Facebook e Instagram removem perfis ligados a Bolsonaro e PSL

Originally published at: https://tecnoblog.net/351006/facebook-e-instagram-removem-perfis-ligados-a-bolsonaro-e-psl/

O Facebook removeu 35 contas, 14 páginas e 1 grupo ligados a Bolsonaro e ao PSL, enquanto Instagram retirou 38 perfis do ar

1 curtida

Vão remover também os que desejam a morte do Bolsonaro abertamente?

1 curtida

Oxi, tem páginas pedindo a morte do Bolsonaro? Compartilha aí os links que ainda não estou em nenhuma.

6 curtidas

Eu espero que não, precisamos desse milagre!

7 curtidas

Mas ele fez isso com a Dilma! Abertamente. Quando ela foi pro hospital, nem lembro pq

Até agora não removeram ele kkk

12 curtidas

Só sei que demorou. O gabinete do ódio existe há tempos e só o Facebook não sabia (leia-se fazia nada).

8 curtidas

Não sei se você se deu ao trabalho de ler a matéria, mas não foi feito juízo de valor ao conteúdo (lixo) que os perfis publicavam, e sim que eles se diziam ser entidades que não eram.

Não concordo com quem está pedindo a morte dele, mas o próprio já falou inumeráveis vezes que incontáveis pessoas podiam morrer, então… :man_shrugging:t2:

5 curtidas

contas falsas ligadas aos gabinetes do presidente Jair Bolsonaro

Essas contas eram diretamente ligadas ao GABINETE do presidente? Ou é só recurso retórico?

Também não achei uma matéria com a cara do Fernando Haddad estampada na matéria dizendo que ele foi condenado impulsionar fake news na internet. Mas tinha esse post (WhatsApp confirma que eleição de 2018 teve envio em massa de mensagens – Brasil – Tecnoblog), edo mesmo autor, e adivinhem quem era o culpado?

Em 2018, reportagens indicaram que empresas foram contratadas no período eleitoral para fazer envios maciços de mensagens políticas em favor do hoje presidente [Jair Bolsonaro (PSL)] e do então candidato [Fernando Haddad (PT)]

A matéria nunca teve correção.

O Tecnoblog era um dos poucos onde as coisas ainda não estavam enviesadas =/

Oi, Stefano! A afirmação de que as contas estão ligadas ao gabinete do presidente e a outros políticos não partiu do Tecnoblog, e sim do próprio Facebook em seu comunicado, disponível neste link. Além disso, na matéria de outubro de 2019 que você citou, o executivo do WhatsApp não cita nenhum candidato. Por isso, não há fotos de Fernando Haddad ou Jair Bolsonaro em destaque. No caso de hoje, há referência explícita ao detentor do principal cargo político do país.

E, como você mesmo lembrou, o texto de 2019 apresenta a quem lê as reportagens de outros veículos sobre empresas que realizaram disparos em massa pelo WhatsApp para as campanhas dos dois candidatos que chegaram ao segundo turno da eleição de 2018. Vale lembrar que, em março de 2019, Haddad não foi condenado por impulsionar notícias falsas, mas por impulsionar conteúdo negativo contra Bolsonaro no Google (neste ponto, não faço qualquer juízo de valor, só estou compartilhando uma informação mais precisa).

10 curtidas

Se o apedeuta do teu presidente tem “histórico de atleta” e “tá usando cloroquina” ele vai passar tranquilo por essa “gripezinha”. Mas mesmo que nada disso de certo, sinto muito, o que eu posso fazer? Não sou coveiro…

4 curtidas

“Meu presidente”… pra mim ele vivo ou morto é a mesma coisa. Nem vou gastar meu tempo argumentando porque vai ser um monólogo meu versus o copia e cola do discurso de sempre da cartilha da esquerda.

Procurei uma matéria com esse titulo; Contas no Whatsapp do Partido dos Trabalhadores são suspensas por disparos em massa, nao achei. Hoje vários sites tem muitos que sao tipo obrigados a ser contra tal candidato que nao vai com seu viés político.