Homologado no Brasil, Galaxy M13 é lançado com câmera tripla de 50 MP

Interessante ver como celulares ditos como básicos já vem com uma configuração decente. Um aparelho como esse serve muito bem pra quem só que usar pra mensagens e sem muita exigência, sem perder a paciência com travamentos.

Claro, no lançamento a Samsung exagera demais no preço, mas pegar um aparelho desses alguns meses depois passa a valer a pena, Galaxy A22 e A52 que o diga. Infelizmente o cenário econômico geral não ajuda.

1 curtida

Se falta chip no mundo como samsung e xiaomi principalmente conseguem lançar tantos aparelhos ???

Falta de chip significa que a demanda por chip é maior do que a oferta, não que ninguém mais tem e ninguém consegue produzir qualquer coisa que use chips.

As fábricas estão no talo da sua capacidade produtiva, mas mesmo assim a demanda é maior.
Então tem chip no mercado, mas não o suficiente para atender a todos os pedidos, então você tem um atraso para cumprir os contratos na sua totalidade.

3 curtidas

Será que as fabricas estão, de fato, no “talo” da sua capacidade produtiva? O quanto aumentou a procura?

O principal motivo pela escassez de chips foi o coronavirus, e principal fonte desses chips, no caso a China, ainda está com seu problemas interno nesse fecha e abre mercado.

Mas uma coisa eu concordo, a escassez de chip não tem nada a ver com novos designs. Se bem que nem da para chamar isso de novo design já que a samsung parace estar padronizando um padrão. Dependendo se a pessoa não tiver um minimo de conhecimento, vai comprar um M13 achando que está comprando um intermediario.

O problema não é só a demanda atual, mas também a o que atrasou do nos últimos dois anos

mas foi o que eu disse

Não diz exatamente sobre a capacidade produtiva, mas a média de estoque dos compradores caiu de 40 dias para 5 dias nos últimos 2 anos.

17% nos últimos 2 anos (no caso, 2020 e 2021).

Fonte: ​Deeper relationships, new facilities: How companies sought out semiconductor capacity in Q4 | Supply Chain Dive

Nesse site também fala sobre os planos de diversas fabricantes para expandir a sua capacidade produtiva, o que eu suponho que elas não fariam se elas pudessem atender a demanda apenas com a capacidade já instalada ociosa.

Covid afetou muito a oferta, mas a demanda também aumentou.
Como diz no site que eu linkei, praticamente todo carro usa chip, covid forçou trabalho remoto pra muita gente que precisou comprar laptop/pc/smartphone/tablet pra trabalhar, o 5G também está num momento de expansão e requerendo chips, fora o boom de tralhas conectadas.

1 curtida

Sim, com o covid a procura, principalmente por computadores, aumentou de forma grande, mas também de conhecimento que o covid afetou, tendo um numero bem maior que a procura, a produção de chips, que afetou em larga escala to o ambito de tecnologia, até mesmo carros estavam com problemas de reabastecimento de chips.

Como que a industria foi afetada? Nesse vai e vem de pessoas em casa, volta para o trabalho, e que aconteceram multiplas vezes no decorrer de quase 3 anos.

eu não sei dizer como está hoje, mas tem uma matéria da Sony falando que vai normalizar o estoque. Com isso imagino que a situação esteja “normalizando” ou no caminho para isso

Os chips que mais estão em falta são fabricados em processos mais antigos e menos avançados.

SoCs de smartphone (tirando algumas relíquias ainda feitas em 28nm) são fabricados normalmente em processos relativamente recentes.

China mesmo não fabrica tanto semicondutor assim.
TSMC fica em Taiwan (com alguma coisa na China e nos EUA), Samsung fabrica na Coréia (do Sul) e EUA e o grosso da Intel fica nos EUA mesmo.

2 curtidas

Eu penso que esses lançamentos que a samsung faz é justamente para desovar componentes mais antigos. Faz uns meses que lançaram um smartphone que era o mesmo SoC do galaxy note, acho que o m52, depois não houve reposição de estoque.