Nespresso Vertuo Next: explorando o café espresso

Conectividade completamente inútil.
E mudaram o formato da cápsula só pra não terem concorrentes (por enquanto) como acontece na Nespresso original.

Pra quem não tem nenhuma pode ser uma opção, mas pra quem já tem uma Nespresso do modelo anterior, é dinheiro jogado fora, até porque esses cafés são apenas um quebra galho pro dia a dia (caro para o que oferece).
Quem realmente gosta de um café diferenciado, não vai se interessar ou, como no meu caso, só vai ter pela praticidade, já que existem cafés de melhor qualidade por aí.

3 Curtidas

Eu fico de cara como eles lançam variações dessas máquinas que, no fim das contas, fazem a mesma coisa. A Dolce Gusto, então, nem se fala.
Eu ainda prefiro o combo café especial + moedor + Aeropress, que te permite infinitas combinações no preparo.

Exatamente. Vendem um sistema gourmet para um café não premium. Fiz as contas esses dias e o kg do café em cápsulas sai a mais de 200 reais (dependendo da marca)!! A saca do arábica custa 870 reais (14,5 o Kg), antes da torra, claro. Essa manufatura do café aumenta demais o valor agregado, nem produtos industriais de ponta tem esse valor agregado! Eu particularmente não compro, prefiro comprar um pó (ou grão) de boa qualidade e preparar o café.

2 Curtidas

Ótimo review, gostei do vídeo bem feito, com cores agradáveis e também da sinceridade na avaliação! Abraço.

1 Curtida

Nunca tinha parado pra fazer essa conta. Portanto sai muito caro. Faz um tempo comprei um café microlote de uma cafeteria próxima, fermentado. Saiu 200 reais o quilo (50 reais 250g), mas assim, um café diferente de tudo que já tomei. No caso da Nespresso, além do custo mais caro do café, há o custo da máquina também.

Na minha opinião essas máquinas só fazem sentidos em locais onde fica inviável ou complicado o processo de fazer um café no modo tradicional, como escritórios sem uma copa decente, comércios que querem dar um agrado ao cliente sem ter precisar direcionar alguém para cuidar disso etc.

1 Curtida

Caro e barato são conceitos relativos.

Vc não está pagando caro pelo pó de café. Está pagando caro por um sistema onde o café vem numa cápsula, pela tecnologia envolvida nesse tipo de preparo de café e pela comodidade de ter um café, independente da qualidade, pronto na hora, sem sujeira.

O meu argumento é o café ser ruim mesmo. Não sou sommelier de café, mas gosto da bebida e experimento de tudo há muitos anos, desde o café requentado da padaria (arghh…) até cafés de micro-lotes, com torras diferentes e grãos diferentes. Com o passar do tempo a gente vai percebendo as diferenças e o que é um café bom e o que é um café ruim.

E apesar de o café da Nespresso fazer propaganda de q é um café de grãos do país A, B ou C, ainda assim é um café de menor qualidade.

Mas é prático, muito prático, para um escritório pequeno, etc. E é assim q eu o uso - como um equipamento de praticidade. Em casa ainda prefiro o café moído na hora, de um fornecedor mais qualificado, etc. Mas nas vacas magras tomei muito Pilão, Três Corações, etc. Faz parte…

Mas, como tudo na vida, é gosto pessoal. Tem quem não ligue pra essas coisas e simplesmente toma o q vier pela frente.

2 Curtidas

Sim, essa questão de “preço” e “valor” é bem famosa e discutida na área de economia. No caso eu dei a minha opinião sobre o quanto eu acho que vale. Isso do sistema ser automatizado é bacana, mas se eu vou pagar 4 reais em 80ml de café, eu também posso pagar 6 ou 7 num café de 200ml numa cafeteria perto de casa, com toda a comodidade, nem o copo eu vou ter que lavar e provavelmente será um café até mais saboroso. Acho que o mercado e as pessoas usam demais esse argumento da “comodidade” para justificar preços absurdos e preguiça ( 60% da população adulta do Brasil está acima do peso segundo o MS, dai a gente já tem uma ideia dos efeitos do excesso de comodidade). Além disso o Brasil é o maior produtor de café do mundo! Não faz sentido vc pagar 13x o valor de um café nacional, ao meu ver vc só está tirando mais dinheiro do país e mandando para a Nestlé na suíça (de um jeito meio extremista de se pensar na coisa, claro). A margem de lucro em cima disso é muito alta!

Eu não estou justificando. Quem justifica é a Nespresso. Essa é a linha de pensamento dela. Numa boa cafeteria em São Paulo vc vai pagar uns 10 reais num expresso mais ou menos.
Fato é q o café da Nespresso é ruim pra quem conhece de café um pouco. Isso pra mim faz do produto algo muito, mas muito caro!

Comodidade não diz respeito apenas à comida. Eu mesmo adoro cozinhar. Cozinho todo final de semana. Mas dá trabalho cozinhar e fazer algo bem feito.
Assim, eventualmente eu posso ir a um restaurante (fora da pandemia) e pagar “caro” pela comodidade de não ter q cozinhar em casa.
Te digo que em 90% das vezes minha comida sai melhor. Mas se é algo q eu não faço, tipo frutos do mar, vale a pena, primeiro pq não sei fazer, segundo pq dá mais trabalho ainda.
Comodidade é um fato, não é mera desculpa de economistas. Vc pode ir a um lugar a pé, de ônibus (lotado) ou de carro. De carro vai ser mais caro e mais confortável. Qual vc prefere? Vai depender da ocasião. Não existe almoço grátis. Vc pode achar um iPhone caro. Então é só não comprar.

Mas voltando à Nespresso, a classe média adora esse tipo de bugiganga, q facilite a vida de alguma forma. E tudo q facilita demais e é acessível, não vai ser necessariamente bom, como é o caso. O café continua sendo ruim…mas serve pra tomar em N ocasiões.

Nesses locais eu acredito que vale mesmo, até pelo retorno que o ambiente e o atendimento ao cliente pode trazer para a empresa, então o custo do café vai ser muito menor que o lucro obtido. Mas em casa eu já acho que não compensa, melhor ter uma maquina de café expresso que vc pode colocar o pó da sua escolha, é bastante pratica também e te permite fazer várias combinações, no longo prazo o CxB é maior.

Eu que tomo pouco café, estou sastifeito com a minha Dolce Gusto, tem bastante opções e quando quero café mesmo, faço no coador.

Nego tem que ser muito sequelado pra comprar uma maquina de café de capsula e pagar caro por algo que não custa nem R$10 pra fazer e dura mês dependendo do consumo

Bela Matéria Darlan.
Só queria colocar uma ressalva: Quando você dá-la sobre sentir falta de cafés com Leite ou coisas do tipo na Linha Nespresso, essa não é a pegada da Linha, a linha é única e exclusivamente para apreciadores de café puro, entao não tem por que por cápsulas com leite. Quem assim deseja vai de Dolce Gusto mesmo como você falou no vídeo. No mais, mais uma excelente apresentação.

2 Curtidas

SUGESTÃO A NESPRESSO:

  1. Integra a conectividade com os aplicativos de SAÚDE da Apple e Android. Essa máquina tem capacidade de identificar a cápsula inserida, a quantidade de cafeína de cada uma, o volume de água utilizado. Pode enviar diariamente para o APP DE SAÚDE a quantidade de cafeína ingerida pela pessoa.

  2. Explora mais a automação residencial. Permita controlar remotamente e/ou preparar a máquina e agendar um horário para extrair o café, por exemplo, de manhã cedo, junto com rotinas de tocar alarme, ascender luzes, abrir cortinas e preparar o café. Seria ótimo.