Requisito do Windows 11, chip TPM foi burlado em 30 minutos durante teste

2 curtidas

E eu me achando hacker quando uso o Selenium + Python pra automação de tarefas no navegador… kkk

2 curtidas

Titulo meio clickbait, hein??

8 curtidas

Acho que os meios mais seguros no momento, são os processadores que ja vem embarcado o TPM dentro de sua arquitetura.

1 curtida

Ao contrário, o suporte ao TPM implementado no firmware de processadores é menos seguro que um chip dedicado. Segundo eu li na Wikipédia, essa é a hierarquia decrescente de segurança:

  1. Dedicado: módulo/chip TPM, como o da matéria

  2. Integrado: outro chip que não seja específico,
    como chipset de placa-mãe

  3. Firmware (fTPM): em processadores Intel, AMD e Qualcomm

  4. Hypervisor (vTPM): em um ambiente virtualizado

  5. Software: software emulador

“Mas não existe nada 100% seguro” discordo, a urna eletrônica é segura :innocent:

O Chip ser separado é uma vantagem, mas precisaria de um barramento próprio, e nenhum compartilhamento de recursos com o sistema principal da máquina, como é implementado em alguns Smartphones com dispositivos de segurança via hardware.

O TPM da minha esposa resiste bem mais que isto, até 3 dias!!

2 curtidas

Quanto ao último parágrafo, alguém poderia me explicar melhor?

O pin definido na configuração do windows quando vc instala já o torna mais seguro ou não? A senha (tbm do windows) ele está dizendo considerando a senha da conta Microsoft?

Se alguém puder explicar desde ja agradeço

Com certeza mais seguro que voto inpresso né kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkk

2 curtidas

A senha do Windows protege o sistema operacional em si, mas não impede o invasor de acessar recursos do computador mudando opções de boot, por exemplo.

Mas, nas configurações de BIOS, você pode definir senhas para proteger o acesso a todo o computador ou para proteger o HD/SSD. Na foto abaixo, por exemplo, o notebook foi configurado para exigir uma senha assim que o notebook é ligado. Somente depois de a senha ser digitada é que ele começa o boot do sistema operacional ou permite acesso às configurações de BIOS.

2 curtidas

Seguro mesmo só as urnas eletrônicas de Primeira geração utilizadas no Brasil e fabricadas na Venezuela. Essas sim quero ver algum hacker burlar a segurança.

So 3 paises usam o mesmo sistema, brasilzao o diferentes do mundo

“Segundo levantamento da Folha, a maioria dos países que usa urnas eletrônicas adota a segunda geração dessas máquinas, que imprimem um comprovante em papel (o tal voto impresso), enquanto o Brasil ainda utiliza as de primeira geração.”

Catzo, olha como foram conseguir acesso! Um mero trombadinha que roubou seu notebook nunca vai ser capaz de quebrar a criptografia. Muito menos um técnico de hardware mediano.

2 curtidas

Também não gostei do título. Ele dá a impressão de que o requisito da Microsoft é inútil, quando na verdade foi necessário um conhecimento totalmente acima da média de componentes eletrônicos e desgin de motherboard para realizar a “façanha” (se é que dá para chamar assim).

No final, podemos até falar que é mai uma falha na construção cometida pela Lenovo do que do chip em si.

3 curtidas

Creio que o colega apenas quis ironizar aqueles que acreditam que a urna é inviolável e não defender o voto impresso, ou você acredita que há um sistema absolutamente a prova de invasões em uma caixinha tão pequena? Não vamos discutir política por aqui, por favor.