Prefeitura de São Paulo quer colocar regras para dark kitchens

2 curtidas

Lembro de ter lido uma reportagem sobbre um problema parecido em Amsterdã, na Holanda. O problema lá eram as dark stores, que é a mesma coisa que dark kitchen mas ao invés de uma cozinha, é tipo um supermercado mesmo.
As reclamações eram basicamente as mesmas, excesso de barulho a qualquer hora e muita bike e moto paradas na frente por muito tempo pra pegar as compras.
Pro urbanismo atual, esse tipo de uso é complicado porque, além de ser novo (portanto sem nenhuma discussão a respeito), ele é basicamente uma propriedade comercial sem nenhum valor pro pedestre/motorista da cidade.

5 curtidas

Tenho discutido fortemente esse caso na prefeitura de São Paulo.

É um problema de toda grande cidade e vai ser atacado da forma que se faz com qualquer atividade de impacto.

O problema não é apenas a dark kitchen. Qualquer bairro cheio de bares e restaurantes passa pelos mesmos problemas.

Regras já existem, mas precisam ser adaptadas para o porte dessas cozinhas.

3 curtidas

Passei a “sofrer” dos mesmos males quando no térreo do prédio abriram uma pizzaria e depois um restaurante japonês. Ambos são comércios pequenos, a pizzaria inclusive, só atende delivery.

O problema com a pizzaria são os motoboys que passaram a estacionar lá. Certo período teve uma moto com um escapamento tão estridente que parecia que a moto tava na minha sala já que moro no segundo andar.

Com o restaurante japonês o problema foi o forte cheiro de peixe no início, mas parece que resolveram o problema, não sinto mais.

Costumo dizer que me tornei um velho de apartamento reclamão kkkkkkkk… Mas sim, há de regulamentar pra não (continuar) virar uma zona.

4 curtidas

Nem é ser velho. Suas reclamações são totalmente pertinentes.

2 curtidas

É que sei lá. Me incomoda? Muito, mas os caras tão trabalhando. Graças a Deus esse motoboy do escapamento barulhento não tá mais lá.

2 curtidas

Barulho tarde da noite ao lado da sua casa/apartamento é bem complicado mesmo, e o pior é que muitos lugares nem tentam controlar o barulho que produzem.

2 curtidas

Nem sabia da existência desse tipo de estabelecimento. Deve ser zoado morar ao lado de uma mesmo hehehe.

Editado aqui acabei de achar uma matéria em que a prefeitura propõe o fechamento entre 1h e 5h mas por que a prefeitura não obriga o fechamento entre 23h e 9 ou 10 hrs da manhã do dia seguinte? @imhotep

Porque São Paulo inicia o dia às 4 para o hipster que usa Ifood fazer seu pedido às 10.
Não tem como limitar assim.
O ideal seria de 1 às 4 realmente.

Esse horário pode variar em função do local onde está a cozinha.

Medidas de controle de ruído, odor etc existem para minimizar isso.

Mas sempre vai ter alguém se incomodando.
Viver numa cidade grande tem dessas coisas.

1 curtida

Eu já fico irritado com uma britadeira de madrugada fazendo barulho imagina um treco desse 24hrs ligado…

Meu sono e descanso são sagrados

Edit 2: Parece que a PMSP suspendeu novos alvarás por 60 dias ainda bem.

2 curtidas

Recomendo a leitura da segunda matéria do G1 linkada, esse nível de cozinha é industrial, bizarro ter isso no meio da cidade.

Bem isso mesmo, aqui atrás do apartamento tem uma academia que o barulho de som alto combinado com gritos é um incomodo. Mesmo com AC tem uma série de basculantes abertos ou com os vidros quebrados que torna praticamente em um ambiente aberto, e pra piorar ela fica atrás de uma casa entre meu prédio e outro, o que torna os dois prédios um duto de som.

1 curtida

Pra isso é q existem os zoneamentos.
Não é algo de outro mundo, desde q feito de forma decente.
O problema é que as pessoas ultrapassam a fronteira dos direitos dos outros e aí é q ocorrem essas situações.

O seu caso com a academia é bem típico (no bloco de trás do meu é supermercado e área de carga e descarga). Então não é bem a dark kitchen o problema - é todo mundo querer viver e trabalhar no mesmo lugar e aí criam-se os conflitos.

Um problema de difícil resolução, pois todo mundo acha q tem mais direito q o outro.

2 curtidas

É só caçar o alvará de funcionamento eo AVCB e lacrar a entrada com bloco de cimento que se resolve.

É o q se faz. Mas a prefeitura não tem fiscal suficiente pra toda a cidade.
Então, a prefeitura depende muito de denúncias para q se possa averiguar.

Aí é que está, fazer de forma descente, zoneamento de forma descente junto com as leis de urbanismo que possibilitem uma cidade com acesso a infraestrutura, pq zoneamento onde simplesmente coloca casa em uma lugar e estabelecimento em outro é horrível. Particularmente não vejo problema em ter estabelecimentos comerciais, até prefiro que tenha perto de casa, inclusive mesmo com esse barulho considero a qualidade de vida melhor do que no interior, onde a casa dos meus pais fica a uns 8 quarteirões de uma padaria e quase o dobro de um mercado ou farmácia, a distancia não seria tanto problema se não fosse as péssimas ruas.

Sendo justo, não só os estabelecimentos faltam estrutura, as casas segue o mesmo caminho, zero isolamento acústico e térmico, o que dificulta ter uma maior qualidade de vida.

2 curtidas

Sem nada a acrescentar. Totalmente de acordo com vc! As pessoas precisam ter o direito de morar perto do trabalho, perto do comércio, para q dependam menos de carro e gastem menos tempo de suas vidas se deslocando de casa pro trabalho.

3 curtidas

Também concordo mas precisa ter regras para não atrapalhar o descanso e gerar conflitos entre moradores e o comércio.

Mas tem regras…o problema é fazer com q as pessoas as cumpram…
Ser humano é a parte mais fraca desse elo…