tal vitrine, sim, eu sei que na hora do “eu leio e confirmo os termos e condições” está lá previsto o tal serviço escolher o que bem entende, mas não vamos girar em torno disso, mas sim a forma MUTANTE de como os aplicativos estão se tornando uma verdadeira 25 de março. (quer pagar quanto?)

Hora da votação, você gosta da ideia dos SUPER APPS? :+1::ballot_box: :-1:

  • Sim! :+1:
  • Não! :-1:

0 votantes

1 Curtida

O Rappi se encaixa nisso? Acho horrível de usar e super poluído.

2 Curtidas

Eu só posso falar de bancos, especificamente do Inter (mas o Bradesco tem ou teve algo parecido).

Sei que a ideia é faturar em cima e não há nada de errado nisso.

Mas particularmente eu não gosto, não só porque não vou usar, mas também porque polui o app e vc acaba perdendo o foco naquilo que interessa, que é o serviço bancário.

Já vi tb que o Uber unificou o Eats e o Mercado num único app. Nesse caso achei ok, apesar de eu tb não usar - só uso o sistema de veículos.

2 Curtidas

Acho uma porcaria porque é pesado demais (e não raro por um motivo que nem te interessa, que são os diversos serviços que você nem quer usar), além de ser um pesadelo da privacidade.

Eu prefiro apps que sejam mais próximos da filosofia do Unix. Faça uma coisa e faça bem.

4 Curtidas

O Windows, por exemplo, é um serviço. Como você disse: “…unir o útil com o agradável…” porque quem usa o Windows só pra TCC ou pra redes sociais, ou games, está em “usabilidade”. Não importa se não dá pra usar todos os recursos.
O usuário é o foco! Nós somos os foco!

1 Curtida

Nada contra, desde que funcione.

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da úlima resposta. Novas respostas não são mais permitidas.