Mais do mesmo: Samsung e Xiaomi relançam celulares por falta de chips