Não vamos reduzir o preço do celular, diz chefe da indústria; saiba motivo

2 Likes

Declarações como esta que me deixam puto da cabeça! O que esse senhor acha? Colocar a culpa toda no custo Brasil é a solução? Se cortar os impostos hoje aposto que vão inventar alguma outra coisa para não baixar o preço e maximizar o lucro. Esse papo de coitadinho do empresário é velha e á não cola mais, ele vai precarizar o trabalhador e aumentar o seu lucro a todo custo. Vá a m#@d@!

35 Likes

Basta fazer um paralelo com outro setor: já está a ANFAVEA querendo que a taxação de veículos importados suba imediatamente (sem o aumento gradual do projeto inicial). Ou seja, em vez de quererem derrubar o preço pra manter competitividade (fzd, por exemplo, o Kwid elétrico custar menos, pra poder rivalizar com o Dolphin Mini importado), preferem aumentar o imposto da concorrência, pra eles não terem que reduzir suas margens de lucro.
O mercado mobile é basicamente um reflexo disso, é mais conveniente pra marcas que produzem no Brasil (Motorola, Samsung, e em pequeno volume, a Apple), culpar os impostos, do que tentar oferecer competitividade!!!

18 Likes

É ou não é um grande fdp? Como que cobrar 37% sobre o valor de um celular não é abuso?

Nos EUA, a taxa não ultrapassa os 13%, e em alguns países de primeiro mundo o percentual é inferior aos 20%.

Como se não bastasse ter que lidar com tantos impostos, o cidadão (pobre, obviamente) ainda precisa fazer malabarismo nas contas de casa enquanto vê seu dinheiro descer pelo ralo com a maldita inflação.

8 Likes

Se as pessoas se dessem ao trabalho de ler o rodapé da NFe tomariam um susto com a quantidade de imposto. O custo Brasil é no mínimo obsceno.

Eu NUNCA culpo a empresa pelo valor que ela cobra. Isso sequer faz sentido do ponto de vista mercadológico. Quem define o mercado e o valor do produto são os consumidores, SEMPRE. Empresas abrem e fecham todo dia devido as escolhas dos consumidores.

Se os consumidores pagam X em um produto logo estão dizendo a empresa que o produto X vale o preço que ela cobra. O consumidor tem a opção de 1. Não comprar. 2. Comprar um modelo que ele considera adequado. 3. Comprar na concorrência.

Só não dá para achar que as empresas são mercenárias por cobrarem um valor que outras pessoas estão dispostas a pagar e você não. Para além disso empresa não são instituições filantrópicas, elas precisam lucrar, tem custos a pagar, impostos a pagar e acionistas para dar satisfações.

Agora imposto elevado é sim uma forma brutal e desleal de achacar o brasileiro. E a razão disso é muito simples: você não tem a opção de NÃO pagar imposto abusivo ou estará incorrendo no crime de sonegação fiscal. Pq? Pq um grupo de burocratas lá em Brasília acha que você tem que pagar cada vez mais para sustentar uma máquina pública grotesca ainda que isso custe reduzir seu poder de compra e tornar você mais financeiramente mais pobre.

9 Likes

Sua colocação não encontra respaldo na lógica e a culpa é do Estado/Governo.

Empresario é um cidadão que busca ganhar dinheiro lucrando, e quanto mais vendas ele fizer maior o lucro então ele vai querer vender o máximo possível.

Por isso o capitalismo é bom e funciona melhor que qualquer outro tipo de sistema já inventado.

A vontade de todo e qualquer empresario é vender e vender muito e para lucrar e para vender muito o preço tem que ser bom, por isso o importante é além de ter o mínimo de impostos possível para quem produz e vende, abrir para a concorrência para ter competição, assim faz com que todos saiam ganhando, pois serão sempre forçados a baixar o preço cada vez mais.

Mas talvez vc não concorde pq a cultura divulgada pelo governo e em nosso país é que o ‘inimigo’ é o empresário e assim consegue ludibriar a população, principalmente os mais humildes e sem conhecimento, e assim se perpetuar no poder para conseguir cada vez arrancar dinheiro do povo trabalhador.

Os povos mais evoluídos que entenderam isso, hoje vivem bem e não no esgoto em que vivemos, sem saneamento básico, sem saúde, sem educação, sem segurança, país com cidades e bairros feios, favelas entre diversas outras mazelas.

8 Likes

Sim, todo chefe de associação e/ou empresa grande acha isso.
E como já sabem que esse papo de “é td culpa do imposto” é bem aceito pela maioria (vide colega no comentário acima do meu), eles continuam repetindo.

Lembram da sony alegando q o PS4 de 4k em 2013 era por culpa de imposto com um gráfico merdinha? Então…

Esse papo de margem apertada é a maior mentira q esse povo conta.

Sempre vão. Vide montadoras por aí que abaixaram 90 reais em SETENTA MIL quando reduziram o IPI, mas quando subiu eles aumentaram o carro em 1k. Inocente esse povo que acha q redução de imposto significa redução proporcional do preço.

Tudo que as empresas dessas associações não querem. Vide exemplo da ANFAVEA que o @LucasMiller deu ali em cima.

Uma coisa é você achar q aqui essas coisas são piores que em outros lugares, outra coisa é ser inocente e achar q isso SÓ existe aqui.
Olhe detroit, por exemplo.

12 Likes

Então a carga tributária é justa?

Então os consumidores deveriam dar a resposta: não comprar e forçar que o governo faça uma reforma tributária de verdade… mas é mais fácil apenas culpar o mensageiro e não entender as entrelinhas e as linhas pequenas que estão nos rodapés das notas fiscais com os valores absurdos de impostos pagos em cada aparelho celular.

2 Likes

Se a margem é apertada ou não isso é irrelevante. Em última instância o lucro é definido pelos consumidores uma vez que as pessoas têm a escolha de não comprar ou adquirir outro produto que ela considera condizente com o valor cobrado.

Se a empresa cobra 1.000,00 livre de impostos em um produto e você compra mesmo sabendo que é caro, mesmo sabendo que há outras opções e mesmo sabendo que o produto não vale esse preço o problema não está nela.

As empresas são livres para determinar o valor pelo qual o somatório das pessoas estão dispostas a pagar e você está livre para não comprar se julgar que o produto não vale os seus 1.000,00 reais.

Com toda certeza absoluta a altíssima carga de imposto é o que torna o brasileiro ainda mais pobre. Sequer cabe argumento contrário basta uma rápida consulta a nota fiscal.

4 Likes

O problema nesse caso é que aqui na gloriosa Banânia, em tudo precisamos gastar dinheiro tem imposto e o mesmo imposto específico abrange uma renca de produtos e serviços que não são necessariamente exclusivos entre si.

Por exemplo, o mesmo ICMS que está no sendo cobrado no preço do smartphone, que mesmo com os modelos mais capengas um monte de gente adora encher a boca para falar que é um bem supérfluo e que poderia ser muito bem utilizado como elemento de boicote para um protesto, também está sendo cobrado na sua energia elétrica, na sua água, na sua comida…

Pelo o que eu saiba, pobre e até mesmo classe média não fica comprando um smartphone por mês para considerarmos a arrecadação de impostos deste bem uma constante na vida desta gente, e eu duvido piamente que estes bens de consumo são as principais fontes de arrecadação para motivar que os impostos que temos sejam tão altos. Aí nesse cenário, como é que fica? A gente tem que viver como miseráveis e nos privar de banho quente e viver a caldo de osso para fazer tal protesto valer?

A esta altura do campeonato, o cenário dos impostos do Brasil se equivalem a uma verdadeira máfia, puxando todos nós pela coleira visto que esta “taxa de proteção” está impregnada até mesmo nos bens e serviços que utilizamos para sobreviver: “ou paga, ou tua vida vai ser bastante miserável”. E honestamente, não vai ser boicote que vai ajudar a resolver isso, mas um verdadeiro expurgo da casta política, uma ideia fora de cogitação em terras onde o ídolo do populismo domina o propósito de vida de muito brasileiro desde cedo.

5 Likes

Exatamente amigo, concordo com você!!!

Mais uma vez, usando um carro como exemplo, é igual a Stellantis quando lançou o Jeep Compass 4XE (híbrido plug-in) por absurdos R$349.990 alegando o alto custo de importação, por vir da Europa (Itália); mas foi só chegar os híbridos plug-in Chineses da BYD, GWM e da Sino-Brasileira CaoaChery, que magicamente a Jeep deu descontos de até 100 MIL REAIS no modelo!!! Ou seja, a margem “apertada de lucro”, era só mais de R$100.000,00 kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

15 Likes

Só lembrando que o EUA pratica o protecionismo no seu mercado sempre! Liberalismo para os outros e pras grandes empresas que fazem lobby com os políticos. Veja como anda as operadoras de celular lá… nem vou entrar no assunto de direito do consumidor porque lá é uma ■■■■■.

5 Likes

Volta pro mundo das ideias porque a realidade é que o mercado nunca se auto regulou, o governo vive salvando empresas gigantescas de quebrar.
As instituições filantrópicas são armas para lavar a imagem de empresas e pessoas que vc não compraria nem um carro usado ( vide Bill Gates ).
Esse papinho de imposto é roubo só aquele maluco que se acha templário acredita. Gosto de pagar imposto, não! mas não vivo sozinho e uso os serviços públicos. Isso não quer dizer que a nossa carga tributária é justa ou que as grandes empresas do Brasil formam um cartel.

16 Likes

Olha, poucas vezes vi alguém tão disposto a imitar o vídeo do Edu Falaschi com tanta alegria. Parabéns

4 Likes

Brasil é praticamente um estado coordenado de traficantes com terno e gravata, e as empresas gigante tão adorando brincar de fazer o trabalhador trabalhar ainda mais pra conseguir uma coisa que, em outros países, seria feito em um mês.
Eu só gostaria que tivesse uma solução para esse país, eu amo cada pedaço desse lugar, é um lugar abençoado que não tem terremotos, furações, tsunamis e etc.
Mas em contrapartida, é violento, corrupto, e não há um nítido futuro brilhante para nós.

Eu acho isso triste, e a mídia (não falo das TVs, e sim redes sociais) moldaram as últimas décadas para serem polarizadas e o povo brigar entre si, coisa que não deveria acontecer.
Manipulação a todo lado, impostos subindo, mais polarização e raiva entre os dois lados, e no final empresários continuam enchendo o bolso com o nossos impostos e dinheiro suado, que sequer retorna para a sociedade de forma plena.

A cada ano e notícia que passa, mais eu fico desacreditado que esse país ira ter uma mudança eu possa realmente beneficiar o país.

Eu espero conseguir logo terminar faculdade e cursos para ir para um país com custo de vida melhor e impostos baixos, já que aqui, nessa terra abençoada, foi amaldiçoada pelos governantes.

6 Likes

O mercado cinza de celulares Xiaomi, Realme e outros agradecem demais declarações como essa.
Brigam pra taxar compras pq dizem perder competitividade, mas não são capazes de brigar pra diminuir os impostos dos seus produtos. Assim, podem ter muito lucro e jogar a culpa no “custo Brasil”.
Por isso tem gente preferindo comprar no mercado cinza ou mesmo encarar a taxa, do que comprar aqui no Brasil.

3 Likes

Eu vou comentar uma entrevista que vi dia desses com o CEO do Grupo Soma (Hering, Animale, Farm, Arezzo, entre outras marcas).

Nessa entrevista ele disse, sem constrangimento, que ano passado aumentaram com sucesso a margem de lucro para 26% e que irão continuar aumentando enquanto o consumidor brasileiro “absorver” os aumentos.

Detalhe: na mesma entrevista ele citou que no exterior a concorrência é maior e a margem de lucro das lojas do grupo é 8%.

:clown_face:

11 Likes

Isso foge da realidade, toda empresa prioriza o lucro. Se tirar o imposto ele vão manter o mesmo preço. Imposto é caro, sim é mesmo, mas os preços dos smartphones são caros pq eles sabem que tem otários para pagar.
Isso de margem apertada não rola, pq se a demanda diminuir o preço cai e eles tem lucro do mesmo jeito.

6 Likes