PinePhone Pro é um celular que vem com Linux e custa US$ 399

Interessante, mas oque eu espero de um celular desses é que venha com modo Desktop, pois caso contrario não há porque usar um Linux mais puro no lugar do android.

Tenho a impressão que já nasceu obsoleto. A ideia é até interessante mas não vi diferencial algum…

O diferencial principal é ser um sistema que não é nem Android nem iOS.

Rockchip RK3399S (2x Cortex-A72 + 4x Cortex-A53) com GPU Mali T860 de 500 MHz e incriveis 4 GB RAM @ 800MHz por 400 Bidens ou ~8k Pajés?

Ele tem modo desktop. Mas o desempenho não deve ser legal não. O Dex nos Samsung topo de linha já dão umas engasgadas, imagine na configuração básica desse celular.

US$400,00 por essas specs? Tem que ter muita coragem (e grana sobrando) ou ser muito entusiasta de Linux.

É mais que a proposta do PinePhone em geral não é exatamente a mesma de smartphones tradicionais.
O que o PinePhone quer ser é uma alternativa mais livre, que dá ao usuário um controle maior tanto do hardware (com o switch para desabilitar fisicamente algumas funções como câmera, wifi e bluetooth) quanto de software (permitindo que o usuário escolha qual sistema operacional quer rodar ou mesmo que desenvolva o seu próprio sistema).

Não é pra todo mundo. E sabendo disso a empresa não consegue vender mais barato porque não alcança economia de escala.

Tipo o Windows Phone? haha

Exato!