Pix Saque: Bradesco lança forma de retirada para 22 mil estabelecimentos

Pera, não sei se entendi. Vou entrar no estabelecimento, entrar na fila para pegar um QR, depois pegar outra fila para escanear o QR que o banco me deu para eu sacar o dinheiro?

Não sei se entendi direito, mas se for isso aí é confuso para cidadão comum. Resumindo, já nasceu morto.

1 curtida

Não, vai ser que nem pagar uma compra com o pix, vai ser exibido um QR Code no caixa da loja, ou como da a entender na noticia vai ser impressa por maquininhas de cartão, você vai ler o QR Code com o app do Bradesco e o lojista vai te entregar o dinheiro.

1 curtida

Ahh, sendo assim, menos mal.

Só de tentar estimular saque em dinheiro vivo, já é o puro suco de Bradesco - se faz de tecnológico, mas é extremamente burocrático e atrasado.

3 curtidas

Ué, mas eles só estão implementando (de maneira simplificada) o que o Banco Central criou, Pix Saque…

2 curtidas

Sim, mas dinheiro vivo é retrocesso, independente de uma parcela da população ter dificuldade com transações online.

O que a pandemia viabilizou, que foi a digitalização de uma parcela da população, deveria continuar a ser incentivado e não o contrário.

Até vendedor de bala no sinal aceita cartão e pix.

2 curtidas

Infelizmente dinheiro vivo é uma necessidade enquanto o governo não obrigar alguns serviços essenciais a aceitarem pagamento eletrônico, ainda é muito comum de se ver ônibus, pedágio, barcas e outras coisas que somente podem ser pagos em dinheiro (ou algum processo de recarga de cartão pré-pago proprietário e difícil de adquirir e recarregar).

1 curtida

Para isso primeiro as operadoras de celular teriam de ter um alcance verdadeiramente nacional e decente, pois não tem como usar os meios eletrônicos sem a boa e velha internet.

3 curtidas

Pix sem Internet mandou abraços.

Acho que o que pega é o custo de ter um smartphone. Muita gente não tem condições.

Não é sem internet realmente, pois o lojista ainda vai precisar ter.

Mas não para o cliente. Vai funcionar como qualquer cartão de débito.

Pedágio tu fica livre com as tags (muito mais pratico ) C6 banco da uma de graça, itau dando de graça e por ai vai.

Ônibus a maioria tem aqueles cartões (devia acabar com o dinheiro ali e todo mundo ter um cartão de transporte.

Barcas / balsas poderiam ter um cartão se for para pessoas e/ou usar as tags tipo pedágio seria show tb.

Somente bem recentemente que surgiram opções sem tarifas extras, mas mesmo assim, se eu troco de carro já fico sem a tag até a empresa que fornece ela ter a boa vontade de me enviar outra e atualizar a placa do carro, não é uma solução sem sofrimentos. Deveria ser obrigado eles aceitarem cartão de debito e pix.

De novo, tenta pegar um ônibus com aqueles cartões sem ser morador da cidade, em Porto Alegre levam umas 2 semanas pra confeccionar o cartão e tem só uns 4 pontos de recarga na cidade ou tem de pagar taxas pra recarregar pelo aplicativo.

Resumindo a tua resposta, tu sugeriu tudo que eu falei que era um problema e que não funcionava direito com sistemas pré-pagos que cobram taxas e difíceis de recarregar.

Bem ai nao sei a empresa que usa, mas pedi um adesivo novo do conectar desde quando pagava, sempre que ia trocar demorava 05 dias, as vezes quando ja planejava trocar pedia um alegando defeito e mandavam e continuava usando.