Macs poderão ter processador ARM da Apple já no ano que vem

Originally published at: Macs poderão ter processador ARM da Apple já no ano que vem – Computador – Tecnoblog

Os novos processadores devem aparecer nos iPhones e iPads, antes dos Macs

Todo santo ano é a mesma baboseira expelida por esses “analistas”. Esses caras não cansam de errar?

Essa conversa que a Apple irá usar ARM nos macbooks já tem mais de 6 anos.

1 curtida

Com a Apple fabricando seus processadores, não esperem os preços baixarem, apenas o “I-lucro” aumentar.

Nem tudo o que sai de rumor, patente, etc, acontece no curto prazo. Tem coisas que levaram anos pra se tornar realidade. Mudar os Macs de Intel pra ARM não deve ser uma coisa tão simples e certamente exige uma preparação enorme por parte deles e também dos desenvolvedores. Mas que vai acabar acontecendo, isso tenho certeza.

4 curtidas

Similar ao impacto da mudança de Power PC para Intel. Dado como improvável por todos os “especialistas” durante muuuuito tempo.

3 curtidas

RIP Bootcamp e Hackintosh.

o fato de já não rodar apps 32bits facilita muito essa mudança

Alguém com maior conhecimento técnico sabe informar o impacto dessa mudança? Aliás, seria legal o Tecnoblog fazer um especial mais técnico de como esse shift pra ARM afetaria o mercado de desktops/laptops, partindo de uma visão do desenvolvedor ou heavy-user, e não comercial ou jurídica.

No meu entendimento, com essa mudança brutal de arquitetura no processador, basicamente tudo que já foi desenvolvido até hoje vai pro lixo (a não ser que a linguagem/compilador permita chavear para qual arquitetura você deseja compilar).

Apps, jogos, programas, tudo seria perdido e teria que ser reescrito (ou refatorado em grande parte) e nós teríamos um problema gigantesco de retrocompatibilidade entre programas, com todas as empresas que um dia já desenvolveram um app para macOS tendo que atualizar suas aplicações e lançar novas versões.

O lado ruim seria esse: durante alguns meses (ou anos) o caos seria instaurado no ecossistema do macOS, até que a transição de todos os programas tenha sido feita, e que a maior parte dos usuários já tenham trocado seus antigos Macs pelos novos em ARM.

O lado bom todo mundo já sabe: Melhor controle de consumo da bateria, melhor integração entre iOS/macOS, melhor otimização do SO já que a Apple teria controle total sobre o processador e software, Macbooks esquentando menos, etc.

Essa é minha visão, mas não sou engenheiro de kernel, engenheiro de software, ou programador desktop, então gostaria de ouvir mais opiniões a respeito.

A Apple é macaca velha nesse processo. A migração para ARM será sua quarta mudança de arquitetura (originalmente os Macs usavam Motorola 68k, depois migrou-se para arquitetura PowerPC, depois x86 e, a bola da vez, ARM).

Na mudança de Power PC para x86, o MacOS X tinha um tradutor binário dinâmico (Rosetta), que permitia a compatibilidade em um sandbox. O mesmo, em teoria, vai acontecer agora. Dois anos depois, ao seguir a mesma lógica das migrações anteriores, o “Rosetta” deixa de fazer parte do sistema e o eco-sistema se dedica única e exclusivamente à nova arquitetura.

Só complementando seu comentário, nesse caso acho que será mais fácil, pois será possível rodar os apps de iPhone e ipad, não?

Tem que ver se há interesse por parte da Apple em fazer isso. Da última vez que li a respeito, acho que haviam largado mão. Possível, sempre é!

Este tópico foi automaticamente fechado após 60 dias. Novas respostas não são mais permitidas.