Netflix suspende funcionária que apontou transfobia em especial de comédia

pior que deu vontade de ver só para ver quem esta com a razão, e eu nem sei quem é esse comediante já que não acompanho stand-up.

12 curtidas

Ele é bem famoso, é um dos maiores nomes do stand-up. Eu particularmente não consumo esses shows, então não opino muito. Mas garanto que isso só fez gerar o efeito Streisand, se não fosse pela polêmica eu nem ia saber desse especial dele.

4 curtidas

Cara… esse pessoal passou dos primeiros 10 minutos do especial? Eu nem vi o tempo passar… e foi mais de 1h de show… Não teve uma piada que poderia ou deveria ser considerada fala de ódio. Teve uma ou outra mais controversa, mas… nada tão pesado ao meu ver. (apesar de ele ter pego pesado)

Edit: Dave Chappelle Defended By Sisters Of His Trans Friend Mentioned In ‘The Closer’ – Deadline Spoiler: a Daphne se matou, o Dave ainda fez piada controversa sobre o assunto. Mas piada no estilo que ela gostava. Então não diria que foi tão fora do aceitável, apesar de provavelmente poder chocar os mais sensiveis com relação ao tema.

Partiu assistir “The Closer” :clap:t5::clap:t5::clap:t5::clap:t5:

3 curtidas

Vou ver esse show pra opinar.

2 curtidas

Muito chato mesmo, se ele chamou somente de sensível não foi nada pra alarde, é que esse pessoal se acham o máximo, senhores da razão.

1 curtida

não precisou esperar

2 curtidas

Huahuahuahua, tão bom ver essas gigantes virando janta do próprio monstro que alimentaram a vida toda…

7 curtidas

E descobrimos quem são os verdadeiros “conservadores”.

Não entendi, amigo.

Lacrou, manx

1 curtida

O problema é esse, se você não é uma pessoa trans, se sequer faz parte da comunidade LGBTQIA+, como vai opinar sobre algo que não tem vivência?

É a mesma coisa que eu, homem cisgênero falar que gravidez é simples, que o parto é tranquilo e durante todo o processo não existe 1% de dor.
Ou então é a mesma coisa de uma pessoa branca falar que não existe racismo, ou que os pretos estão sensíveis demais, que tudo não se passa de mimimi.

O mundo não está com mimimi, está com falta de pessoas empáticas, que não sabem se colocar no lugar de outras, e ao menos tentar entender o motivo de tal reclamação.

8 curtidas

Chappelle added that “gender is a fact” and that “every human being in this room, every human being on Earth, had to pass through the legs of a woman to be on Earth.”

Eu poderia discorrer sobre isso um monte, mas é fato que o cidadão em questão tem zero conhecimento de biologia, quando usa genitália pra definir gênero. Intersexo então nem deve existir pra ele.

2 curtidas

Imagina se todo mundo tivesse de policiar para não dizer absolutamente nada que possa ser ligeiramente ofensivo para qualquer um no mundo. Mesmo que não estejam na platéia ou sejam o público alvo… ao meu ver, desde que a pessoa não comece à incitar violência, espalhar fake news, espalhar dados alheios, colocar terceiros em risco, difamar e/ou ameaçar terceiros, já está bom.

Ps.: tu chegou à assistir o especial? Não é todo esse exagero.
A comédia do mundo seria extremamente chata se isso acontecesse… sério.

Acredito que ele queria dizer genero biológico… apesar de existir alguns/mas intersexo que tiveram filhos.

Lá vem os ABCDEQXYZ=% com os bordão pré-pronto somando à argumento tosco. Não gostou, não assina. Não assiste. Relaxa que eu assisto no seu lugar pra compensar, based Netflix.

2 curtidas

Vou te trazer um dado do mundo real, pessoas transgênero são mortas apenas por serem quem são. Igualmente pessoas negras.
Então direta ou indiretamente reforçar um “pensamento” mesmo que aparentemente inofensivo, é colocar um grupo em risco, pois eu, você e muitos outros podem nunca cometer um ato desse, mas não é assim com todo mundo.

Não assisti e nem vou, por motivos de (explicação no próximo parágrafo).

Ele quis dizer o que ele disse mesmo. Qualquer pessoa que fale isso não está nem aberta ao diálogo. Talvez ele não tenha feito a “piada” com maldade, mas do que eu li, ele não manifestou nem interesse em tentar entender qual é a reclamação sobre a fala dele. Mesmo tendo convicção que não errou, não tentou ouvir o outro lado, só soltou essa falácia que citei.

1 curtida

Mas ao não assistir você não estaria fazendo o mesmo? Afinal você não estaria indo atrás de saber toda a história se prendendo só a um lado da mesma.
E não vejo como falácia oque ele disse, afinal só pessoas que nasceram mulher e com útero tem condições de engravidar.

2 curtidas

Cara… Esse especial foi praticamente dedicado à amiga dele… aquela trangenero que se matou porque a própria comunidade LGBT(nãolembrooresto) começou à fazer bullying pesado com ela só pelo fato dela apoiar e gostar dos standups do Dave… Sim, a Daphne. E dá para perceber a amizade entre os dois só no jeito que ele fala. Não há malicia, não há preconceito. Só piadas entre amigos.

Mas sim, teve piada mais pesada. Foi direcionada à alguma pessoa exceto algumas que foram direcionadas à amiga dele? Não. Teve intenção de ofender? Não. Nem há entonação de deboche quando ele faz as piadas desse assunto.

1 curtida

Pera, você está comparando eu, uma pessoa individual, não assistir à um show, à uma pessoa pública atacar direta ou indiretamente toda uma comunidade de pessoas? Acho que está um pouco desbalanceado, não?

Aí é que você se engana, o gênero não está ligado à ter ou não tal órgão.
Homens podem ter útero, assim como mulheres podem não ter. Quem nasce com a Síndrome de Rokitansky então não pertencem a nenhum gênero?

Então, há muitos “erros” de todos os lados.
-A comunidade LGBTQIA+ errou ao atacar ela.
-Ele errou ao tornar público “piadas internas” e que só faziam sentido no contexto da amizade.
-E ela talvez também errou ao não perceber que de maneira mais ou menos grave, as “piadas” eram ofensivas. E isso é típico de todo mundo fazer, o famoso “passar pano” pra amigos e familiares, pois “ele não está fazendo isso por mal, é uma boa pessoa”.

De novo, eu não estou falando que ele está errado e ponto final, mas se vários grupos de pessoas estão analisando a fala dele como problemática, a única atitude esperada de uma pessoa empática seria dele ao menos falar “olha, se isso foi errado, vou querer aprender”. Mas não foi o caso.