O desabafo de um lolzeiro: por que nos estressamos tanto com jogos online?

Acho que a galera é muito emocionada.
Jogo desde Quake via internet discada, e SEMPRE foi esse pisero generalizado.

Meu círculo social é basicamente de gamers, e no nosso server do Discord tem quase 200 pessoas, entre homens, mulheres, LGBTQQICAPF2K+, estudantes, mães e pais de família, etc. É um público diverso bagarai.

Dado esse panorama, ninguém nunca reclamou de ataques por parte de ninguém, todo mundo interage e da risada junto.
Mas, só tem gente madura que sabe separar a zoeira de ataques pessoais.

De resto:
image

4 curtidas

Por essas e outras que eu só jogo emuladores e jogos antigos em single-player.

Já tenho pouco tempo de tela para jogos e o que eu menos quero é passar meu tempo livre me incomodando com gamer.

Vida longa ao Single Player
Vida longa ao Single Player, modo companha, modo história e etc…
Não importa se é emulador, console o que seja.

Talvez, se for pra ser assim, que seja a party onde todos se conheçam e só. E olhe lá.

3 curtidas

Praticamente já desisti de jogos de equipes. Com tantos jogos single player divertidos, não tem porque se estressar.

3 curtidas

Até coop você tem chance de passar raiva, o pessoal que joga com mentalidade de competitivo sempre e esquece o time. Pra mim o que passo mais raiva é falta de comunicação ou não utilizar das informações passada.

Mesmo com tanta burrice no time eu não acho que vale sair xingando ninguém, principalmente desconhecidos. Por isso prefiro jogar com um grupo de amigos, resolve o problema de comunicação e pode xingar sem problemas, já que é só tirando um com o outro.

1 curtida

Pra mim, games foram, são e sempre serão lazer, entretenimento.

Pra me estressar, vou ver o noticiário político.
Pessoal não sabe curtir os momentos de lazer, talvez porque só façam isso.

5 curtidas

Otima matéria, me fez refletir bastante!
Vou fazer como vc aplicar ao máximo!

Olá, Doorspaulo! Tudo bem?

Queria dizer que discordo de você. Fico feliz em saber que sua comunidade aparenta ser harmônica. Entretanto, a questão é que o grupo do qual você participa não é parâmetro para como as pessoas devem se comportar/reagir às situações. Não é questão de maturidade. É questão de respeito e empatia. Talvez as pessoas do seu grupo não tenham percebido agressões como tal, apesar de sofrerem-nas.

Fique bem!

1 curtida

Como jogador de Magic: The Gathering desde 2013, compartilho desse sentimento. Apesar de nunca ter ido jogar nas lojas no Friday Night Magic (por falta de oportunidade e depois por opção), sei que a comunidade também é bem tóxica - vide comentários em torno da lista de cards banidos pelas artes. No on-line, quando havia a opção de bate-papo, conversei com muita gente legal do mundo todo, mas muita gente ruim também. Agora, no Magic Arena, não há essa opção - nos comunicamos apenas por frases prontas. E mesmo assim as pessoas conseguem ser tóxicas de alguma forma. Existe uma necessidade de repensar atitudes nesse espaço, mas as pessoas não querem. É triste.

Nunca tinha jogado online (sem amigos) com voice chat. Sempre joguei com meus amigos (GTA V, Splatoon 2, Rocket League, Mario Kart, Sea of Thieves) e sempre foi bem tranquilo. Há umas 3 semanas resolvi me aventurar no FPS pela primeira vez. Obviamente, sou péssimo, pois eu nunca tive contato com FPS, tampouco sou um PC Gamer, sempre joguei em console. Notei que as pessoas entram e algumas já entram estressadas - jogo Valorant e tem gente que já começa a reclamar mesmo no lobby, pedindo pra escolher logo o personagem. Raramente as pessoas cumprimentam a equipe, e ficam extremamente irritadas com qualquer erro, ou se você não conhece uma parte do mapa. O que acho mais curioso é que eu jogo unranked, e mesmo assim entram players com level 100+ por lá e ficam reclamando o tempo inteiro. Não consigo entender porque não jogam o ranqueado, pra ter um matchmaking melhor do nível que eles estão.

Esses dias, em uma partida, entrei num time e tinham 3 amigos juntos (ficavam conversando entre eles), na segunda rodada começaram a me xingar sem parar, por umas 10 rodadas seguidas xingavam absolutamente tudo, desde a compra das armas até o fim do round. Avisei que eu estava começando e ficaram falando pra eu desinstalar o jogo, etc. Apenas mutei todos e segui a vida. Na maioria das vezes eu não converso com ninguém (quando estou jogando sozinho), só me comunico quando estou entre amigos.

O problema de lidar com a toxicidade é que há muito pouco que você pode fazer para lidar com isso. Lidar com xingamentos é fácil, basta ignorar ou mutar o microfone do outro. Fácil, faço isso até hoje em outros jogos como no R6 Siege. Sempre tem um ou outro bobão pra ficar gritando a toa. No primeiro grito, é mute.
Eu joguei LoL de 2013 até 2019 (que foi quando eu comprei o R6), nunca tive uma suspensão na conta. Mas eu passava muito estresse com gente ferrando minha jogatina. Eu ali sempre tentando jogar o melhor possível pra treinar e os outros tirando onda porque era casual. Sendo que o propósito da casual é justamente treinar. Eu me cansei no dia que eu estava no partida que estava ganhando apesar de ter um a menos na equipe (quem joga sabe que acontece com frequência) e havia um casal na minha equipe, até que a garota fala que tem que sair porque o Uber chegou. Aí eu me revoltei. Que tipo de pessoa sabe que vai sair entra numa partida que pode durar de 20 a 70 minutos?
Enfim, acho que falta esforço em melhorar a comunidade.

Pelo menos no meu caso eu odeio ranqueado, se o pessoal é tóxico em partidas normais, com rank fica pior. Quero jogar só por jogar, e não tenho problema nenhum com novatos, inclusive até gosto certas vezes, o problema é quando o cara é novato e nem se esforça. Deixo de exemplo em Deep Rock Galactic (recomendo muito esse jogo), já joguei diversas partidas que tive que carregar algum novato, zero problemas pois ele tentava jogar

O problema é que alguns entram e não fazem nada, mesmo falando/digitando diversas pedido pra fazer o básico da classe não faz, esse tipo de gente é kick da sala certo, e olha que já teve gente que caiu de paraquedas e saber como funcionava nada do jogo e partida foi boa, fomos ensinando as mecânicas do jogo.

Ainda assim não vejo sentido abrir o mic/chat pra xingar, expulsa da sala e acabou. O único momento que xingo desconhecidos é quando eles começam, diversas vezes jogando Rocket League já teve gente que começa a xingar quando sabe que somos brasileiros, aí é o resto da partida tirando com os caras.

Parece que cada dia piora, as únicas que são ok são jogos com público muito limitado, por ter poucas pessoas ninguém falta com respeito com os outros.

você busca se divertir com essa atividade, mas por que tantas vezes ela acaba sendo mais uma fonte de estresse ?

Simples, você não é nem próximo de ser tão bom quanto pensa que é.

Por que nosso psicológico pode ser tão afetado por um “simples joguinho”?

Porque continua se enganando ao invés de assumir a realidade e se esforçar para melhorar. :V