Governo estuda imposto de 0,4% sobre pagamentos eletrônicos

Também vai desmotivar o uso de plataformas digitais, consequentemente piorando os serviços.
Eu devo ter uns 10 reais em moeda física, o resto é tudo no cartão de débito.

Vai mesmo, o uso de carteiras digitais deve cair drasticamente, será um retrocesso sem precedentes. Acho que o ministro tem algum parente trabalhando na Casa da Moeda, só pode. Agora entendi porque o Banco Central vai lançar a nota de R$ 200,00.

Não sei o quanto isso foi relevante nos grandes números, mas acho que apoio a formalização de empregos. Os cargos de gambiarra tipo PJ, CLT Flex e afins diminuíram no mercado de TI após a reforma, inclusive a empresa que eu trabalhava “legalizou” os funcionários que eram sócios.

Mas é percepção, no geral parece bom desonerar folha, mas migrar para consumo parece pior. O elefante na sala sempre foi renda, distribuição de lucros e heranças…mas aí ninguém mexe.

Se tirassem impostos do consumo até iria. Quero ver como vão pagar esse Renda BR aí.

Viva a CPMF.

Legal que tenho certeza que isso vai diminuir as compras por impulso, pessoal vai preferir paga em dinheiro e só comprar o que tem de dinheiro na mão.