MacBook Air chega ao Brasil com Apple M1 e preço mais alto

Exato, macs requerem pouquíssima manutenção. Mesmo devs usando linux, eventualmente as coisas não funcionam como esperado. Alguma atualização da errado ou seja lá o que for ocorre, ter um dev cuja hora é uma facada no rim gastando um dia de trabalho porque o computador dele teve algum problema e precisou formatar e refazer o ambiente é algo que sai bem caro para a empresa, seja pelo custo por hora, seja por eventual perda de prazos que isso ocasiona.

Outra coisa que nós observamos com a transição para Mac é que eles aumentam a produtividade. Sim, parece um bullshit enorme, mas quando você tem toda a equipe concordando que a produtividade deles melhorou substancialmente depois de começar a usar MacOS, seja lá por que motivo, é difícil não colocar isso como um ponto positivo. Não temos forma de controle ao ponto de conseguir mensurar exatamente isso, mas mesmo que seja uma sensação de aumento de performance, ainda assim é uma vantagem relevante.

Pena que eles não oferecem um preço diferenciado, como fazem para educação.

1 curtida

Me surpreenderia é se tivesse vindo mais barato.

1 curtida

Pois é. Pior que nunca fui atrás disso, talvez tenha uma forma de conseguir algum desconto para empresas em compras grandes, mas duvido que nós teriamos volume suficiente pra justificar algo assim direto com a Apple. Ao menos via iPlace eu acredito que tenha, eles possuem consultores de vendas corporativas

Então a Apple tem a página empresarial dela. Oferecem suporte diferenciado, treinamento, mas desconto que é bom não vi. Talvez entre nomeie você falou de escala. Mas essa é a situação no Brasil, lá fora acho que é diferente.

Tudo bem fera! Você ta certo!

1 curtida

Interessante ver o dolar caindo e os preços da Apple subindo cada vez mais…

Os caras querem dar sentido no preço absurdo da Apple kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

1 curtida

Fanboy a gente nem perde tempo :grinning_face_with_smiling_eyes:

Nessas horas eu sou igual ao Chico Bento

1 curtida

Ainda bem que alguns anos atrás eu abandonei de vez o Mac e todo o eco sistema da maçã de ouro mordida. Hoje você faz maravilhas com um Linux ou Windows com WSL. Mais performance e preço muito menor. Esse M1 promete, isso é fato, mas eu queria entender porque a Apple realmente acha brasileiro babaca. Se você compara o preço do Mac nos EUA com outros notebooks de alto desempenho o preço não é muito diferente, no Brasil é ridículo.

Qual o sentido em comparar uma moto com um notebook? Parece só birra mesmo.

Eu mesmo, tenho um carro popular de 25 mil reais, enquanto compro produtos Apple que no total somam mais da metade do preço do meu carro. São coisas totalmente diferentes.

Do carro só preciso que ele me leve pra onde eu quiser, nas vezes que preciso. Já os aparelhos Apple estão me servindo durante todo o dia, economizando meu tempo com a integração do ecossistema ou com um SO mais bem acabado que não me faz gastar horas e horas resolvendo problemas, como era quando eu usava Windows e Android. Só as horas que já economizei na minha vida devido as features que o ecossistema Apple me proporcionam e pela qualidade dos produtos e SOs dela, além das dores de cabeça que evito, já valem cada centavo. Não estou negando que são produtos caros, mas mostrando que para quem pode pagar vale a pena, pois não há nada melhor que economizar tempo e ter tranquilidade no dia a dia.

A Apple cada vez mais tá levando a marca dela para ser um produto Premium. Ou seja, ela não quer que um pobre compre pra ter que parcelar em 10x. (Brasil)

““Até mesmo lá fora os produtos dela são caros””

Ela quer atrair a galera que tem condições financeiras! E pensando como empresa faz sentido. Ela está fidelizando clientes***

Então se uma empresa me diz que não me quer como cliente pq eu não sou classe média alta, pq eu compraria um produto dela? Não faz sentido pra mim.

A ideia é que a pessoa todo ano troque de iPhone, mas como um pobre vai fazer isso? Se no 12° mês ele ainda tá pagando as parcelas…

Mas praticamente nenhum produto durável varia de preço com a variação do dólar em um prazo tão curto assim.

Tá. Mas quando o dólar subiu, subiu pra caramba. Agora que tá caindo faz umas semanas… Entubaram o preço

Os preços oficiais geralmente não variam com o dólar com tanta frequência também.
Revendedor muda, mas o preço oficial eu acho que não muda.
A Apple, por exemplo, não ajusta o preço dos produtos dela na loja de acordo com o dólar semana a semana, nem mês a mês, muda?

A Apple (e praticamente qualquer outra empresa) faz reajustes anuais a cada grande lançamento. O preço do iPhone 11 ficou abaixo do dólar no Brasil por muito tempo (já que, quando lançaram aqui, a moeda ainda estava cotada em R$4,05 e esse ano quase bateu R$6 em alguns momentos. Agora reajustaram com base no dólar quase R$6 e assim deve ficar até a chegada do novo iPhone e outros produtos em 2021.

Qualquer empresa que trabalha com importação tem economistas pra fazerem análises de risco. Mesmo que o dólar tenha caído nesses últimos dias, ainda há previsões para que ele fique num patamar alto nos próximos meses. Ninguém vai ficar flutuando preço de produto sem ter a certeza de que a moeda está estável.

A Apple não correu nem pra baixar os preços numa queda momentânea do dólar como também não correu para subir os preços na disparada do câmbio durante os últimos 12 meses, tendo feito isso apenas agora no final do ano.

1 curtida

Pois é. Mas quero ver o dólar voltar à 4~4.20 até o final do ano que vem e o preço continuar exatamente o mesmo já que o povo Brasileiro tá pagando mesmo.

Ai no exato momento que o dolar voltar à 5, mesmo eles não tendo abaixado pra quando tava em 4… eles vão subir de novo.

A melhor parte da matéria é o frete grátis

Bom, precificação em mercados estrangeiros não depende apenas do câmbio. Dentre outros depende do posicionamento da marca no país e da estratégia para aquele mercado específico.