Samsung tem queda, mas segue líder no mercado de celulares da América Latina

A maior queda foi da Motorola, essa empresa está uma completa bagunça, nem quem trabalha lá deve entender a linha de produtos deles. Lançam smartphones com 4 câmeras mas nenhuma presta, preços maiores que os concorrentes da Samsung, funções inúteis que ninguém pediu e chegam a ter 3 modelos de smartphones competindo na mesma faixa de preço. O pós venda também é terrível, foi uma das piores experiências que já tive ao acionar a garantia de um produto.

Em breve veremos um executivo da Motorola culpando o mercado global ou a pandemia para tentar justificar o fracasso deles.

3 curtidas

Ai é suicídio. Lembro do Monte marcas que as pessoas que eu tinha contato tinham, só ficou Samsung e Motorola, com a moto sendo bem pouco, se continuar assim vai ser só Samsung daqui a pouco.

Xiaomi aumentou? Curioso, o preço nem é aquele maravilha que já foi

Lá por 2016 era comum ver celulares da LG, Sony e Asus, hoje a LG não existe mais nesse ramo, a Sony virou uma marca de nicho e a Asus está cada vez rara de se ver.

Motorola eu ainda vejo, mas diminuiu muito. Hoje em dia eu vejo mais usuários de iPhone do que Motorola. A Samsung dominou muito o mercado nos últimos anos, pelo menos no que vejo ao meu redor.

Como é América Latina, pode ter aumentado muito em outros países.
Eu não vejo mais vantagem em importar smartphone, o preço não compensa tanto.

1 curtida