Invest+ é novo app do Bradesco que reúne seus investimentos em um só lugar

1 curtida

Me parece uma solução tão ruim quanto o íon do Itaú.

4 curtidas

Até agora não consegui entender a finalidade desse app e do íon.

Eba!!!
Vou dar uma olhada.

Mesma coisa que o Kinvo ou AGF (Com a diferença que esse último é totalmente focado em dividendos).

Para quem investe e em mais de uma corretora ou banco, esses apps são interessantes por conseguirem agrupar seus investimentos, darem insights, projeções e melhor controle.

Literalmente são para um nicho de público, que são as pessoas com uma carteira de investimento mais robusta e que não está centralizada.

Invest+ e Ion acabam sendo uma alternativa interessante, pois além de não cobrar como o Kinvo, possuem a credibilidade e segurança de fortes bancos por trás.

1 curtida

São produtos um pouco diferentes, o ION é corretora. O invest+ é um concorrente direto do Kinvo, focado apenas para controlar seus investimentos de diferentes bancos e corretoras em um único lugar.

1 curtida

A maioria dos produtos do Itaú ainda é feito com aquele app e interface porca da Itaú corretora… Pra mim é a mesma coisa - apenas uma interface para visualizar seus investimentos espalhados pelas diferentes corretoras num só lugar, aproveitando o open finance.

Edit: só retificando aqui, dá pra investir nos produtos do Itaú. Provavelmente esse do Bradesco vai ser a mesma coisa, se não agora, num futuro próximo.

Mas definitivamente, a interface do íon é bem ruim, comparada com de corretoras independentes. E é só uma roupagem nova da Itaú Corretora.

1 curtida

Investe sim, Itau comprou a Ideal e Avenue, justamente para colocar o Ion como corretora digital e está começando a tombar as carteiras do Itau Corretoras para lá. Já tem alguns investimentos que estão ocorrendo por lá.

A proposta desde o inicio era o Ion substituir o Itau Corretoras (Que não era corretora digital) e foi, inclusive, um dos motivos que gerou certo conflito com o Itau e XP, pois a XP considerou que o Itau estava gerando concorrência contra ela mesmo, sendo que era acionista da XP. E o Itau alegava que era acionista e não proprietário…

E sobre a parte da roupagem, isso é normal, chama-se MVP. Você começa com o minimo e vai melhorando e integrando.

Nubank fez a mesma coisa ao entrar no mundo dos investimentos, começou com o básico do básico, comprou a Easy e foi incorporando.

Entre outros cenários.

Óbvio que o feedback é importante para evoluírem, mas vejo que isso faz, exatamente, parte da evolução.

2 curtidas

Na minha área isso é chamado de gambiarra…lançar um produto antes de pronto, pra ter cobaias, digo, clientes testando…não deixa de ser uma estratégia, mas arriscada para clientes chatos como eu…:smiley:
Aliás, nessa da antiga Itaú Corretora ser um lixo, o Itaú perdeu um montante relevante que eu tinha lá, para corretoras independentes (no longínquo ano de 2011)…não faz diferença para o banco (dinheiro de pinga pra eles), mas foi um cliente a menos na época…

Contudo, por incrível q pareça, acho o Itaú o melhor banco privado ainda (bancão).
Mas investimentos, definitivamente, eu desisti dele, mesmo depois q abriram pra fundos e investimentos de terceiros.

MVP = Minimum Viable Product

É muito mais barato para o negócio, soltar um produto com funcionalidades minimas, apenas em sua proposta inicial para testar o mercado e ver se tem espaço para a idéia, do que você desenvolver algo completo e depois não vingar.

EasyTaxi começou como um formulário na web.

Eles podem perder você agora nesse momento, mas inclusive, sabem o porque perderam e o que precisariam fazer para trazer esse público. Saiu muito mais barato do que gastar fortunas e correr o mesmo risco, já que ainda não entende o cliente.

E bancos nunca foram os melhores lugares para investimentos, até os digitais estão deixando de ser. Hoje a XP tem produtos muito mais interessantes do que o Nubank.

Os bancos tradicionais são interessantes pela segurança que oferecem e para determinados produtos, até compensa deixar tudo centralizado. Mas para quem é um investidor intermediário ou avançado, quem vai atender mesmo é XP ou BTG.

Talvez isso mude com a compra que o Itau fez de duas corretoras digitais e com a estratégia que Bradesco e Itau estão fazendo de separarem a corretora digital do negócio principal, mas só o tempo dirá.

Um tempo atrás, aplicativo de cartões dos bancos tradicionais eram ruins e o Nubank se destacou nisso. Hoje os bancos tradicionais oferecem apps bem completos e experiências mais digitais e que atendem o grande público.

1 curtida

Falar nisso, BTG anda muito superior a XP em atendimento e produtos.
A XP anda se perdendo.
Tenho investimentos nas duas mas o BTG tem dado um banho.

1 curtida

Perda de memória e espaço. Faço isso com o TradeMap e ainda invisto diretamente nele com a conexão da corretora.