RecargaPay Prime+ muda limite para boleto e irrita clientes

Originally published at: https://tecnoblog.net/327828/recargapay-prime-muda-limite-para-boleto-irrita-clientes/

RecargaPay Prime+ diminui limite para pagar boletos sem taxas com cartão de crédito; valor máximo foi de R$ 5 mil para R$ 3 mil

Vamos ver se todas essas startups “cool” continuarão assim quando - ao invés de viver de ter milhões de clientes conquistados na base do cashback - precisarem cobrar os clientes para ter lucro dos milhões investidos.

9 Curtidas

Só uso esse aplicativo melindroso quando tem cupom de desconto em recarga ou pagamento. Aliás, esse RecargaPay sempre foi cheio de pegadinhas, eu só uso cartão virtual com limite definido pra não ter surpresas com cobranças indevidas.

2 Curtidas

Quando estourar essa bolha dos juros negativos nos países desenvolvidos e acabar essa onda de “cash burn” e empresas que não dão lucro vai ser uma quebradeira dessas startups aí que não está no mapa. Inclusive empresas grandes e até multinacionais que crescem com captação de dinheiro no mercado através da emissão de dívida vão pro buraco em pouco tempo!
É a limpeza natural dos grandes ciclos econômicos agindo e expurgando os excessos!

3 Curtidas

Agora ficou mais difícil fazer aquele esquema de rolar a dívida. :joy:

1 Curtida

Dentre todos os apps de pagamento disponíveis no Brasil, o Recarga Pay sempre foi o mais intragável e detestável de usar. Só o fato de EXIGIR vinculação obrigatória com o Facebook já é um abuso e absurdo total. É óbvio que não uso meu perfil verdadeiro nesse troço. O que eu puder preservar dos meus dados, eu preservo. E o que eu puder dificultar pra esses caras, eu dificulto. Só uso esse app em caso de necessidade extrema. E agora com esse episódio, mais um motivo pra continuar boicotando.

4 Curtidas

Sem dúvidas. Ele e o PicPay são os piores.

Por padrão, eles já colocam o seu boleto para dividir em 3x pra você pagar taxa. Um desavisado acabaria pagando nem saber.

Agora essa coisa idiota de dizer que tem pagamentos ilimitados, quando na verdade cobravam. É propaganda enganosa com certeza absoluta.

Além disso, em um grupo de Financias que estou vi muitos casos de pessoas comentando sobre a dificuldade em cancelar esse Prime+, que permanecia cobrando mesmo após a solicitação de saída.

4 Curtidas

Elas já cobram através das promoções e serviços cheias de pegadinhas, o bicho vai pegar o dia que o Procon bater na porta do Recarga Pay e PicPay.

Exato, essa de selecionar o parcelamento em 3x como padrão pra lucrar com juros é manjada, tem que ficar atento mesmo. E esses relatos do RecargaPay continuar cobrando o Prime+ mesmo após o cancelamanto já não é de hoje, é um dos motivos de recomendarem usar apenas cartão virtual no serviço.

Esses apps quando não oferecem cashback ou cupom de desconto não têm utilidade para mim, já que meu cartão de crédito não pontua em milhas, então ao menos para pagamento de contas e boletos, prefiro pagar no internet banking do meu banco mesmo.

1 Curtida

Recarga pay eu uso pra recarga somente, qd tem promoção de cashback.
Eu vi essa bobeira de vincular com conta de Facebook. É só pra ter conta verificada?
Como eu não tenho Facebook, nem teria como cadastrar.

Nunca usei nem pretendo usar esses apps pra postergar pagamento de boleto. Acho isso uma tremenda roubada e denota mais descontrole financeiro da pessoa.

1 Curtida

Como assim? Primeira vez que vejo alguém reclamando do PicPay? Nunca tive problemas. O que aconteceu?

1 Curtida

Sim, péssima forma de alocar recursos: tem-se uma crise, gera uma quebradeira indiscriminada que leva inclusive coisas com potencial. Passam-se alguns anos e os valores vão aumentando novamente até beirar o ridículo (alguém me explica essa Loft ser um unicórnio?) e depois que estoura minguam os investimentos novamente.

1 Curtida

Jhonny, não é PicPay, mas RecargaPay!

Esse app é mais picareta que tudo. No e-mail ele diz que os limites podem ser somados se duas pessoas dividirem o mesmo cartão ou dado de contato (telefone por exemplo), isso só pra atrair mais clientes pagantes. A questão é que eles podem muito bem, da noite pro dia, mudar o valor pra 1000 reais e voce fica com uma multa pra cancelar. Enfim, eu sou assinante e me lasquei. Já os processei, ganhei por revelia (se quer apareceram pra audiência de conciliação) e agora estão alegando absurdos. Todos devem processá-los mesmo, ou acionar o PROCON. Só não consigo cancelar agora por conta da multa. E o engraçado é que não há um contrato direto que possa consultar ou que você recebe ao assinar o serviço.

Ahhhhh e os 3000 não é a partir de Abril não, já está valendo (ao menos pra mim)

A minha pergunta é sobre o PicPay mesmo. O Vitor Gomes mencionou que RecargaPay e PicPay são os piores.

Para quem é comerciante o simples fato de ter surgido o cellcoin e o RecargaPay pra o comerciante ganhar uma % al fazer recargas de Telefone foi ótimo… Afinal de contas antes desses Aplicativos existir as farmácias e outros lugares colocavam crédito mas sem ganhar nada com isso… muitas lojas nem colocavam crédito… supermercados quase nenhum colocavam crédito em celular. E os poucos que colocavam era sem lucrar nada mesmo… daí hoje em dia toda lojinha bota crédito… todo supermercado coloca… tem API ja com integração aos software de farmácias e supermercados… enfim… cashback é pra isso… ser o lucro líquido de quem usar algo para servir a terceiros (clientes)… foi uma pena mesmo o cashback ter virado algo visado por filhinhos de papai e pior ainda isso de a própria empresa do app cobrar mensalidades… um absurdo isso… nao pago mais… e voltei a por crédito pra clientes usando métodos normais de bancos normais que ñ pagam nada ao comerciante… afinal a media de menos de 100 recargas que faço de clientes ñ me deu cachback que cobrisse nem mesmo os 10 reais desse mes de fevereiro… do prime que eu tava… tirei o prime então… sou comerciante do interior… 100 recargas feitas por mim pra 100 pessoas foi muita gente… poxa… 100 pessoas que cumprimentei… atendi… perdi meu tempo oferecendo a recarga… um sacrifício inutil pois não recebi nem 3 reais de CashBack o mes todo de mais de 100 recargas feitas… ainda paguei o prime por medo do juros ao passar de mil reais neh… e fiz mais de mi de gasto dessas mais de 100 recargas feitas… a maioria na minha cidade colocam 20 ou 25 reais… todo mundo usando prezao da claro ou algo de 25 reais da tim, oi ou vivo… meu cartão deu mais de 2 mil de gasto… por isso… dessas recargas que faço para terceiros… dai o app me obrigou a pagar o prime de 10 reais senão ia cobrar juros de mim ao eu usar mais de mil reais no mes… só que paguei o prime e a fatura do cartão… mas CashBack mesmo ñ recebi nada… nem dinheiro de quando amigos cria com meu convite ñ recebi e criei para as pessoas junto com a pessoa… ladinho com a pessoa… com meu convite… e ñ dão o dinheiro mais pra mim por as pessoas criar com meu link… so a pessoa que ganhar… eu ñ ganho mais… to ferrado mesmo viu… vou voltar a botar recarga de celular por app de bancos normais mesmo… que esses app de RecargaPay. Cellcoin e picpay tá todos 3 me roubando… quem é honesto e trabalhador essas merda rouba eu… ja os filhinho de papai que usa ato só pa ganhar pontos de cartão de crédito ou pra empunhar contas para frente esses o app não penalisa neh… e o RecargaPay agora se nega a receber todo e qualquer boleto do Bradesco… boletos da magazine luisa… e outros assim… eu nem posso pagar boleto mais de contas de terceiros por eu ser comerciante que o app ñ funciona mais pra isso…voltei a pagar boletos desses no banco normal mesmo… ou seja… ta horrivel de usar pra quem precisa trabalhar como eu

Diversos “apps” de pagamento estão reduzindo também o limite de boleto que você pode pagar. O mercado pago reduziu para 500. Se eu pago 2 boletos, 1 de 200 e outro de 300, ele reclama.
O AME também reduziu bastante.

O RecargaPay nunca tive boas experiências…

Uma amiga minha caiu nisso no primeiro pagamento dela com o Recarga Pay… Tentamos contato com eles por e-mail e nao responderam. Abri uma reclamação no reclame aqui, dai voltaram atrás. Isso foi só um dos problemas. Ela ja pagou boleto que não constou como pago, taxas não claras ou explicitas, que só apareceu após o pagamento, entre outros…

Agora com o PicPay nunca tive(mos) esse tipo de problema. De induzir a pessoa, como o Recarga fez. Na verdade, uso até bastante o Picpay e o mercado pago e sempre funcionou de boas, com clareza inclusive, com cobrança de taxas, caso você esteja ultrapassando um limite mensal ou algo assim.

1 Curtida

Nada de PROCON. O PROCON no máximo vai aplicar uma multa a ser paga para o governo. Procurem e juizado especial do consumidor e ingressem com uma ação de dano moral. Causa ganha e o dinheiro da indenização vai para vocês e não pro governo.