MacBook Air com Apple Silicon é mais rápido que MacBook Pro com Intel

Originally published at: https://tecnoblog.net/383571/macbook-air-com-apple-silicon-e-mais-rapido-que-macbook-pro-com-intel/

Apple M1 do MacBook Air bate Intel Core i9-9980HK octa-core do MacBook Pro de 16 polegadas no Geekbench

Então, se eu fosse a Intel…

Ah, ainda bem que eu não sou a Intel

6 Curtidas

Fiquei empolgado com esses resultados, no mundo de processadores pra PC parecia tudo meio estagnado nos últimos anos, legal vir uma mudança de arquitetura assim pela Apple, sei que já tiveram outros testes com ARM, mas parece que agora com a Apple “empurrando” deve ir de vez.

4 Curtidas

Ai na outra noticia eu tive de ler que a limitação dos 16gb de ram é pq a apple vai manter os notebooks mais potentes com intel ainda, isso só confirma a minha teoria de que é limitação do controlador de ram.

Ansioso pelos testes práticos e ver como vai fica a questão térmica quando exigido o máximo do processador.

1 Curtida

Exatamente. Vai tirar a Intel da zona de conforto a força. Eu não tenho condições de comprar um Apple mas fico empolgado com a perspectiva de ver a Intel entrando nessa briga pois know how ela tem e temos que respeitá-la.

1 Curtida

Acho que não vai ser toda essa euforia na prática. Os programas/Apps que já foram convertidos de forma nativa, tendem a rodar muito bem, e a usabilidade pode mesmo ser até mais eficiente que versões X86! O grande problema serão nas aplicações mais complexas, que se beneficiam de mais instruções, essas em grande parte inclusas nos chips X86. Sobre o Rosetta 2, tem tudo para dar sim a possibilidade de uso de muita coisa ainda não convertida, mas meus caros, vai surpreender o baixíssimo desempenho!! Mas a Apple não tem capacidade de fazer um bom “conversor”? Não é essa a questão, por si só emuladores precisam trabalhar muito para que você consiga executar seu programa em um outro ecossistema. Essa primeira leva pelo menos será mais apreciada por Jornalistas, Advogados, alguns publicitários e outra profissões que exigem pouco de desempenho bruto, já para outros profissionais exigentes, é aguardar pelo menos mais uns 02 anos e ver a plataforma se tornar mais madura.

1 Curtida

Eu já acho que em menos de 1 ano vai tá quase todos os programas rodando em arm nativo, quase nada usando o Rosetta 2, a apple é muito boa em obrigar as pessoas a atualizarem os seus softwares se quiserem se manter no seu ecossistema.

8 Curtidas

Então, eles precisam fazer isso o mais rápido possível…E tenho grande curiosidade se as linhas topo de desempenho vão migrar também, não pela questão de “CPU”, mas sim das GPUs.

A própria Apple já disse que todos os Macs vão ter Apple Silicon até o final de 2022, incluindo o Mac Pro. E pra eles, forçar esse tipo de mudança é bem fácil — principalmente para os apps da App Store que precisam seguir uma série de guidelines.

2 Curtidas

Para o usuário normal e médio não tenho dúvidas também! Eu quero ver os Power user, afinal até hoje a prometida migração dos servidores e máquinas complexas para ARM tem sido infinitamente mais devagar do que se imaginava…Em breve vamos descobrir e até onde isso pode influenciar o mercado em geral.

O “power user” do ecossistema da Apple é o criativo e o desenvolvedor.

Em renderização de vídeos, o iPad Pro já batia com folga qualquer notebook (inclusive os MacBooks Pro). E, no anúncio, a Apple mostrou números de aumento de desempenho na compilação de projetos no Xcode para tentar pescar esse público.

Não acho que a Apple vai mudar algo no mercado de servidores porque não é o foco da empresa, mas o supercomputador mais poderoso do mundo já é ARM.

6 Curtidas

Sim, mas falo dos servidores mais na questão da escala, X86 ainda é extremamente forte e não tem perdido participação de mercado relevante.

O problema é sempre o software, não adianta lançar um servidor arm e não ter software pra rodar nele, e não vamos ter software tão cedo pq a setor empresarial presa pela estabilidade, não vão trocar uma solução que funciona por uma duvidosa.

1 Curtida

Pois é, Microsoft vem a anos até tentando, só que não há muito interesse dos desenvolvedores. A Apple por dominar boa parte da cadeia, pode conseguir resultados bem mais rápido.

2 Curtidas

Onde tem demanda, tem software atualizado. Grandes estúdios de Hollywood serão os primeiros a comprar lotes de Macs Minis para substituir máquinas antigas. E bom, a Apple tem grande influência no ramo criativo e na indústria de áudio/visual.

Então, quem já faz uso é natural que assim que convertida as versões dos software usados, a troca realmente aconteça. Mas até por isso foi deixado as duas linhas ativas, muita gente vai optar por aguardar.

Se a Adobe, por exemplo, entrar nessa e, recompilar todas as suas aplicações para ARM, é bem provável que o ecossistema realmente ganhe força.

1 Curtida

Olha, se pensassem assim os servidores hoje em dia estariam todos rodando Windows, não NGIX. Se tem uma coisa que datacenter preza, é redução de custo, e ARM é uma arquitetura que gasta muito menos energia. É questão de tempo até ARM começar a pegar também nos servidores.

1 Curtida

Certamente vai ser uma das primeiras.