Samsung Galaxy S23 chega em 1º de fevereiro com estes truques na câmera

RAW e hyperlapse…

Do RAW nem falo nada pq quem conhece de fotografia sabe que o tamanho do sensor é diretamente ligado a qualidade da foto.

Já o hyperlapse certamente vai ser um fiasco porque eu duvido muito que o smartphone não vá desligar por superaquecimento. Em câmeras profissionais o hyperlapse já é um desafio por isso…

MAS marketing é marketing: vendem oq a empresa manda. E o consumidor desinformado que acredite.

De novo com isso, falando uma coisa que nada a ver alhos com bugalhos.
RAW só quer dizer que o arquivo é lossless, não sofrerá o processo de demosaicing, nem o processo de compressão de JPG.

Quer falar que a câmera não tem qualidade de uma DSLR ou mirrorless? Ok, eu sou o primeiro a concordar.
Mas não misture assuntos, pelamor.

7 curtidas

Quem comprar o S23 “normal” com apenas 3785mAh de bateria pra suportar o Snapdragon 8 Gen 2 vai ganhar um painel portátil de energia solar…

2 curtidas

Uma coisa é: produz o RAW, ótimo. Mas com um sensor minúsculo e uma lente idem, vai ser algo aproveitável? Ou só vai ser pra ter um tamanho de arquivo maior e ter trabalho de passar pelo Lightroom depois só pra compactar? Porque correção só se for pra fazer interpolação e/ou alguma coisa do tipo porque a câmera não captou detalhes suficientes. E se é pra fazer esse tipo de pós-processamento, deixa o smartphone mesmo fazer.

Sim, vai, pelo simples motivo de um JPG ser em 8bits, enquanto um RAW é 10, 12bits e carrega muito mais informações de cores.

Pra VOCÊ pode não fazer sentido algum, e tá tudo bem, continue usando os recursos padrões da câmera, não está errado.

Mas até a Samsung conhece o público deste recurso e coloca na aba profissional.

1 curtida

Aliás, interpolação é outro termo que não tem absolutamente NADA a ver com arquivos RAW.

Este tópico foi fechado automaticamente 365 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.