Provedor de internet infectou os próprios clientes com malware

1 Like

Se a moda pega hein. E nem precisa do app estar comprometido, basta um dos nós do Torresmo estar com malware para comprometer todos os demais

Caramba! Porém com certeza o que vai ocorrer é simples, vão pegar alguns funcionários de menor escalão e jogar a culpa como boi de piranha e quem realmente mandou fazer a merd@ vai ficar de boas…

Porém nesse caso espero que essa operadora tenha que pagar uma BOA multa realmente e ainda indenizar os usuários com x meses de serviço gratuito ou algo assim, para evitar que alguma outra empresa engraçadinha tente fazer o mesmo.

Outra coisa, se você provedor não consegue entregar banda para seus clientes, não venda planos de 1Gb, foque em planos de 50~100Mb e pronto. O que mais me da raiva é a galera querer vender planos de 1Gb, 2Gb, etc e querer que o usuário não use isso! Quem contrata planos grandes é porque vai mover GRANDE MASSA DE DADOS, caso contrário o usuário ficaria com planos mais básicos e acabou.

1 Like

é que se é maior é melhor

Mas assim, banda larga residencial não é link dedicado, mas falta clareza nisso, até na legislação.

2 Likes

Concordo plenamente vom você! No caso sou Consultor de TI e isso é uma das coisas que mais me da raiva de se ver!

Ao invés de entregarem qualidade de serviço ou de atendimento, os caras focam em colocar números maiores que são irreais de se entregar! Tenho um cliente que contratamos um link desses apenas para subir os backups do sistema dele pra nuvem e quase que é cancelado pois estavamos usando ‘demais’.

1 Like

E pensar que alguém na Coréia teve essa idéia de jerico…

Sim, sim, porém se a empresa não informa isso à fim de não espantar o usuário, não tem como o usuário saber. O usuário geralmente mal sabe o hardware que tem e como ele influencia no desempenho.

Chapéu de otario é marreta!

A operadora só entrou por que tinha regra pra ela entrar! Da wan não se deixa entrar nada! Sair sai tudo, e só entra respostas ao que se solicitou.