Snapdragon 6s Gen 3 é o novo chip da Qualcomm para celulares intermediários

1 Like

E… a moda veio pra ficar (na Qualcomm).

Explicando: prática comum no mercado de processadores faz tempo. A empresa faz um processador modelo X mas esse não passa no controle de qualidade por imperfeição. Volta pra fábrica, isolam a parte “defeituosa” (se possível) e relançam com um nome diferente.

A AMD fez muito no passado. Processadores de 3 núcleos eram apenas processadores de 4 núcleos que passaram por esse processo.

4 Likes

Praticamente todas as fabricantes fazem isso há muito tempo, até a Apple faz isso, não tem sentido jogar um processador fora e recomeçar do zero se dá pra aproveitar grande parte dele.
Já li que nos cartões de memória isso também é feito, talvez em SSD também.

Em diversas fábricas existem formas de reaproveitar produtos com defeito, um porcelanato 120x120 pode virar 60x60 ou alguma outra medida se tiver algum defeito de fabricação, eles cortam a parte defeituosa e vendem o restante.

3 Likes

Dúvida: como eles fazem isso (no caso dos processadores, não do porcelanato)? É no nível do projeto ou correção no que já foi produzido unitariamente?

1 Like

O que eu já li é que no projeto dos processadores é feita uma arquitetura pensada na possibilidade de algum núcleo dar problema na fabricação, se algum núcleo der problema eles isolam esse núcleo, esse isolamento é feito apenas após a fabricação e testagem.

4 Likes

"mostra que o Snapdragon 6s Gen 3 é um SoC (system-on-a-chip) posicionado ligeiramente abaixo do Snapdragon 6 Gen 1, modelo anunciado em 2022."

Me ajuda a te ajudar Qualcomm, isso é muita sacanagem !

1 Like

Um exemplo mais recente são os Ryzen 5600X3D, que são basicamente o 5800X3D que não passou nos testes de performance.

2 Likes