Sky arrebata clientes da Oi e pode se tornar a maior operadora de TV paga

Isto é, os planos da Oi TV ficarão bem mais caros. A Sky possui preços bem elevados na modalidade pós-paga de TV Paga.
E isso é ruim demais para quem assinava a Oi TV.

A Sky não vai muito longe não. Não dou três anos pra encerrar o serviço por aqui.

Até ano passado ainda me via obrigado a assinar TV por conta da programação esportiva. Mas mudou muito com a chegada do HBO Max e Star+, além da chegada de jogos no Prime Video. Da pra assistir quase tudo (ainda tem a CONMEBOL TV que não permite assinatura avulsa) pagando R$130,00 e é bem fácil pagar bem menos, já que esse é o preço cheio sem considerar promoções e assinaturas anuais. A partir do ano que vem, nem CONMEBOL TV existirá mais. A Amazon, a Disney e a Paramont estão brigando por dois pacotes de TV paga pra transmitir a Libertadores e a Sulamericana, as três possuem streaming.

7 curtidas

As operadoras tradicionais de TV Paga não vão demorar a falir. Acho que elas terão que se reinventar e fazer planos mais baratos se quiserem sobreviver contra os serviços legalizados de IPTV e os serviços de streaming.

1 curtida

As operadoras de TV tem custo bem alto com satélite ou cabo, além de decodificador. É meio impossível concorrerem em preço com os streamings. Acho que o futuro é acabar e tudo virar streaming mesmo.

4 curtidas

Acredito que a principal fonte de lucro das TVs por assinatura atualmente é o futebol. Tem diversos pacotes voltados ao esporte, custam caro e eu conheço gente que assina por conta do futebol.

Meu avô mesmo só assinou Sky por conta do futebol. O time dele caiu pra segunda divisão e só na Sky ele conseguiria assistir os jogos, aí também acabou assinando outros canais.

Quando o time voltou pra primeira divisão ele continuou assinando.

Meu pai assinava por conta dos filmes, mas com diversos serviços de streaming ele cancelou, agora tem uma Sky gato que quase não usa.

1 curtida

Justamente o que levou a Oi a pular fora foi o contrato com a SES de capacidade de satélite.

Mas ainda tem umas pontas soltas aqui, tipo o que vai acontecer com os clientes do Oi TV Livre/BRI/anteneiros.

O texto do fato relevante é vago, só fala em “clientes pós-pagos”.

4 curtidas

A sky tem ou tinha pré pago, e o tempo de transição (2 anos) é a garantia em contrato da transmissão dos abertos/cortesia, só sei que quem tem oi tv não pós deve ter dor de cabeça em uns 2 anos.

Contratualmente sim, mas de qualquer forma tá vago e não tem detalhes do que vai acontecer.

A Oi vai simplesmente cancelar os contratos dos Livre assim que terminar de cumprir os 2 anos? Vai vender essa carteira também?

Fora que me deixa até em dúvida nos casos de clientes que pagaram equipamento mas tem plano. Esses vão pra Sky ou vão ver navios? A lógica dita que vão pra Sky, mas e se um cliente desses cancelar agora e voltar pro “livre”?

Claro que parte do motivo de estar vago é que, tudo indica, o negócio ainda não foi finalizado e devem estar ainda negociando detalhes.

1 curtida

Hoje só vejo sentido em TV paga por satélite em lugares que não tem internet por fibra, e esse mercado vai diminuir cada vez mais nos próximos anos.

3 curtidas

Depende. Eu tenho uma casa de veraneio em um lugar onde há pelo menos dez operadoras locais só no bairro. Mas eu não consegui assinar uma operadora de TV paga sem ser via satélite, pois as prestadoras da região só oferecem link de internet. E, dependendo da situação, DirecTV Go e a Claro Box não resolvem o problema.

No fim das contas, precisei recorrer à Sky. E não há nenhuma previsão para chegar uma TV a cabo por lá.

Que situações tu acha que esses planos não substituem a Sky?

Se você tem mais de um ponto de televisão, por exemplo. O DirecTV Go só vai até dois acessos simultâneos e a Claro Box não tem ponto adicional. Fora que nem sempre essas interfaces são simples. Algumas pessoas idosas, por exemplo, têm dificuldade para se habituar a um serviço que apertar uma setinha para mudar o canal não resolva – e, confesso, até eu me irrito com o DirecTV Go.

3 curtidas

Eu tentei trocar a TV paga pelo DirecTV Go e simplesmente não rolou por aqui. Tarefas simples como trocar de canal são complicadas, não tem um jeito fácil de ir para o canal próximo/anterior como nos botões CH+/CH-…

O Vivo Play é menos pior, mas ainda assim tá longe do ideal. A melhor experiência mesmo é a do Claro Box TV, mas não permitir pontos adicionais é um dealbreaker pra mim.

5 curtidas

Isso sem levar em consideração que o Premiere da Globo teve seu preço bastante reduzido e com descontos caso emende junto com o GloboPlay.

O prego no caixão já tá alinhado. Só falta alguém martelar.

3 curtidas

O que é duplamente ridículo por que provavelmente pelo menos uma delas é associada da Neo, que oferece pros ISPs associados…TV paga.

2 curtidas

Ai eu ainda vejo uns reclamando que a pulverização dos direitos de transmissão deixou o acesso mais caro. Nada mais falso.

Além dos outros serviços serem mais baratos, o Premiere se viu forçado a derrubar muito seu preço. Eu cheguei a pagar R$115 pra ter acesso na TV e ao Premiere Play (tinha um pacote de R$90, mas sem acesso ao streaming), fora o absurdo do valor do pacote básico. Semana passada assinei por R$30 no Prime Vídeo.

2 curtidas

Aqui em Santa Catarina, onde eu moro, nenhum streaming tem a Globo ao vivo, nem a própria Globoplay! (talvez porque a Globo aqui seja uma afiliada, a NSC).

Meus pais tem Oi TV, eu queria migrar eles para streaming (mesmo porque a Oi TV, sendo via satélite, vive caindo), mas não ter a Globo é dealbreaker.

Sem falar que… eles não entendem de tecnologia e gostam da UX da TV por assinatura, ligar, colocar no canal e assistir.

Queria ver a Globo fazer o mesmo com o Telecine um dia.

Acho que o futuro do Telecine é ser fundido ao Globo Play.

1 curtida