Processo acusa Sony de pagar salário menor a mulheres na divisão PlayStation

Por exemplo, em uma parte do processo, a autora contou que um dos gerentes se recusava a fechar as portas das salas se estivesse sozinho com uma mulher.

E qual é o problema disso? Manter a porta sempre aberta é uma boa forma de proteger a funcionária de assédios e o gerente de acusações de assédio.

2 curtidas

Eu tivesse uma empresa não queria mulheres nela, a porta aberta é uma ótima defesa contra denúncias caluniosas como essa.