MacBook Pro (16 polegadas): tudo gigante

Originally published at: https://tecnoblog.net/332654/macbook-pro-16-polegadas-review/

Versão de 16 polegadas do MacBook Pro tem hardware potente e atenção aos detalhes, mas exige pelo menos R$ 24.099 no bolso

Só na foto da thumb tinha aproximadamente um Apartamento CDHU e dois carros populares

5 Curtidas

Maior vontade de trocar o meu 13’ 2017 por esse ou por um 2015, só por conta do teclado motherfucker :hot_face:
Mas ai eu lembro do dólar… :weary: :disappointed:

“…se o ganho de receita obtido com o aumento da produtividade no trabalho for maior que o investimento, então vale.”

Aí eu pergunto: que aumento significativo de produtividade é esse (se tá falando de aumento, está comparando com alguma coisa) que justifica um valor bem acima da média, pra um mero notebook? (Sim, este é poderoso, mas continua sendo apenas um notebook). Em outras palavras, você não conseguiria uma produtividade bem similar com algum outro produto de preço, talvez, até pela metade?

1 Curtida

Quem trabalha com áudio visual e usa MacBook pra editar, esse 16” trás algumas melhorias na qualidade de vida, nesses detalhes finos.

Uma parcela gosta de mobilidade, e querendo ou não, o MacBook 16” é leve, potente, tem design sólido …

Mac sempre foi produto de nicho, não é pra todo mundo e n funciona pra todos. Levando em conta que por padrão já é um computador caro, necessariamente quem compra tem poder aquisitivo pra isso.

Talvez você seja um desenvolvedor de apps para Android e gostaria de expandir seus serviços oferecendo aplicativos para iOS também, você precisaria de um Macbook (não necessariamente esse).
Também acho que você se torna mais produtivo de desenvolver as coisas mais rápidas, rodar um simulador Android no Windows é um parto.
Acho que para desenvolvimento uma máquina veloz aumenta muito a produtividade e um sistema baseado em Unix ajuda mais ainda, acho que o Windows ta tentando chegar lá ainda, e o linux é legal mas você se limitaria em desenvolver para Android também.

Não é minha área, mas acho que softwares como Final Cut ajudam também, já vi muita gente falando que ele é muito otimizado para o macOS.

Levando em conta o público-alvo, o preço não está acima da média.

Essas pessoas estão comprando laptops até mais caros que isso já faz um tempo. Veja esse Dell Precision com Core i5, 8GB de RAM e HD de 500GB por R$22 mil. Comparado a ele, um MacBook Pro com Core i7, 16GB de RAM e 512GB de SSD por R$24 mil é uma pechincha.

Você pode pensar “mas eu vi um nas Casas Bahia com especificações melhores por uma fração disso”, só que não é bem assim. Não há uma guerra por números aqui, as diferenças cruciais aparecem de forma tímida na ficha técnica detalhada, isso quando aparecem.

São coisas como o tipo de processador, por exemplo. Os profissionais usam o que a Intel faz de melhor: são as variantes mais poderosas e com controle de qualidade bem mais rigoroso, para que o processador consiga manter esse poder de fogo durante o uso sem sacrificar na durabilidade a longo prazo (um MacBook Pro é usado para o fim que foi comprado por no mínimo 4 anos).

A partir daí, é só imaginar esse raciocínio sendo aplicado aos demais componentes. E levar em conta que componentes que passam por esse nível de escrutínio são produzidos em escala bem menor. O alto preço está explicado. Ainda que no Brasil seja bem caro se comparado aos EUA e Europa, nesses mercados os laptops profissionais também são obscenamente caros se comparados aos regulares.

2 Curtidas

Olha.
Só fazer uns comparativos meia-boca aqui.

Este será o macbook usado (creio ser o mesmo da matéria) https://www.apple.com/br/shop/buy-mac/macbook-pro/16-polegadas
Este será o notebook com windows utilizado (informado pelo @bopez ) https://www.dell.com/pt-br/work/shop/workstations/precision-15-5540-laptop/spd/precision-15-5540-laptop/xctop554015usbr

Olhem essa parte do sistema operacional.
Só para usar o idioma português do Brasil eu terei que pagar R$ 652,00 (seiscentos e cinquenta e dois reais) ? Sendo que na versão “pro for workstation” não tem diferença no preço…
É sério isso ?

E outra.
O dell só permite até 2 TB em SSD, caso queira, você pode adicionar um HDD de 2 TB como disco adicional. Mas aí não pode usar a bateria “6-cell 97 Whr” e terá que usar a de “3-cell 56Wh”.
Já o macbook, permite colocar um SSD de 1 ou 2 ou 4 ou 8 TB (embora não especifique se é apenas uma ou duas unidades).

Tem MacBook 15" de 2014 com i7 vendido no ML que já atende bem para as tarefas do dia a dia, e não precisa gastar uma grana alta como esse da matéria. Caso a pessoa faz questão de máquina nova tem o Dell Inspiron 7000 que realiza um ótimo trabalho.

Olha cada um tem a sua linha de pensamento. Eu não pagaria jamais esse valor em um MacBook, mesmo se eu tivesse com grana pra isso. Apesar de ter modelo antigo, se eu fosse pegar outro optaria por um usado mais novo de 15" com as configurações máxima i7 Quad Core, 16gb de RAM e SSD de 500gb. Já está de bom tamanho.

Senão me engano MacBook Pro 2015 em diante é teclado borboleta. Teria que partir para esse ou 2014.

Macbook é tão bom, pena vir com MacOS

"O que é suficiente pra abrir até 3 abas no Google Chrome"

Pausei o vídeo do review e vim aqui só comentar isso HAHAHAHAHA. @higa, seu mito!

Acredito que tenha algo de errado no site da Dell, pois não existe um Windows 10 “Pro Single Language”. De fato, a única edição do Windows 10 que permite apenas um idioma de exibição é o “Home Single Language”, todas as outras edições permitem adicionar quantos idiomas de exibição adicionais o usuário desejar (até mesmo o Windows 10 Home)…

Adoro que o review é do MacBook Pro de 16 polegadas mas dá pra meter um iPad, Airpods e uma caixa de som no meio das fotos…

Este tópico foi automaticamente fechado após 60 dias. Novas respostas não são mais permitidas.