Siri, Alexa e Google Assistente preocupam comissão antitruste na Europa

O problema é basicamente o efeito ecossistema.
A partir do momento que você escolhe um assistente, você se vê quase que obrigado a comprar apenas produtos que sejam compatíveis com essa assistente, ficando preso num ecossistema controlado pela empresa que desenvolve essa assistente.

Se essa empresa fizer uma mudança que você não gostar ou concordar, você tem que abrir mão de todos os produtos que comprou e recomeçar do zero, o que é um custo bem grande e um grande desincentivo.

Na cabeça dos reguladores a garrafa da Coca-cola devia ter Pepsi junto porque atualmente só vem Coca-cola (nossa, que surpresa!), sendo um claro monopólio.

Imagina, você fabrica um produto e o governo diz que você não pode vende-lo sem que o concorrente faça parte também, caso contrário seria concorrência desleal por você ser bem sucedido sozinho.

5 curtidas

Não amigo, você está muito errado!

1 curtida

Exatamente!!! Sinceramente, cada dia que passa fico mais conformado pelo controle financeiro estar nas mãos de EUA e China, pq mesmo que ambos os países tenham problemas (sim, eles tem mtos), são menos problemáticos que a UE, que a cada dia que passa cria uma burocracia nova, vide o acordo deles com o Mercosul, que nunca saiu do papel; não é atoa que até o Reino Unido (Inglaterra, Gales e Escócia;Irlanda do Norte continua na UE) decidiu romper com a UE.

Na questão China, você está equivocado, não esqueça que por lá as empresas são obrigadas a modificar seus softwares para atenderem as exigências de controle da China, tais como restrições de pesquisa, backdoors e assim por diante.

Sem contar as constantes regras que colocam para prejudicar empresas externas e forçar o uso de empresas internas, como a recente decisão do governo Chines de obrigar o usuário final a parar de usar Windows e usar o UOS.

O controle financeiro está na china por outros motivos, mão de obra extremamente barata e país extremamente populoso, o que faz as empresas quererem uma fatia dos usuários que estão por lá, mesmo que para isso tenham que acatar decisões ridículas (Inclusive neste último ponto, acontece também na UE, as empresas acabam acatando porque a UE é importante para o retorno financeiro das empresas)

Quanto a União Européia, você está certo. Com a desculpa de proteção a privacidade, a UE tem tornado-se cada vez mais controladora e, a cada dia que passa, mais Estatista. Dificultando severamente a inovação, com a desculpa de facilitar.

Não que algumas das decisões não sejam coerentes, mas algumas são absurdas. Como essa da Apple, Amazon e Google não poderem desenvolver sua própria assistente pessoal e vincular a dispositivos dedicados.

Logo mais vão proibir a Apple de produzir seu próprio hardware ou força-la a instalar o Android no Iphone.

2 curtidas

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.