PlayStation VR2 chega ao Brasil em fevereiro pelo preço de um PlayStation 5

Será que um dia ainda vai ser algo popular?
Eu não conheço nenhum amigo que tem VR, nem mesmo um amigo que tem uma pequena coleção de 12 consoles.

Sempre foi um nicho, estilo volantes e kinect.

Não é apenas uma questão de preço: a verdade que incomoda muita gente e que nem sempre é dita de maneira clara é que a experiência ainda tem muito para melhorar e se tornar atrativa.

É um trambolho grande e pesado que você tem que amarrar à sua cabeça. A qualidade do vídeo não é nada espetacular. Os ângulos de visão precisam aumentar para melhorar a imersão, mas com isso você introduz a dificuldade de manter em foco o que está sendo visualizado no momento. A precisão do tracking precisa melhorar bastante. E por aí vai…

Vai popularizar um dia? Só o tempo vai dizer, mas esses são só alguns pontos que precisam ser melhorados. Além de claro, o preço que precisa baixar muito, e o suporte que precisa ser dado por todo o ecossistema também.

1 curtida

Outro ponto problemático é: VR não tem muita opção de jogos pois não tem usuários e não tem muitos usuários pois não tem muita opção de jogos.

Geralmente quando mostram alguém usando VR é jogando aquele guitar hero com sabre de luz, parece que não tem nada mais interessante pra mostrar.
Dos vídeos que eu já vi, Half-life parece ser o único jogo VR realmente bom, mas ele não roda em qualquer óculos, pro PS VR do PS4 não está disponível.

Considerando que o primeiro custava quase um PS4 Pro na época (e mais q um Slim), não é de se espantar com o preço. Longe de ser barato, mas está dentro do q esperava.

Peor q eu tenho kkkkkk
Assim como volante, como o colega acima comentou.
Recentemente um amigo jogou no meu e gostou tanto que comprou um Quest pra ele.

Mas sim, é algo extremamente nichado, seja pelo preço, seja pela quantidade de títulos.
Posso contar nos dedos de uma mão jogos que eu REALMENTE joguei.

  • Beat saber, que é mto divertido com amigos, assim como guitar hero já foi.

  • Astrobot rescue mission, absolutamente maravilhoso. Bom jogo e com ótimo uso das propriedades VR da coisa e dos controles de movimento, se fizessem um Mario assim seria absoluto sucesso.

  • RE7, q é bom de ser jogado em VR, mas dado q vc fica sensivelmente mais lento, da pra notar que o jogo não foi feito pra ser jogado primariamente assim. Além de que jogar com direções “fixas” é irritante e no movimento “suave” eu fiquei bem nauseado. Mas mirar com a cabeça é maravilhoso.

  • Moss, o plataforma do ratinho. Também muito bom, tem uma historinha suficiente e faz bom uso do VR, mas bem menos que o astrobot.

  • Tetris effect: LSD em forma de jogo. Bastante relaxante e imersivo, de forma q nunca achei q tetris sequer poderia ser.

Me arrependo da compra? De jeito nenhum, joguei muito quando comprei ele, apesar de hoje estar completamente parado. Não me vejo comprando o VR2, gostei do 1 mas pelo uso que tem faz mto menos sentido pra mim do que um volante que costuma durar mais de um console e tem bem mais jogos compatíveis, ainda que sejam todos parecidos.

O q acho q vai matar o VR2 é q ele tem ZERO compatibilidade com os jogos já existentes. Então se o dev do jogo não fizer update de um jogo do PS4 pro PS5, vc não vai jogar no VR2, e teria q manter o VR1 pra poder jogar.
Pra variar sony dificultando a vida de todos XD

Fora q tem mto jogo q sai em um e não sai em outro.
Eu adoraria jogar RE4 VR, mas só tem no quest. Não vou comprar mais um headset pra um jogo.

Acho q é pq é o jogo mais multiplataforma de VR q tem, salvo engano. Até RE7 em VR é exclusivo no PSVR, se não me engano.

2 curtidas

Discordo totalmente, um META QUEST 2 é muito mais barato e a qualidade é excelente, um simples jogo de Ping Pong é bruxaria de tão bom, pra mim, ao experimentar me fez ter certeza que estava diante do próximo passo, o próximo salto nos jogos, deixou todas as maneiras anteriores de jogar pra trás. É sensacional.

do jeito que está, vendo que vai ser de nicho nos jogos e para shopping ou super nicho e ir para o pornô kkkk

vejo sendo mais desenvolvido nas áreas industriais, medicina e vendas

1 curtida

Tudo bem discordar. Mas a “excelente qualidade” é subjetiva, e depende da interpretação de cada um. Já o preço é bem objetivo, e me desculpa, mas R$ 3.000,00 não é pouco dinheiro nem nessa inflação.

2 curtidas

Claro. Só te digo que o negócio já ficou bom, não é aquela chinelagem das armações que tu encaixa o celular. Mesmo subjetivo a qualidade ( tipo comparar GTA5 no máximo com Cyberpunk no máximo e dizer que GTA5 tem péssima qualidade). Essa qualidade subjetiva vem junto com uma jogabilidade impressionante, eu cravo que chegamos no próximo passo dos jogos, é só o tempo do povo abstrair e começar a se organizar para essa outra facada de 3000. Normal, é caro, mas o povo acha espaço.