Mercado Livre: clientes denunciam fraude em contas criadas usando seus CPFs

2 curtidas

Vai no Procon, explica o caso. Se complicarem explica que quer fazer uma aposta na mega sena online, do Governo Federal, e não pode utilizar o serviço (sena online apenas aceita mercado pago para pagar, agora bloqueado), portanto o mercado pago não pode bloquear sua conta por erro deles.
Mais ou menos assim eu consegui liberar minha conta em uma semana no passado.

4 curtidas

Mais um caso do estado ter de se meter pra regular o mercado pq o livre mercado só faz merda.

Deviam criar um precedente automático, 100 mil de indenização pra casos assim, rapidinho o mercado livre resolve essa bagunca de cadastros.

8 curtidas

5 mil mais ou menos

Na real tanto o estado quanto pessoas pertence as grandes corpora√ß√Ķes que fazem tumultos dividir ora conquistar esta √© a regra deles, e claro politicos sao fantoches da lei.
Ja viu o Eua fazer algo sem autorização da blackrock kkk

1 curtida

Todos os jogos da Caixa na plataforma online, só aceitam pagamento em cartão de crédito, que pode ser de qualquer operadora. No entanto, pelo que sei, o Mercado Pago é quem faz o processamento. Inclusive, o resgate de prêmios de valores mais baixos, pode ser feito na conta do MP (incrível a Caixa não ter um sistema que permita receber na própria conta).

1 curtida

Ah pois é, nessas horas o liberal vai no procon, pequenas causas e tudo o mais que o papai estado proporciona.

No caso dessa empresa o livre mercado tá até no nome, é tão livre que até permitem mais de uma conta com o mesmo CPF…

4 curtidas

O Tecnoblog testou e comprovou: é mesmo possível abrir mais de uma conta por CPF no Mercado Livre. O sistema não confere se há outro registro com o mesmo documento, ao contrário do que outros sites costumam fazer.

Sério, quem achou que esse recurso era uma bom idéia? Porque alguém teria várias contas com o mesmo CPF?

O Mercado Livre devia limitar isso para ontem, não só abre possibilidades para golpes, como é um erro de projeto escancarado.

O Estado não precisa existir e nem ter que regular nada. Mas como ele existe e regula, então que faça isso pelo menos direito, com a justiça sendo usada para devolver as contas legítimas e penalizando quem fez o uso indevido.

Quanto ao livre mercado, você ainda tem outras lojas online para usar, pior se o Mercado Livre fosse um monopólio garantido pelo Estado, ai você com a conta banida não teria nenhuma outra alternativa e nem poderia recorrer a justiça.

Num cen√°rio sem o Estado, o Mercado Livre provavelmente sofreria boicotes de usu√°rios e puni√ß√Ķes de institui√ß√Ķes e organiza√ß√Ķes privadas, motivando-o a tomar provid√™ncias para resolver o problema o mais breve poss√≠vel.

A diferen√ßa disso para o que temos hoje √© o grau de descentraliza√ß√£o, que resultariam em a√ß√Ķes distintas para resolver um mesmo problema, o que n√£o ocorre no modelo estatal atual.

Se não há outra alternativa, você vai fazer o quê? Enquanto se está dentro do Estado, ou joga o game dele ou você morre em algum nível por não seguir suas regras.

Como a justiça é um monopólio estatal, não da para você simplesmente querer a aplicar a mesma lógica de uma sociedade sem o Estado, porque ela simplesmente não funcionará.

1 curtida

Não tinha pessoa reportando isso na comunidade à uns meses atrás?

2 curtidas

Sim, est√° no segundo par√°grafo:

Quem trouxe essa história foi o leitor Samuel Diniz Casimiro, que publicou seu relato na Comunidade do Tecnoblog. Ele diz que outra pessoa abriu uma conta no Mercado Livre usando seu CPF e praticou diversas fraudes.

3 curtidas

N√£o entendi onde o estado impede esses boicotes e puni√ß√Ķes de organiza√ß√Ķes privadas?

2 curtidas

Rodrigo, essa ideia de que o liberal n√£o devia acessar o Estado n√£o faz muito sentido. Embora o libert√°rio n√£o queria Estado nenhum, o liberal normalmente (pelo menos os que eu vejo) se aproxima mais de um minarquista, que aceita um estado m√≠nimo(normalmente sa√ļde, educa√ß√£o e seguran√ßa, podendo os 2 primeiros ser via voucher). A seguran√ßa inclui media√ß√£o de conflitos. Nunca vi nenhum liberal defender que livre mercado √© perfeito.

E a pessoa querer acessar sa√ļde e educa√ß√£o que ele j√° pagou car√≠ssimo via impostos tamb√©m n√£o me parece ser nenhum absurdo.

Agora a minha d√ļvida maior √©: na sua vis√£o o Estado funciona bem? Ou de alguma forma voc√™ acredita que poderia funcionar bem com uma boa gest√£o? Acha isso vi√°vel?

Qual nota você daria para o Estado que te atende onde você está hoje e qual nota você daria para os políticos que te atendem hoje?

4 curtidas

De fato o boicote existe hoje, e qualquer um é livre para faze-lo, mas há pouco efeito prático na maioria dos casos.

J√° numa sociedade livre, onde n√£o h√° monop√≥lio da justi√ßa, poder√≠amos ter tribunais diferentes competindo por uma resolu√ß√£o mais justa, que poderia resultar em multas, indeniza√ß√Ķes, suspens√Ķes, etc para que casos assim fossem resolvidos o mais breve poss√≠vel.

Nossa, eu li tudo e passei batido pelo paragrafo… (e eu achando que a anestesia no dente não tinha me afetado… hahaha)

Sempre achei estranho esse processo usando Mercado Pago, que √© uma empresa privada. As Loterias s√£o da Caixa Econ√īmica Federal, logo a pessoa deveria receber por l√°, nem que fosse pelo aplicativo Caixa Tem.

1 curtida

Já disponibilizei aí MercadoLivre uma base de 4 mil contas que foram criadas por golpistas, mas eles fazem vista grossa.

Os golpistas utilizam-se de alguns (vários) métodos para cadastrar contas falsas utilizando CPFs de terceiros.
Algumas das portas de entrada:

  • Compra de informa√ß√Ķes de pessoas em situa√ß√£o de vulnerabilidade, usu√°rios de drogas ou pessoas muito leigas.

  • Falso correspondente banc√°rio: Grupos que realizam o golpe de falso empr√©stimo banc√°rio (basta dar um google com os termos ‚Äúempr√©stimo negativados‚ÄĚ ou ‚Äúempr√©stimo sem comprova√ß√£o de renda‚ÄĚ que vai achar p√°ginas aos montes que aplicam isso. S√£o aqueles golpes em que a v√≠tima, desesperada por dinheiro, preenche e assina documentos, digitaliza e manda pro golpista, que est√° se passando por agente banc√°rio. E em seguida, ap√≥s receber os documentos, passam a pedir o pagamento de taxas para liberar o empr√©stimo. Mesmo que a v√≠tima n√£o pague a taxa, parte do golpe j√° foi, que √© o acesso √†s informa√ß√Ķes pessoais da v√≠tima, utilizada para criar contas nos marketplaces e tamb√©m solicitar empr√©stimos ‚Äď agora sim ‚Äď de agentes banc√°rios (aqui fica uma dica: deixe bloqueada a consulta ao seu score no serasa).

  • OLX: o golpista acessa ao an√ļncio de algu√©m neste site e pede para criar um an√ļncio no Mercadolivre, para pagar por l√°. A√≠ pergunta qual o email do vendedor, para localizar o an√ļncio, e depois fala que n√£o localizou o an√ļncio pelo email, pedindo ent√£o o link do an√ļncio. O que acontece a partir daqui: O golpista pode enviar diferentes e-mails para o vendedor da olx (a v√≠tima). Pode enviar um email fingindo ser a confirma√ß√£o do pagamento, e assim tentando convencer a v√≠tima a enviar o produto; Pode tamb√©m - e aqui fica o destaque ‚Äď entrar em contato com a v√≠tima, via Whatsapp utilizando a logo do Mercadopago/Mercadolivre, fingindo ser um funcion√°rio do Mercadolivre e pedindo para confirmar dados. Um destes dados √© um c√≥digo de valida√ß√£o. Este c√≥digo √©, na verdade, o c√≥digo de troca de senha da conta da v√≠tima. Quando ela (a v√≠tima) envia para o fraudador fingindo ser operador do Mercadolivre, ele troca a senha da conta da v√≠tima, e inicia aqui uma s√©rie de fraudes.

  • Instagram: Voc√™ provavelmente j√° foi v√≠tima, ou conheceu algu√©m que teve a conta ‚Äúhackeada‚ÄĚ. Como funciona: O golpista sempre come√ßa ou de uma conta fake, ou de uma conta que acabou invadindo com o acesso ao email da v√≠tima (via uma das situa√ß√Ķes acima, ou qualquer outra). Ent√£o, como a v√≠tima dona de uma conta no Instagram conta com certa quantidade de seguidores, e segue algumas pessoas (isso pode significar centenas ou milhares de pessoas), o golpista ent√£o apaga todas as postagens do instagram da v√≠tima e faz diversas postagens sobre algum tipo de com√©rcio, geralmente algo da regi√£o em que mora a v√≠tima. Por exemplo: ap√≥s apagar as postagens pessoais da v√≠tima, altera o nome de usu√°rio e informa√ß√Ķes do perfil para uma pousada muito popular na regi√£o em que mora a v√≠tima, e provavelmente seus seguidores. Com isso, passa a entrar em contato com os seguidores e a enviar promo√ß√Ķes. Da√≠ temos as pr√≥ximas v√≠timas: os seguidores. As promo√ß√Ķes geralmente incluem falar ‚Äúnotamos que voc√™ nos segue h√° algum tempo, e por isso vamos lhe dar um desconto‚ÄĚ, ou convidar para um sorteio. √Č sempre algo muito, mas muito convidativo. A tentativa de golpe fica clara quando pedem as seguintes informa√ß√Ķes: nome completo, data de nascimento, cpf e email.
    Com estas informa√ß√Ķes em m√£os, j√° h√° aqui uma porta de entrada para as diversas op√ß√Ķes mencionadas acima. E aqui tamb√©m a suposta pousada pede para confirmar um c√≥digo para validar o cadastro no sorteio/promo√ß√£o. O c√≥digo chega por sms para a nova v√≠tima, e, adivinhem? Sim, √© o c√≥digo de troca de senha da conta do Instagram.
    A partir daqui temos uma conta fresquinha para repetir este mesmo golpe com outros novos seguidores. Com estas informa√ß√Ķes, tamb√©m √© poss√≠vel tentar vender coisas para os seguidores, fingindo se passar pela v√≠tima, e, quando isso n√£o funcionar mais, tornar a conta da v√≠tima uma conta falsa de algum estabelecimento comercial popular e ent√£o reaplicar os golpes. Ah, e claro, lembrando que ali em cima o golpista j√° pegou nome completo, email, cpf e data de nascimento, tudo que era necess√°rio para criar uma conta no Mercadopago/Mercadolivre e aplicar outros tipos de golpes.

Venda falsa ‚Äď Parte 1: √Č o mais popular dos golpes. Anunciam qualquer produto, e aqui refor√ßo os olhos para eletrodom√©sticos e eletr√īnicos, pois s√£o os dois nichos mais populares dos marketplaces. E entenda aqui popular como sendo o que √© mais procurado entre pessoas mais leigas e pessoas mais ‚Äúespertas‚ÄĚ com internet. Sabe aquela geladeira frostfree anunciada pela metade do pre√ßo no Mercadolivre? √Č golpe. ‚ÄúAh, mas Sr. Anonymous, o mercadolivre √© seguro. Se eu compro l√°, o Mercadolivre devolve o dinheiro‚ÄĚ. Sim, √© verdade. Mas o golpe est√° nas entrelinhas. Geralmente este an√ļncio est√° configurado com ‚Äúfrete a combinar‚ÄĚ. Ent√£o, quando voc√™ paga, o Mercadolivre ret√©m o dinheiro equivalente √† venda do produto, e voc√™ negocia com o vendedor o frete.
Nesse momento, o vendedor lhe passa um valor at√© barato pro frete, mas que deve ser pago diretamente √† transportadora. Isso significa que ele vai lhe mandar um boleto para pagar. O que mais vi foram boletos no valor de R$ 59,00, independente da dist√Ęncia entre o suposto vendedor e a v√≠tima (comprador). Ao pagar este boleto, particular, n√£o est√° garantida a seguran√ßa pelo Mercadolivre. E aqui voc√™ perdeu 59,00, no meu exemplo. Mesmo que pare√ßa pouco, isso acontece o dia inteiro, todos os dias, com centenas de milhares de v√≠timas. Entre meus trabalhos de monitoramento de fraudes, identifiquei mais de 4000 contas falsas, que juntas teriam movimentado mais de 1 milh√£o de reais em apenas poucos meses.

Venda falsa ‚Äď Parte 2: Agora que o golpista j√° faturou os R$ 59,00 da v√≠tima, ele solicita √† v√≠tima que confirme um c√≥digo que vai chegar no celular dela, via sms, que √© uma confirma√ß√£o da log√≠stica. E adivinhem? Sim, novamente √© o c√≥digo de troca de senha. Desta vez, do Mercadolivre. E assim, novamente, temos o acesso √† conta da v√≠tima. Este c√≥digo pode ser tamb√©m da troca de senha do email da v√≠tima. Tudo depende do quanto o golpista est√° envolvido com a pr√°tica de crimes. Com estes dados em m√£os, tudo √© poss√≠vel: pode aplicar qualquer um dos golpes aqui mencionados.

O Mercadolivre n√£o toma qualquer atitude. Em minha comunidade, somos centenas de pessoas que j√° entraram em contato informando da pr√°tica. Como disse acima, apenas eu encontrei mais de 4000 ‚Äď quatro mil ‚Äď cadastros falsos na plataforma. O Mercadolivre faz vista grossa, dificulta a comunica√ß√£o. Quando faz algo, √© suspender a conta, e apenas isso, nada mais. N√£o se preocupa nem sequer em validar quem era realmente a conta verdadeira. N√£o separa o joio do trigo.

4 curtidas

para isso, a sociedade tem que ter um n√≠vel educa√ß√£o e coletividade extramente alto, e estamos muito longe para isso, um universo de dist√Ęncia no m√≠nimo.

Mas aí você não entra em contradição, ter tribunais?

Porque tribunais p√ļblicos j√° erram demais, se a ideia for privada vai falhar ainda mais pelos poder, poder financeiro, fanatismo, ideologia, preconceito, etc‚Ķ e mais etc‚Ķ

S√≥ que hoje existe c√Ęmaras de concilia√ß√£o, √© usado mais por empresas, por√©m que n√£o aceitando a decis√£o, as empresas corre para os tribunais p√ļblicos do mesmo jeito, a treta da hyundai e Caoa foi isso

isso tamb√©m aplica ao Mercado Livre, que envia e-mails falsos, um deles √© o famoso mercadolivrebr.com para enviar confirma√ß√£o de compra, isso vi acontecer mais em venda, em que o vendedor recebe ‚Äúe-mail‚ÄĚ de confirma√ß√£o da compra.

S√≥ que o mercado livre est√° vacilando demais, ter CPF para uma √ļnica conta j√° era para ser a quase uma d√©cada atr√°s.

larga o SMS já era para ter feito também.

3 curtidas

E n√£o adianta acumular processos, den√ļncias e boletins de ocorr√™ncia, aparentemente. Pessoas quem ajudei acumulam BOs na dedic h√° pelo menos 2 anos, e nada do processo correr.

isso só vai resolver no dinheiro, enquanto o Mercado Livre estiver ganhando dinheiro nas compras falsas/fraudes não vai mudar em nada, isso do CPF só confirma isso

esses gastos com indeniza√ß√Ķes que sair√£o para as v√≠timas, nem entra mais como preju√≠zo, mas como custo operacional.

Essa, seria uma oportunidade boa para ANPD, por√©m a ANPD j√° foi desviada para infuncionalidade antes mesmo de tabalhar, sai vazamento ou problema, tudo que √≥rg√£o se manifesta e o mais importante n√£o manifesta ou quando se manifesta √© o √ļltimo ou j√° em outro problema.

3 curtidas

Exatamente.

1 curtida