HyperloopTT tenta convencer Brasil a instalar trem de 1.000 km/h

Originally published at: HyperloopTT tenta convencer Brasil a instalar trem de 1.000 km/h – Carro – Tecnoblog

Conceito do Hyperloop foi desenvolvido por Elon Musk e promete trens de velocidades altíssimas

Apesar de ser um conceito do Musk, não deixo de achar que essa empresa é tipo a TEB.

“A empresa também tenta convencer Curitiba, dizendo que a capital paranaense ‘tem vocação para este tipo de inovação’.”

Curitiba tem vocação mas o metrô é uma lenda de uns 20 anos já. Eu quero muito, mas não tenho esperanças.

O Brasil que precisa muito de infra-estrutura esta dificultando a implantação… Realmente não sem mais o que esperar, a falta de vontade dos nossos governantes é crônica. E antes que me acusem de direita ou esquerda, eu estou generalizando, são todos…

5 curtidas

Eles precisam antes convencer o Brasil de investir em… trens! Aqui no RJ a malha ferroviária foi totalmente renegada a segundo plano, com estrutura sucateada, contratos de concessão cinquentenários e uma malha férrea para o metrô que beira o ridículo, inclusive com linhas compartilhadas. Tudo em favor de um investimento no transporte rodoviário (que em lugar algum no mundo pode ser considerado transporte de massa) para enriquecer a família Barata. Claro, com o aval do Cabralzinho, que por essas e outras já foi condenado a penas que já somam mais de 250 anos de cadeia.

5 curtidas

Metrô de Curitiba é lenda mesmo. Mas será que daria certo? Digo isso por causa de tantos rios que temos aqui que passam por baixo da cidade. Gostaria de ver um VLT no lugar dos ônibus das canaletas ou até um metrô elevado.

Ah, boas vindas na comunidade do Tecnoblog \o/

1 curtida

Torço muito para que isso vá pra frente e aconteça por aqui um dia. Mas se lá nos Emirados Árabes o primeiro projeto custará US$ 40 milhões por quilômetro, isso já indica vai demorar bastante para esse trem voar baixo nas terras tupiniquins.

3 curtidas

Valeu!

Então… não dá pra saber se é por causa dos rios ou por falta de vontade ou ainda pelo cartel das empresas de ônibus. São tantas opções! Aposto que tem mais gente que conheçe outras desculpas, rsrs. #Desabafei.

só quem é daqui entende essa realidade e fica decepcionado com o rumo das coisas…

2 curtidas

Metrô tem um custo de US$90 milhões a US$ 1 bilhão por km, dependendo do lugar. Então é uma explicação simples do motivo do Brasil evitar. Poucas cidades tem um orçamento pra financiar uma obra dessas.

1 curtida

Sonho de um Brasil com trens everywhere.

2 curtidas

Continuem tentando :rofl:

São Paulo é tomada por rios e tem uma rede de metrô razoável. Isso não é impedimento para a adoção de metrôs subterrâneos.
É falta de vontade mesmo, assim como acontece com BH, Porto Alegre, etc.

2 curtidas

O problema é que a canalização desses rios foi bem mal feita na maioria dos casos…

O problema é a canalização em si, que jamais deveria ocorrer.

1 curtida

Rio e mar não são problemas pra metrô:

Podia rolar esse projeto ligando Brasília a Goiânia. Seria bom demais chegar em 10 minutos em Goiânia, porém a passagem teria que ser no máximo 100 reais, já que pra ir de bus custa 40 reais, quando muito.

1 curtida

Mais uma inovação que vai ficar só no sonho do povo brasileiro, igual o trem bala que a Dilma prometeu.

A questão não é orçamentária. Tanto que existem fundos mundo afora que financiam obras públicas de qualquer tamanho e valor praticamente. O problema é que pra você ter acesso a um fundo desses tem que existir um projeto bem feito e em cima dele um orçamento realista. E aqui no BR o que você MENOS tem é orçamento de projeto de construção realista. Tudo é superfaturado pra alguém ganhar em cima. Em Campo Grande/MS, por exemplo: eles fizeram a urbanização de um córrego que passava pela cidade usando dinheiro de empréstimo do banco mundial. Só que a politicagem raivosa quis barrar o projeto à época alegando N coisas, como risco ambiental e etc. A verdade era que a fatia que deveria caber à corrupção era inexistente. Por fim a obra aconteceu.

Cuiabá/MT (de onde teclo): existia um projeto pra se construir um elevado na área central da cidade. Iria desafogar sobremaneira o trânsito na região porque é um cruzamento importante e bastante movimentado. O impedimento (o que se foi noticiado): a turma do patrimônio cultural alegou risco de dano a uma igreja histórica nas proximidades. A verdade: barraram porque não tinha a fatia dos corruptos. A verba tinha prazo pra ser executada e como não foi perdeu-se. E quem se lascou foi a população, como sempre.

Pra resumir: quem dificulta a execução é a classe que se beneficia com as coisas do jeito que estão. Seja porque se não levar sua parte não deixa acontecer, seja pelo lobby que perderia com a melhoria da infraestrutura, etc.

3 curtidas

Na minha cidade, assim como em Curitiba, não tem demanda suficiente que justifique um investimento tão grande assim.

Aqui quase conseguiram financiamento antes da copa do mundo e agradeço a Deus não terem conseguido, pois seria jogar dinheiro fora e depois teríamos que pagar uma dúvida gigantesca.