Poucos mudam senha após vazamento de dados, aponta estudo

Originally published at: Poucos mudam senha após vazamento de dados, aponta estudo – Antivírus e Segurança – Tecnoblog

Pesquisa da Universidade Carnegie Mellon sugere que apenas 33% dos usuários mudam senhas em vazamentos

O raciocínio deve ser:
“Criar senha nova dá trabalho, lembrar um monte de senha dá trabalho, ficar criando uma nova entrada no gerenciador de senhas pra cada novo site dá trabalho, ficar abrindo o gerenciador de senhas dá trabalho, configurar o gerenciador de senhas dá trabalho.
Mais fácil usar a mesma senha em todos os serviços ou, no máximo, alternar entre duas ou três senhas diferentes para todos os serviços e pronto. Mesmo se minha senha vazar, a minha vai ser uma em um milhão, nunca que vão invadir especificamente a minha conta.”

Até que a caca acontece.

1 curtida

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.