Funcionários da Meta não estão felizes com o metaverso e desabafam em fórum

1 curtida

A grande massa de pessoas não está preparada e, talvez, nunca esteja para utilizar RV. Equipamentos caros, metáforas estranhas e a sensação de que estamos vendo ou revendo a criação de um “Second Life” que durante algum tempo causou burburinho mas não passou disso.

9 curtidas

Tem coisas que é melhor ficar só nos filmes mesmo…

5 curtidas

Metaverso e RV nunca farão sentidos, simplesmente porque limita o usuário fazendo que pareça mais um jogo do que um universo.

Se a intenção é criar um mundo físico-digital em uma simbiose, o metavero seria feito via holograma, inteligencia artificial e robótica, fazem muito mais sentido, os filmes Mineroy Reporty, a franquia dos Vingadores e o Homem Aranha Longe ao Lar mostram melhor a possibilidade dessa interação.

7 curtidas

E pouco a pouco vemos o Facebook, ou melhor, Meta, ruindo seu grande império.
Que coisa linda de se ver.
Continue assim, Zuckeberg.

11 curtidas

E isso tudo teria que ser bastante subsidiado pra que a grande massa o adotasse. Pois pegando o exemplo dos smartphones, os aparelhos podiam até ser fracos e básicos, mas a “experiência base” estava ali a um custo acessível.
A unica forma em que vejo um RV popularizar mesmo com um custo alto é se ele fornecesse uma interface neural no qual pudesse imergir nossa mente e sentidos em um ambiente digital e fornecesse interações nunca sentidas na realidade, tal como em um Sword Art Online ou Ready Player One da vida… E até mesmo esse tipo de imersão teria sua cota de polêmicas.

2 curtidas

Para esse tipo de tecnologia, subsidio seria obrigatório e não duvido que o governo japonês já esteja fazendo.

Tendo como base em smartphone no seu exemplo, smartphone somente é possível hoje devido aos subsídios que os governos fizeram na produção de chips lá atrás.

Além de que não precisaria toda a massa a ser adotada, mas apenas para uma parte dela, e quando produção industrial evoluísse de forma natural em que ocasionaria a queda na produção de preços, como já aconteceu com computadores e celulares e como está acontecendo com veículos elétricos e placa solares.

2 curtidas

Eu acho bem mais interessante a Realidade Aumentada. Prefiro algo que enriqueça a minha experiência de vida neste mundo do que ir para outro de mentira. Tal como o Google Glass vinha fazendo.

4 curtidas

O projeto em si tem muito potencial, mas claramente a tecnologia para que funcione bem ainda está muito atrasada.

Motores gráficos e principalmente sensores físicos ainda tem que evoluir muito para que a experiência seja bem aproveitada.

Mas é o que ninguém fala, porém é importante… É um fato que o Mark precisa abrir caminho para o futuro. Ele só está até hoje ativo porque agiu bem em comprar o Instagram e Whatsapp. A geração z e mais nova hoje usam muito mais o tiktok do que o Instagram. Até o Google tá sentindo efeito como um próprio Tecnocast disse.

Fato é que essa questão de Realidade Aumentada é algo que está ainda em um estágio inicial, mas daqui algumas poucas décadas certamente isso será realidade.

3 curtidas

Pede demissão

Cara, nem precisa isso. Tem um pessoal que fica espalhado por certas áreas de SP que com apenas uma “pedra” e um cachimbo, entra tanto no “metaverso” , quanto no “multiverso”. :smirk:

2 curtidas