Steam Deck não roda PUBG, Apex Legends, R6 e Destiny por enquanto

Essa matéria é um belo de um click bait. É só instalar o Windows que esses jogos rodam sem problemas.

2 curtidas

Claramente não sabe o q é clickbait

O steam deck roda esses jogos NATIVAMENTE? Não, então ele não roda os jogos.

Se tem bypass é outra questão

4 curtidas

Vamos lá

A ideia é que muitas coisas em rodam bem no Linux com Proton: só em um exemplo, Cuphead roda liso no meu Notebook.

Agora, o maior problema é que esses anticheat demandam certas coisas que o Linux não pode liberar por questão de segurança, em especial no caso de comandos que precisam executar em Ring 0 (ou seja, com todas as possibilidades no nível do processador) como usuário comum. Aí A culpa são das empresas de anticheat.

2 curtidas

Claramente você não sabe o que é clickbait. Steam deck é um PC. Instalar Windows não é como fazer jailbreak em um iPhone/root no Android. Você simplesmente pega e instala o sistema.

O correto seria dizer que o SteamOS (Linux) não roda PUBG, Apex Legends, R6 e Destiny, pois a solução anticheat não é compatível com o Proton. O título da matéria dá a entender que o Steam Deck não é compatível.

3 curtidas

É um PC com formato diferente, então é só instalar um OS nativo de PC (Windows no caso), igual qualquer outro computador, o o Windows e pronto, roda nativamente.

Então sim, é clickbait, pois o único entrave é o sistema operacional que vem pré-instalado, e não o hardware em si.

Não é bypass filho, a própria Steam diz que é suportado nativamente outros SOs.

Nenhum jogo que eu ligue, ainda continua sendo uma opção interessante pra mim

É uma visão diferente as discussões de clickbait dessa matéria. Mas vc colega, compra um Iphone pensado em instalar Windows Phone nele? Compra um Galaxy S21 e reclama da vida porque não pode instalar BlackBerry OS nele?
Obviamente o SteamOS foi polido pro hardware, tem software ali pra facilitar a jogatina móvel, telas pra facilitar stream, uma versão da Steam otimizada pros controles. É de bom tom que a Valve tivesse ido conversar com as empresas pra portar os seus jogos e aparentemente não o fez. Tentou sozinha usar uma solução “emulada”.
Pode instalar o Windows e resolver todos os problemas? Pode, mas você amigo que entende como fazer isso, ponha a mão no coração e se pergunte quantas pessoas ao seu redor não sabem fazer isso. Quantas pessoas vem te procurar pra “formatar” o PC delas.
As pessoas simplesmente querem tirar o produto da caixa e que funcione, não querem ficar fuçando configurações, instalando coisas pra fazer o que o produto se propõe a fazer.
Na minha opinião é pisada de bola da Valve, deveria ter negociado que uns AAA da vida fossem portados pro SteamOS para rodar nativamente

3 curtidas

Concordo com praticamente tudo oq vc falou, o steam deck não tem suporte pra esses jogos, instalar windows é gambiarra, o produto tem q funcionar assim q saiu da caixa sem precisar pagar por licença do Windows (q custa uma fortuna no Brasil)
Mas sobre o proton, a steam trabalha nele faz muitos anos, desde antes das steam machine! A questão é que se olhar o steam survey o windows domina mais o mercado q a Intel ou NVidia, então os desenvolvedores não tão nem aí pro Linux ou proton ou Wine, pra q gastar dinheiro nessa plataforma se não vai dar retorno exorbitante?
A Valve tenta fazer os devs olharem o Linux, até pq o Gabe já disse no passado q queria se livrar da dependência do Windows, mas é complicado sem injetar dinheiro como a NVidia faz pra ter RT e DLSS

3 curtidas

" pra q gastar dinheiro nessa plataforma se não vai dar retorno exorbitante?"
Agora é pura especulação e desejo pessoal: Eu quero crer que esses PC gamer portátil vão virar tendência. AYA Neo, Os GPD, Onexplayer, agora o SteamDeck.
Eu reconheço que pra chamar atenção sem injetar dinheiro, a solução da Valve terá que vender muito pras produtoras acharem viável, até porque o Deck é o único que está saindo com Linux

Eu tb quero q de certo, da mesma forma q eu gostaria de ter tido oportunidade de comprar um steam controller eu compraria o steam deck. Mas vejo q a Valve lança as coisas sem uma visão a longo prazo, no médio prazo ela para como aconteceu com todos seus hardware e jogos até hj
O lance de videogame portátil a Nintendo já mostrou q desde a época do ds até hj com o switch dá certo, tanto q várias devs estão querendo lançar ou já lançaram seus jogos nessa plataforma. Mas precisa ter escala…

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.