Galaxy M62 com bateria de 7.000 mAh é homologado pela Anatel

Porque lançam um intermediário com bateria gigante, mas não fazem isso nos tops de linha?

1 curtida

Estou muito satisfeito com meu M51 no qual possui um processador Snapdragon muito melhor do que este Exynos que gasta muito mais bateria! A única vantagem deste novo modelo é a capacidade de armazenamento 256 Gb e 8 Gb de RAM. O resto é igualzinho ao M51. Paguei 1.599,00 a vista no boleto numa promoção relâmpago no site da Samsung e acho que fiz uma excelente compra, pois, hoje o melhor preço dele a vista é de 1.799,00.

1 curtida

Me pergunto a mesma coisa

1 curtida

Tem que ver o preço de lançamento desse modelo.

As especs são boas, mas se lançar aqui por mais de 3K, então eu acho que vale mais apena comprar um Moto G 100, que tem uma bateria um pouco menor de 5000mAh mais ainda bem grande, além de ter um processador snapdragon 870, que é muito mais parrudo, atual e melhor.

Pra quem não se importa com bateria, ainda vale a pena pegar um Galaxy S20 normal ou o S20 FE, que ta saindo mais ou menos por 2,5K.

Tem que lembrar de colocar na balança a diferença de suporte de longo prazo da Motorola e da Samsung.
Esse Galaxy M62 provavelmente vai ter garantia de atualização por mais tempo do que o Moto G100.

Fora q o FE com snapdragon já está nesse preço pra quem é neurótico com o SoC

Infelizmente não sei qual as politicas de atualização para a família M da Samsung, mas imagino eu que deva ser também de uma atualização de versão de sistema e 2 anos de patchs de segurança, ou estou errado?

Os Moto G eu sei que é assim, e é uma pena isso.

Também gostaria de saber se a linha M entra na política de 3 anos de atualização garantidas pela Samsung.

1 curtida

Não entra, no entanto os modelos que não recebem o suporte estendido costumam receber duas atualizações de versão…

Vejamos se o M42 também será homologado.

O que é uma pena, porque os modelos mais avançados da linha A estão na política de 3 anos.

1 curtida

Exatamente por serem avançados, não básicos. Tudo questão de estratégia pra valorizar quem pagou mais e atrair quem não quer só 2 anos de suporte

Uma dúvida que tenho é, ele não virá com suporte para o 5G?? Fiquei desanimado com isso.

Primeiro porque os tops de linha já tem o hardware caro, então uma bateria gigante é mais um ponto pra encarecer. Segundo que uma bateria tão grande faria com que tivessem que aumentar a espessura dos tops, o que “enfeiaria” o design. Tem muita gente que diz que não liga, mas também tem muita gente que liga. Terceiro que um hardware mais simples consome menos bateria aumentando a duração dela em comparação a um hardware mais potente.

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.