[Relato] Migração do Windows para Mac

Cara, foi simplesmente terrivel…

Na minha bolha da qual consumo noticias tecnologicas, todos só falavam da maravilhosa revolução da arquitetura do CHip M1. O quão impressionante era o novo MacBook Air com o CHip M1. Eram reviews, videos do YuTube, artigos, relato de usuarios…

Em fim, fiquei tão empolgado com tantos relatos positivos, que terminei comprando um MacBook Air M1 de 512Gb.

A maquina realmente é maravilhosa. Sou programador, e durante as 4 sacrificantes semanas que passei usando ele para programar, não travou hora nenhuma. Consegui abrir varios softwares e manter tudo muito fluido, mesmo com tudo aberto.
E nos finais de semana, ainda cnsegia rodar umas partidas casuais de League of Legends, com media de 100 de FPS.

Mas meu amigo… que sistema operacional ruim.

Foram tantos pontos que eu achei estranho, diferente, e que não consegui me acostumar, que resultaram numa baixa produtividade das demandas do meu trabalho. E então resolvi abandonar o MacOs e voltar pro meu bom e velho Dell G3 com Windows 10.

Uso iPhone desde 2014. E sempre ouvi comentarios do “Ecossistema Apple e sua perfeita integração”. E achei pifia, prefiro muito mais a integraçao do aplicativo do OneDrive instalado no meu iPhone com o Windows 10.

Aos usuarios de MacOS peço desculpas e que não se sintam ofendidos. Isso é apenas um relato de uma experiecia individual da qual passei. E queria deixar registrado aqui, caso no forum tenham outros usuarios em situação parecido.

É isso Tecnoblogers, isso foi um relato / desabafo, que esero que ajute alguem que esteja com duvidas parecidas.

Abraços !

6 curtidas

E por qual motivo vc achou ruim?

1 curtida

@Joao_Almeida

Quando instala o Windows, vem com alguns bloatwares. Mas que da para desinstalar.
No Mac tambem vem cheio de bloatwares e que nem dá pra desinstalar. Aplicaitivos como Xadrez, Dicionario, Apple Home Kit, e varios outros, que você nem consegue desinstalar.

No Mac tem a barra superior do sistema operacional e alguns aplicativos tambem tem sua barra propria. O que gera uma pequena dificuldade para achar a funcionalidade que voce procura.

A janela tem um botão de fechar, mas que na verdade não fecha, minimiza.

O simples atalho do windows telca Widnwos + D, para minimizar todas as janelas, não existe no Mac.

O atalho de segurar a tela Windows e clicar na seta esquerda ou direita, para dividir as telas tambem não.

No Mac só funcioa o comanda de Ctrl + Z, pra desfazer. Mas não o atalho Ctrl + Y para voce voltar o que tinha desfeito

O aplicativo de fotos do MacOS é bem legal, voce tira uma foto com o iPhone, e ela já aparee lá. Entretando ele é só um visualizador. Não da pra copiar a foto que esta dentro do aplicativo e fazer o upload pro facebook, por exemplo… ou enviar pelo WhatsApp web. Voce tem que exportar ela pro Finder e depois utiliza-la

São esses e varios detalhes que fui percebendo ao longo das 4 semanas, e que foram me desanimando… Talvez se eu tivesse usado por mais uns 2 ou 3 meses, tivesse me adaptado.

Emfim, eu não to falando mal do MacOS e sim da minha experiencia com ele.

4 curtidas

Parei quando você reclamou de não ter Ctrl+Y. Se você queria um sistema operacional que fosse igual ao Windows, era melhor ficar no Windows mesmo.

Com algumas simples pesquisas no Google você iria achar como fazer muita coisa, e por exemplo saberia que no macOS você pressiona Command+Shift+Z para refazer.

2 curtidas

Talvez tenha faltado mais um tempo para conhecer melhor o sistema. Da mesma forma eu acho muito esquisito quando volto para um PC Windows depois de anos usando Mac, mas sempre é questão de costume e também de encontrar formas de fazer algo parecido. Não dá pra esperar que vá ser tudo 100% igual.

Você citou os menus, fiquei curioso pra saber em quais apps isso acontece. Não me lembro de nenhum que tem sua própria barra de menus dentro do app além de usar a barra do macOS.

Sobre o botão de fechar, provavelmente tem a ver com o sistema de multitarefas do macOS que é bem diferente (e mais eficiente, pra ser sincero). Assim como no iOS, você normalmente não precisa fechar os apps, você só fecha a janela e o app entra num estado em que o consumo de recursos é quase zero, mas ele continua aberto pra, quando você usá-lo de novo, o carregamento é instantâneo. Pra “matar” um app, você usa o botão direito no ícone da Dock ou o Command + Q.

Os atalhos que você mencionou existem sim no Mac, mas são diferentes. Pra minimizar tudo, basta pressionar Control + Option e clicar em qualquer parte fora da janela para ocultar todas as janelas de uma vez só. Já a parte de dividir as janelas você pode fazer passando o mouse no botão verde da janela, vai abrir um menu com as opções de dividir tela.

O atalho de Control + Y também existe no Mac, mas aqui ele é Command + Shift + Z.

No caso do app Fotos, ele se integra aos apps do sistema exclusivamente, assim como o iOS. Então você precisa ter o app instalado no seu Mac para que ele apareça no menu compartilhar. Isso funciona com o app do WhatsApp para macOS, mas com o Facebook não tem como mesmo, já que eles não oferecem app para macOS.

Acredito que, se você quisesse mesmo ficar com o Mac, teria conseguido aprender todas as alternativas para o que mencionou. É questão de se adaptar mesmo.

8 curtidas

Pois é, acho que esse foi meu erro. Queria um notebook com constrção e qualidade de um Mac, e com um chip ARM tão potenten e inovador feito o da Apple.

E sobre a integração do “Ecossistema Apple”, não vi nada de mais. E achei que os Aplicaitivos da Microsoft fazem muito melhor.

3 curtidas

Concordo.

Eu tambem acho que o problema foi ter pego um Mac, sem nunca ter usado um e nem passado por um periodo de adaptação, e já querer manter o mesmo ritimo de trabalho e entrega de demandas que eu tinha trabalhando no Windows.

3 curtidas

Eu acho 1 mês um periodo muito curto para se adaptar à qualquer mudança desse tamanho. Ainda mais se tu teve “recaidas”. (Não que eu seja lá muito fã do MacOS, tho)

Tenta pesquisar o que tu tem de fazer para deixar as coisas parecidas ou ao menos descobrir como faz. Ai tu vai se adaptando aos novos modos de fazer as coisas.

2 curtidas

Uso Windows, Mac e Linux (várias distros)

Se não fosse a obrigatoriedade de um Mac para criar aplicativos para iOS, seria totalmente dispensável.

macOS tem seus pontos altos com mission control, segurança e blá blá blá, mas no geral é marketing gratuito de fan boy. (Esses que inclusive aqui no tecnoblog tem todas mensagem ignoradas).

10 curtidas

Sigo a linha do @filipeesposito, tudo nessa vida é questão de adaptação, mas é fato que pegar o jeito com MacOS não é fácil para um iniciante, como vemos nesse post de outro colega:

Porém, uma vez que você se acostuma com o fluxo de trabalho, tudo começa a fluir, e você começa a entender porque certas coisas funcionam de forma diferente e como SO é super integrado ao ecossistema da Apple.

2 curtidas

Isso é verdade, não tem como você manter o mesmo ritmo de trabalho e render em um novo sistema operacional sem um período de adaptação.
No seu caso, continuaria no Windows e começaria a fazer as suas coisas pessoais no MacOS, já que gastou mesmo no notebook, vai pegando xp (kkkk), depois tenta colocar um dia de trabalho usando macOS e vai vendo o resultado e vendo se tá melhorando, se der certo blz (toma cuidado para não acabar virando um faboy povo é tudo iludindo, o negócio é bom, mas não é perfeito), agora se achar que não é a sua cara, infelizmente o prejuízo foi grande

3 curtidas

No prejuízo não fica, Mac tem uma boa saída, ainda mais recente. Tem uma categoria na comunidade, dedicada à venda e troca. Opções existem.

2 curtidas

Ele não vai conseguir revender pelo preço que pagou, e se ele ainda for fazer o que eu falei, isso vai levar tempo e com isso desvalorização, algo normal com produto usado

1 curtida

Existe a depreciação normal. Porém com dólar nas alturas, mais pessoas passaram a comprar itens usados, e naturalmente, também tiveram uma valorização. Então a perda não deve ser tão significativa.

1 curtida

eu troquei de windows pra Mac ha alguns meses e to bem contente… tem coisas boas e ruins nos dois sistemas, mas confesso que ja me sinto muito confortavel no mac…

e a integraçao é linda… eu to visitando um site, vejo um telefone de um restaurante - do proprio mac clico no numero e ja uso meu computador pra fazer a ligaçao (usando a rede do meu iphone, que ta no bolso ou no outro comodo da casa)… -------- ou eu to no word e quero adicionar uma imagem, ele ja abre a camera do iphone automaticamente, tiro a foto e ela ja aparece no word (ou um desenho com o ipad), etc… -------- to fora de casa com o mac sem wifi disponivel e meu iphone ta no meu bolso, ele aparece na lista de “conexoes disponiveis” pelo mac, mostrando o sinal do 4G, o nivel de bateria, etc (sem eu precisar criar um hotspot com o iphone, que gastaria mais bateria e me exigiria pegar o celular pra fazer esse processo) ------ gerenciar a galeria de fotos do iphone/ipad pelo mac é algo otimo, com bem mais ferramentas ------ copiar+colar de um dispositivo pro outro é tao automatico e simples, que eu ate esqueço como é nao ter isso ----- o trackpad do mac é tao superior a todos de windows que experimentei, que chega a ser desleal a comparação (eu desaprendi a usar mouse pra tu ter ideia)…

em resumo, pareceu um relato de um fanboy aqui ne? te digo que nao… varios da comunidade viram que passei semanas reclamando e praguejando o mac, e ainda sinto falta de algumas coisas (mas como no meu caso o meu notebook windows morreu e precisei trocar, eu nao tinha opção de nao usar o mac, entao tive que aprender e me adaptar na marra)… e o jeito que fiz foi tentar buscar entender a “filosofia” do mac, que é distinta do windows… cada um tem sua vantagem e desvantagem…

uma coisa que usava muito no windows e que sinto falta no mac é o “windows + D” pra minimizar tudo… no mac as vezes me embanano pra minimizar o esconder as telas, as vezes desisto e abro o finder pra ver a area de trabalho (ou “mesa” como é chamado aqui) ----- o bloco de notas do windows é melhor que o editor de texto do mac, pois no mac vc precisa antes salvar o arquivo pra depois começar a anotar (sendo que as vezes quero só fazer uma anotaçao rapida - sem usar o Notas)


mas é isso, o mundo é diverso e tem opçoes pra todos gostos, e isso é otimo… windows é um sistema mto bom tambem :slight_smile:

5 curtidas

Olha, vou levantar uma consideração aqui sobre a questão da integração no ecossistema Apple. Os usuários experientes me corrijam se eu estiver errado.

A integração desse ecossistema é linda, maravilhosa, perfeita, única (e não estou exagerando nos termos). O problema é: perfeito é com produtos/serviços Apple, apenas, o que força o usuário a ter esses produtos/serviços, pra manter a sincronia/integração.

Outro problema: esse ecossistema é reduzido a devices de produtividade. Apenas. Mac, iPad, iPhone… Se vc quiser uma casa conectada, usando o ecossistema Apple, é mais complicado, precisa ter um Homekit pra fazer tarefas simples como desligar uma lâmpada num horário determinado, usando a Siri.

Usando o SmartThings da Samsung ou Google Assistente, por exemplo, eu posso fazer diversas tarefas, e deixar outras programadas, até mesmo sem um Home Hub. E ainda posso integrar ecossistemas diferentes, como Samsung, Amazon, Google e Microsoft na mesma casa. E funcionam muito bem.

Ou seja, resumindo: se o ecossistema da Apple é o melhor do mundo em integração/sincronia dos produtos/serviços da mesma empresa, é o pior em se tratando de integração entre ecossistemas diferentes. E se quiser uma casa integrada, não apenas devices como computadores e smartphones, fuja do ecossistema Apple. Não vai te atender bem como os demais que há no mercado.

2 curtidas

Não será mais um problema pois essas grandes players se juntaram a mais centenas de empresas e criaram um padrão. Então os próximos devices de casa conectada já devem vir com esse protocolo novo de integração.

Mas tudo isso dá pra você fazer com o HomeKit. O app Atalhos da Siri permite que você programe inúmeras automações para serem acionadas em determinado horário, localização, situação… enfim, dá pra configurar várias coisas.

Concordo que a disponibilidade de produtos HomeKit no Brasil é mais limitada, porém no próprio AliExpress você encontra muita coisa compatível. Interruptores, tomadas, câmeras, até lâmpada da Xiaomi. E você pode usar um HomePod, iPad ou Apple TV de hub do HomeKit pra executar aos comandos longe de casa.

Reforço os comentários dos colegas: eu adoro a integração entre todos os devices. Faz parecer que é tudo uma coisa só (e isso que nem estamos falando do Universal Control, que chegará no fim desse ano). Mas de fato, é pra quem quer se fechar nesse ecossistema. Pra quem não quer, o mercado tá cheio de opções que podem ser melhores pra uso X ou Y.

Não dá pra dizer que é terrível porque não se encaixou no seu perfil de uso. Mas também não significa que é pra todo mundo.

2 curtidas

Achei essas integrações legais, mas é tipo lampada RGB WiFi, você só usa ela quando seu amigo vai na sua casa, e mostra que consegue mudar de cor pela Alexa.

Ouvia tanta gente falando do “Ecossistema Apple” que pensei que realmente seria util… E nessas 3 ou 4 semanas que passei usando, não vi nada de mais… o Windows já fazia a mesma coisa com Word + OneDrive + Evernote.

Mas uma vez, repito que não estou desmerecendo o ecossistema da Apple… mas pra mim não serviu muito.

Vou tentar continuar usando ele nos finais de semana, ou quando o fluxo de demandas estiverem mais calmas aqui no trabalho.

Se não passo pra frente.

3 curtidas

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.