Jogador banido de LoL vence processo judicial contra Riot Games no RJ

Originally published at: Jogador banido de LoL vence processo judicial contra Riot Games no RJ | Jogos | Tecnoblog

Após ser banido em League of Legends, o jogador processou a Riot Games para recuperar os itens comprados com dinheiro real

2 curtidas

Peraí, deixa eu ver se eu entendi. O cara tava agindo de forma tóxica, tratando mal os outros. Foi banido, processou a dona do jogo. E a dona do jogo ainda vai ter que indenizar o mesmo.

Aí depois ninguém do exterior quer levar a gente a sério e não sabem o porquê.

13 curtidas

Bem típico de gente que não lê as regras de um serviço, antes de usufruir do mesmo.
Não lê as regras, faz merda, e ainda quer ter razão.
Pro cara ter dinheiro pra pagar advogado em função disso, deve ser um mimado que ganha tudo dos pais. E que provavelmente teria dinheiro pra comprar tudo de novo. Se bobear, vai dar abertura pra uma galera começar a fazer isso. Comunidade de LoL no Brasil é a mais tóxica de qualquer jogo que já participei.

3 curtidas

A questão aí é que a Riot não enviou um representante para a audiência, logo ela não apresentou defesa.

Mas se a moda pegar rapidinho eles passam a dar atenção a esse tipo de processo.

5 curtidas

Riot mandando o recado: não damos a mínima pra jogador que foi banido por infringir as regras. Se não é capaz de cumpri-las, não vai voltar pra comunidade. Quer nos processar? Esteja à vontade. Se nós vamos cumprir a ordem? Bom, aí vamos ver quem tem mais força nisso.

Se a “moda pegar”: a Riot fecha a porta no BR e vai embora. Pra que se esforçar pra manter uma comunidade livre de gente prejudicial se eles vão voltar? Quem não tem nada haver com isso é que fique chupando o dedo.

1 curtida

A Riot não apresentou defesa porque claramente é mais barato pra eles pagar a indenização que mandar alguém pra audiência. R$9mil é igual a tipo 2 dólares pra eles.

4 curtidas

Acho que quem julgou esse caso não entende que licença não significa posse, mas uma concessão. Exemplos: o Windows não é seu, você tem uma chave (licença) que te permite usar o Windows que continua a ser propriedade da Microsoft. Ebooks do Kindle seguem a mesma ideia.

3 curtidas

Realmente, você não entendeu.

Seria o equivalente a alugar uma casa, brigar com o dono e ser expulso, e ele reter seus bens na casa.

O processo não é por ser chutado pra fora, é por ter mantido os “bens” presos.

Não concordo com a decisão, mas entendo a lógica utilizada…

4 curtidas

Pra mim o cara ta certíssimo. A Riot é uma bosta quanto se trata de moderação, O TANTO DE NEGO que fala coisa pesadíssimas, infringe regras de espírito esportivo e RIOT N FAZ NADA, os cara contiuam la com suas contas. Chega um momento que ninguem aguenta tanta merda impune que age como tal, já que a riot n faz nada. Nada mais justo devolver o dinheiro do cara, já que a riot n cumpre nem com o mínimo que é fazer o jogo se tornar mais saudável

1 curtida

Então nesse caso seria uma “comunhão total de bens”, um fica com tudo e outro fica na sarjeta

O problema é que abre precedente para mais gente fazer o mesmo.

3 curtidas

A diferença é que quem ficou na sarjeta foi quem comprou os itens. E comprou os itens de quem ficou com tudo.
E quem ficou com tudo ainda falou que o que ficou na sarjeta pode comprar os itens de novo se quiser usá-los de novo.

1 curtida

A consulta processual deve ser feita por este endereço: Consulta pública · Processo Judicial Eletrônico Lá você vai encontrar os dados da ação judicial.

3 curtidas

Eu até falaria alguma coisa, mas é lol e eu sou lolfobico!

1 curtida

O cara tá certíssimo. Pode banir do game por má conduta, mas devolva a grana que foi gasta com skins. Não e justo eu perder a conta e a grana que gastei, no minimo a Riot tem que transferir para outra conta.

3 curtidas

A Riot devia entrar em contato com todos os jogadores que foram ofendidos por esse lixo e ingressar com um ação coletiva contra ele, tomar o dinheiro até da quinta geração desse cara!

3 curtidas

A regra é clara, comprou tem que usar. Fim de papo, quer discutir? Va mudar o código de defesa do consumidor.
Imagine, apenas imagine criticar a ação de uma pessoa que lutou por seus direitos por birrinha em jogos onlines. KKKKKKKKK não lute pelos seus, mas não vem dar piti na luta dos outros não.

Sim bixo, os kra perde uma conta com mais de 8 mil reais investidos acha mesmo que vai deixar de lado? Ta mais que certo, a empresa bane um maluco desse mas não bane troll e afk que É LITERALMENTE O QUE ACABA COM O JOGO.

1 curtida