N26 está enfim chegando ao Brasil para brigar com Nubank e outras fintechs

1 curtida

Duvido.

Provavelmente é igual o James Webb: promete, promete e promete, e decepciona. :joy:

1 curtida

Porém, haverá cobrança de R$ 25 para a segunda via do cartão físico e para avaliação emergencial de crédito. Saques também serão tarifados: R$ 6,50 por operação.

Hm, vejo a mesma ideia do Nubank, até no discurso. Diz que vai “inovar” no controle de finanças, mas vai ter que se esforçar muito pra ser a diferentona e não ficar só no discurso de muitas que já existem aqui.

6 curtidas

Mais fácil o Nubank ir pra Europa e dominar o mercado lá do que essa N26 conseguir crescer aqui.
Nubank já está muito consolidado e os usuários que a Nubank não pegou, outros bancos como Inter e C6 já pegaram.

6 curtidas

Não fala isso cara, James Webb agora vai :crossed_fingers: :sweat_smile:

Demorou muito. Perdeu mercado.
Vários bancos, cartões com cashback, pontuação, saques grátis.

Ainda mais com pix. Já “nasceu” natimorto

3 curtidas

O N26 ainda tem um bom público em potencial aqui, mas vai ter que correr atrás do tempo perdido.
Demoraram muitoooo para atuar no Brasil.
Para mim, o único jeito de abocanharem uma boa parte de clientes por aqui é oferecendo sua conta em Euro para brasileiros, sem gambiaras (como é hoje). E segundo o suporte deles que já opera no Brasil, eles não tem a menor intenção de fazer isso.
Vão acabar trazendo os mesmo serviços que os outros bancos digitais já oferecem e com modalidades pagas ainda. Vão tomar na cabeça rapidinho.

4 curtidas

Na minha opinião perderam totalmente o timing. Demorou muito. Eu nem lembrava mais deles de tanto que demoraram.

Teriam que começar com uma campanha de marketing PESADA.

6 curtidas

Discurso mais do mesmo. Mas na boa, vão ter que comer muito arroz e feijão pra conseguir uma migalha da concorrência.

4 curtidas

Se bobear é mais fácil a Nubank comprar eles e já começar na Europa com pé direito.

Também enxergo como um diferencial super interessante, nenhuma outra fintech daqui oferece algo do tipo grátis, daria para ser um recurso chamativo perfeito para viajantes, investidores e comerciantes.

Assino embaixo junto com os demais aqui do tópico, o mercado brasileiro hoje está imundado de contas digitais, oferecer só o básico de graça não é mais um diferencial quando a maioria já o faz.

2 curtidas

Por ser um serviço de origem alemão, talvez eles consigam inovar com um bom serviço de atendimento ao cliente. Estamos em falta disso no Brasil :roll_eyes:

1 curtida

Tem Nomad e Avenue pra quem quer conta nos EUA com Apple Pay, nomad até começou a enviar cartão de débito físico (pra quando não aceitar Apple Pay, ou pra usar nos caixas eletrônicos).

C6 apesar de não ser conta nos EUA, é em dólar (Ilhas Cayman) e acho que também devem estar começando a abrir contas em euro :man_shrugging:t2:

N26 chegou muito tarde e se não chegar chegando, se forem tímidos vão nadar pra morrer na praia.

Com um cartão feio desses? Melhor não vir

1 curtida